fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Ricardo Hocevar, Pedro Sousa, Facundo Arguello, Buenos AiresCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Ricardo Hocevar, Pedro Sousa, Facundo Arguello, Buenos AiresCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Ricardo Hocevar, Pedro Sousa, Facundo Arguello, Buenos Airestênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/feijao/1013_riopreto_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/feijao/1013_riopreto_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Feijão e Hocevar param na estreia em Buenos Aires
22/10/2013 às 15h55
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/feijao/1013_riopreto_back_int.jpg" title="Feijão ainda tem chance na Argentina na chave de duplas" />

Feijão ainda tem chance na Argentina na chave de duplas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Buenos Aires (Argentina) - Depois de três derrotas brasileiras em quatro jogos no primeiro dia de jogos na chave principal do challenger de Buenos Aires, com apenas a vitória do paulista Rogério Silva, a terça-feira também não foi boa para os representantes nacionais. Os paulistas João "Feijão" Souza e Ricardo Hocevar acabaram eliminados logo na estreia do torneio.

Feijão foi o primeiro dos dois a se despedir no saibro argentino. Cabeça de chave número 8, ele não fez valer o favoritismo contra o argentino Facundo Arguello e caiu em sets diretos, com placar final de 7/6 (7-5) e 6/1, depois de 1h44 de partida. O próximo adversário de Arguello será justamente o algoz de Hocevar.

Vindo do qualificatório, o português Pedro Sousa foi o responsável por tirar Hocevar de ação. Ele levou apenas 67 minutos para superar o brasileiro, anotando parciais de 6/3 e 6/2. Sousa vai enfrentar Arguello pela segunda vez na carreira, tendo perdido para o argentino nas semifinais do challenger de Porto Alegre deste ano.

Apesar da derrota desta terça, Feijão ainda segue vivo no torneio, só que nas duplas. O paulista faz parceria com o dominicano Victor Estrella e eles encaram na estreia a dupla formada pelo gaúcho Guilherme Clezar, que também já se despediu em simples, e pelo português Gastão Elias.

Mais quatro brasileiros ainda têm chances nas duplas, formando duas parcerias 100% nacionais, que inclusive se enfrentam na estreia. De um lado o paulista Thomaz Bellucci e o gaúcho Marcelo Demoliner, os cabeças de chave número 1, do outro Rogerinho e o gaúcho André Ghem.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin