fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Marcin Matkowski, Mariusz Fyrstenberg, Masters 1000 de MadridCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Marcin Matkowski, Mariusz Fyrstenberg, Masters 1000 de MadridCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Marcin Matkowski, Mariusz Fyrstenberg, Masters 1000 de Madridtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0217_bropen_comemora_peya_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0217_bropen_comemora_peya_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bruno e Peya aplicam 'pneu' na estreia em Madri
09/05/2013 às 08h15
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0217_bropen_comemora_peya_int.jpg" title="Próximos adversários serão os cabeças de chave número 3" />

Próximos adversários serão os cabeças de chave número 3

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - Começou muito bem a campanha do mineiro Bruno Soares e do austríaco Alexander Peya no Masters 1000 de Madri. Nesta quinta-feira, os cabeças de chave número 7 passaram com incrível tranquilidade pela forte dupla polonesa formada por Marcin Matkowski e Mariusz Fyrstenberg, com parciais de 6/4 e 6/0, em apenas 45 minutos.

Nas quartas de final, Bruno e Peya terão pela frente os terceiros mais bem cotados ao título, o sueco Robert Lindstedt e o canadense Daniel Nestor, que em seu primeiro jogo na competição espanhola precisaram de três sets para superar o croata Marin Cilic e o tcheco Lukas Dlouhy com placar final de 6/1, 4/6 e 10-4.

O primeiro set no duelo com os poloneses foi bastante equilibrado e cada uma das parcerias teve uma chance de quebra a seu favor. Markowski e Fyrstenberg não aproveitaram a sua ao passo que a dupla austro-mineira não desperdiçou a oportunidade que acabou lhes dando a parcial, na qual anotaram apenas quatro pontos a mais do que os rivais (28 a 24).

Só que depois de um set tão parelho, o segundo foi totalmente desnivelado em favor de Bruno e Peya, que anotaram mais de três vezes o número de pontos dos poloneses (24 a 7) e aplicaram um "pneu".  Apesar de terem feito um ace, contra dois do mineiro e do austríaco, Markowski e Fyrstenberg venceram apenas quatro pontos com o saque e foram quebrados três vezes.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr