fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Tomas Berdych, Rafael Nadal, Masters 1000 de Madrid, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Tomas Berdych, Rafael Nadal, Masters 1000 de Madrid, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Stanislas Wawrinka, Tomas Berdych, Rafael Nadal, Masters 1000 de Madrid, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/wawrinka/0511_madri_comemora_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/wawrinka/0511_madri_comemora_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Wawrinka vira terceiro set e encara tabu em Madri
11/05/2013 às 16h07
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/wawrinka/0511_madri_comemora_int.jpg" title="Wawrinka recupera posto entre os 10 primeiros do ranking" />

Wawrinka recupera posto entre os 10 primeiros do ranking

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - O suíço Stanislas Wawrinka viveu mais um dia de altos e baixos antes de garantir seu lugar na final do Masters de Madri. Ele chegou a estar perdendo por 2/4 no terceiro set diante do tcheco Tomas Berdych, mas encontrou um jeito de se recuperar e completar a partida com as parciais de 6/3, 4/6 e 6/4.

Agora, Wawrinka terá de encarar um verdadeiro tabu pessoal. Seu adversário na final, o espanhol Rafael Nadal, ganhou todas as oito partidas contra ele sem perder um único set, incluindo três duelos sobre o saibro. O mais recente deles foi em Monte Carlo do ano passado, com vitória do espanhol por 7/5 e 6/4.

Com boas vitórias sobre o búlgaro Grigor Dimitrov e o francês Jo-Wilfried Tsonga, o número 2 suíço disputará apenas sua segunda final de nível Masters. Na anterior, no piso lento de Roma de cinco anos atrás, foi superado pelo sérvio Novak Djokovic.

A partida deste sábado foi recheada de erros de ambos os lados. Wawrinka buscou o controle com os golpes de fundo de quadra e se deu bem no primeiro set, favorecido por um jogo bem mais irregular de Berdych. Mas o tcheco conseguiu calibrar o saque e os ataques a partir da metade do segundo set e com isso empatou a partida e chegou a abrir 4/2, com dois break-points que certamente seriam decisivos.

Wawrinka não se entregou e seguiu lutando. Virou o game e a partir daí retomou a soberania no fundo de quadra, ganhando quatro games consecutivos diante de um apático adversário.

Segundo cálculos do site oficial da ATP, Wawrinka voltará a ocupar o 10º lugar do ranking com os 600 pontos já somados, rebaixando o sérvio Janko Tipsarevic. Esta é sua terceira final da temporada, com título em Oeiras na semana passada e um vice em Buenos Aires, ambos diante de David Ferrer.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr