fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Na Li, Serena Williams , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Na Li, Serena Williams , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Na Li, Serena Williams , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/na_li/1026_istambul_vibra_punhocerrado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/na_li/1026_istambul_vibra_punhocerrado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Na Li: 'Tenho que jogar o meu tênis, não o dela'
26/10/2013 às 18h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/na_li/1026_istambul_vibra_punhocerrado_int.jpg" title="Treinador brincou que chamará Henin para ajudar Li" />

Treinador brincou que chamará Henin para ajudar Li

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Istambul (Turquia) - Na Li venceu Serena Williams apenas uma vez em dez confrontos, mas tentará reverter essa situação na final do WTA Championships neste domingo. A chinesa quer parar de se preocupar em um jeito de parar a norte-americana e tentará apenas jogar o seu melhor.

"Talvez agora eu tentarei me concentrar no que eu devo fazer em quadra, ao invés do que ela fará. Tenho que jogar meu tênis, não o dela", afirmou a chinesa, que subirá para a terceira posição do ranking na segunda-feira. Ela também destacou o fato de a final ser disputada por duas jogadoras de muita experiência. "Estamos com mais de 30 anos e jogando o melhor de nossas carreiras. Ainda estamos melhorando".

Treinador de Na Li, Carlos Rodríguez concorda que o segredo para a vitória está dentro da chinesa. "Taticamente, ela sabe o que fazer. O problema é que às vezes não consegue. É difícil ela acreditar que pode. O mais difícil é entender que têm chance. É mais uma questão dela mesma do que da Serena. Enquanto não tiver confiança, será complicado", comentou.

"Se ela conseguir manter o saque, e contra a Serena não é fácil, você pode ir ao tiebreak e qualquer coisa pode acontecer. Acho que Serena é a única jogadora que pode fazer o primeiro saque de cinco jeitos diferentes, o que é raro. Não se encontra uma jogadora assim", acrescentou Rodríguez.

"Espero que ela consiga se expressar em quadra. O placar, veremos. Mas primeiramente é uma batalha", finalizou o treinador, conhecido por seu trabalho ao lado de Justine Henin. Ele brincou que uma saída para derrotar Serena pode ser pedir para a belga ajudar Li. "Talvez eu traga a Justine para fazer o tempo técnico", ironizou Rodríguez, lembrando da grande rivalidade entre Henin e a norte-americana.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG
ProSpin