fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Stanislas Wawrinka, Rafael Nadal, Finals, LondresCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Stanislas Wawrinka, Rafael Nadal, Finals, LondresCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Stanislas Wawrinka, Rafael Nadal, Finals, Londrestênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1110_londres_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1110_londres_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Invicto Djokovic vai em busca do tri em Londres
10/11/2013 às 19h38
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1110_londres_fore_int.jpg" title="Djokovic levou 1h24 para bater Wawrinka de novo" />

Djokovic levou 1h24 para bater Wawrinka de novo

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - O sérvio Novak Djokovic buscará nesta segunda-feira um feito raro: ganhar seu segundo Finals de Londres consecutivo sem perder partidas. O número 2 do mundo, que levantou o torneio que encerra a temporada também em 2008, só teve pequeno problema no começo da partida antes de dominar o suíço Stanislas Wawrinka, por 6/3 e 6/3. Às 18 horas desta segunda-feira, ele decide o título contra o espanhol Rafael Nadal.

Este será o 39º duelo entre Djokovic e Nadal, o mais longo da história do tênis profissional. O espanhol lidera por 22 a 16 e também levou a melhor nesta temporada até aqui, com vitórias em Roland Garros, Montréal e US Open, tendo perdido em Monte Carlo e em Pequim. Curiosamente, desde a final em Nova York o sérvio não perdeu mais partidas, com série de 21 até agora, enquanto Rafa não venceu outros torneios.

A partida deste domingo começou favorável ao suíço, que conseguiu ser ofensivo de fundo de quadra e obteve quebra logo no terceiro game. Mas a vantagem durou pouco. Wawrinka esbarrou na consistência defensiva do adversário, cometeu muitos erros e permitiu a igualdade. Pior ainda, perdeu o saque no oitavo game e, apesar de muito esforço, não evitou a queda, após 41 minutos de duelo.

A segunda série viu um Djokovic ainda mais confiante. Sólido no fundo, obteve quebra prematura no game inicial e passou a liderar o placar, com direito a jogadas de grande categoria, e jamais permitiu reação do suíço, que acabou perdendo novo saque no game final. Nole atinge assim a nona final da temporada e vai em busca do sétimo título do ano e o 41º da carreira.

O confronto direto entre os dois sobe agora para 15 vitórias de Djokovic em 17 tentativas, tendo perdido as duas há sete anos. Nesta temporada, os dois fizeram dois duelos históricos no Australian Open e no US Open, ambos prolongados até o quinto set.

Com a semifinal em Londres, onde disputou seu primeiro Finals, Wawrinka irá terminar a temporada no atual oitavo lugar, que é o mais alto de sua carreira.

Últimas notícias
Comentários