fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Dmitry Tursunov, Ernests Gulbis Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Dmitry Tursunov, Ernests Gulbis Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Dmitry Tursunov, Ernests Gulbis tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0530_rolandgarros_prepara_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0530_rolandgarros_prepara_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Federer destaca solidez contra agressivo Tursunov
30/05/2014 às 13h39
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0530_rolandgarros_prepara_back_int.jpg" title="Federer não quer 'encanar' com break-points perdidos" />

Federer não quer 'encanar' com break-points perdidos

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) – Roger Federer perdeu seu primeiro set em Roland Garros na terceira rodada contra o russo Dmitry Tursunov. O suíço esperava uma partida complicada por causa do estilo agressivo do adversário. Por isso, o número 4 do mundo destacou sua consistência nas trocas de bola para garantir a vaga nas oitavas de final.

“Foi duro perder o segundo set, mas foi bom ganhar o jogo. Como eu esperava, não foi uma vitória tranquila. Sabia que Dmitry seria agressivo, sacaria bem e tentaria jogadas diferentes, mas ainda bem que consegui jogar de forma sólida até o final”, analisou. “Ele realmente foi bem e arriscou bastante. Foi complicado terminar a partida, então obviamente estou aliviado”.

Um dos problemas de Federer na partida foi o baixo aproveitamento de break-points, quatro em 21. O campeão de 17 Grand Slam prefere ignorar sua dificuldade para converter chances de quebra para não se perder mentalmente: “Eu finjo que não existe um problema. Penso no próximo e no próximo e no próximo”.

Tursunov caiu de rendimento a partir do terceiro set e recebeu atendimento para uma lesão na virilha. Para Federer, isso afetou o jogo defensivo do russo. “Ele ainda estava sacando a 200 km/h. O que senti foi que ele tinha dificuldade para devolver, coisas que estavam fora do controle dele. Ele com certeza saca bem, mas no saibro é difícil bater três grandes bolas seguidas. Tentei aumentar a duração dos ralis e continuar agressivo”, completou o suíço.

Adversário de Federer nas oitavas, Ernests Gulbis não quis revelar o que pretende fazer para surpreender o campeão de 2009 em Paris. “Não quero mostrar minhas cartas, mas eu tenho uma estratégia. Você não precisa ter medo de fazer certas coisas contra ele. Muitos jogadores entram em quadra já derrotados”, afirmou o letão.

 

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series