fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Basileia Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Basileia Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Basileia tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/federer/1028_basileia_lamenta_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/federer/1028_basileia_lamenta_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Diretor do torneio da Basileia alfineta Federer
30/04/2013 às 19h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/federer/1028_basileia_lamenta_int.jpg" title="Federer complicou negociação, segundo diretor" />

Federer complicou negociação, segundo diretor

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Basileia (Suíça) - Apesar de Roger Federer ter anunciado que jogaria na Basileia neste ano, o diretor do torneio, Roger Brennwald, afirmou que não há um acordo financeiro entre o evento e o número 2 do mundo. Nesta semana, a presença de Rafael Nadal foi confirmada no ATP 500.

"Roger Federer fez uma oferta no ano passado. Nós recusamos e fizemos uma contraproposta. Um prazo foi dado para que chegássemos a um acordo, mas não tivemos nenhuma resposta dele antes das notícias dizerem que ele jogaria. Acho isso um pouco estranho", disse Brennwald. Segundo o diretor, o torneio não tem condições de pagar milhões para seus participantes.

Federer divulgou seu calendário para 2013 inicialmente sem o torneio de sua cidade natal. O suíço revelou que estava tentando negociar com o torneio e esperava que tudo se resolvesse. Recentemente, Federer declarou que voltou atrás e incluiu o evento em seu planejamento.

No entanto, Brennwald reclamou da maneira com que Federer conduziu a situação. "Sempre tivemos que negociar com Tony Godsick (empresário de Federer). Não posso telefonar para Roger. É muito estranho. Vivemos perto um do outro, mas não podemos nos encontrar. Quando há um encontro, não podemos falar na nossa língua por causa do empresário dele".

"Lidei com muitos jogadores em 40 anos. Não imaginava que a negociação com Federer seria a mais complicada. É uma pena, porque tenho orgulho da grande história escrita por ele nos últimos anos. Sempre colocamos um tapete vermelho para ele", acrescentou Brennwald.

O diretor criticou Federer, mas desfilou elogios para Nadal, a novidade do torneio para 2013. "Nadal está garantido. Ele quer jogar para marcar pontos que o ajudarão a ter uma boa classificação no final do ano e para cumprir uma promessa. Em 2006, ele precisou se retirar e jurou que voltaria. Sabemos que ele é um homem de palavra".

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry