fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jesse Huta Galung, Alejandro Gonzalez, Filippo Volandri, Andrej Martin, Challenger FinalsCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jesse Huta Galung, Alejandro Gonzalez, Filippo Volandri, Andrej Martin, Challenger FinalsCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Jesse Huta Galung, Alejandro Gonzalez, Filippo Volandri, Andrej Martin, Challenger Finalstênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/alejandro_gonzalez_chfinals_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/alejandro_gonzalez_chfinals_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Holandês e colombiano saem na frente no Harmonia
13/11/2013 às 17h21
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/alejandro_gonzalez_chfinals_fore_int.jpg" title="Alejandro Gonzalez está perto do inédito top 100" />

Alejandro Gonzalez está perto do inédito top 100

Foto: Marcelo Ferrelli/Inovafoto
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

São Paulo (SP) - O holandês Jesse Huta Galung e o colombiano Alejandro Gonzalez largaram na frente no Grupo Amarelo do Challenger Finals. Nesta quarta-feira, os dois iniciaram suas respectivas participações no saibro da Sociedade Harmonia de Tênis.

Em um início de tarde ensolarado, Galung não teve dificuldades diante do eslovaco Andrej Martin, vencendo por 6/3 e 6/4 em 1h07. "Isso é bom, estou acostumado com o tempo assim. Quanto mais quente estiver, melhor", disse o tenista de 28 anos após a partida.

"Queria começar bem nos dois sets e, como abri vantagem, comecei a jogar melhor e melhor. Também é importante ganhar em dois sets porque o saldo pode ser decisivo na classificação final do grupo", disse Huta Galung, que ainda enfrentará Gonzalez e o italiano Filippo Volandri na fase inicial.

Estes dois fizeram o segundo jogo do dia, com vitória do colombiano, que marcou duplo 6/3 para cima de Volandri, que já conquistou vitórias sobre Rafael Nadal, Novak Djokovic, Roger Federer e Andy Murray, além de 12 títulos challengers e dois ATPs.

"Fico feliz por triunfar, é uma vitória marcante. Volandri é um grande jogador, alto nível, alguém que eu desde garoto assisto jogar. Essa é a primeira vez que derroto um tenista que já foi top 25 do mundo, estou muito satisfeito e o que mais quero é desfrutar deste momento", afirmou Gonzalez.

A possibilidade de fechar a temporada dentro do top 100 é um fator de motivação extra para Gonzalez. "Todos me falam que estou perto do top 100 ou me perguntam quando vou entrar para esse grupo. É uma cobrança normal, quero alcançar este objetivo, mas já me sinto realizado por estar aqui, jogando com tenistas de alto nível", concluiu o atual 107 do mundo.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry