fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Martina Navratilova, Serena Williams, Roger Federer Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Martina Navratilova, Serena Williams, Roger Federer Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Martina Navratilova, Serena Williams, Roger Federer tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/lendas/navratilova_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/lendas/navratilova_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Navratilova: 'Mais fácil amarem Federer que Serena'
25/11/2013 às 13h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/lendas/navratilova_int.jpg" title="Navratilova ainda vê as mulheres menos valorizadas" />

Navratilova ainda vê as mulheres menos valorizadas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - A tcheca naturalizada norte-americana Martina Navratilova disse em entrevista ao canal britânico BT Sport que ainda há diferença entre homens e mulheres no tênis. Para ela, um homem tem maior chance de conseguir bons patrocínios do que uma mulher.

"Os homens ainda têm mais oportunidades, mas companhias são comandadas por homens e por isso eles estão mais dispostos a patrocinar atletas masculinos", declarou a campeã de 18 Grand Slam. "Continua sendo difícil aceitarem mulheres fortes, ao passo que os homens são mais facilmente aceitos, não têm seus feitos contestados", complementou.

"É mais fácil para Roger Federer ser amado por alguém do que para Serena Williams, apenas pelo fato dele ser um cara. Não sei quanto isso tem a ver com a própria Serena ou com o fato de ela ser uma mulher afro-americana", pontuou Navratilova, que acredita que é mais difícil reconhecerem os grandes feitos das mulheres esportistas.

A ex-número 1 do mundo ainda lembrou que sua volta ao circuito da WTA em 2000 teve muito menos repercussão do que teve o retorno de Michael Jordan à NBA. "Quando Jordan voltou a reação era 'nossa, como ele é incrível', mas quando eu voltei não houve a mesma reação", disparou Navratilova.

"Hoje em dia dizem que Serena não encontra concorrência no circuito, mas Federer também esteve em situação parecida antes e ninguém ficava lamentando como fazem agora, dizendo que não há tanta competitividade no circuito feminino", finalizou a tcheca naturalizada norte-americana.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico
Paulistana