fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Barcelona, campeão, finalCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Barcelona, campeão, finalCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Barcelona, campeão, finaltênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nadal/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nadal/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
'Significa muito para mim', afirma Nadal sobre octa
28/04/2013 às 18h48
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nadal/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" title="Nadal não perde no saibro de Barcelona desde 2003" />

Nadal não perde no saibro de Barcelona desde 2003

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Barcelona (Espanha) - Continuou a invencibilidade do espanhol Rafael Nadal no ATP 500 de Barcelona. Pela oitava vez ele conquistou o título e não sabe o que é perder no saibro catalão desde 2003. Na final deste domingo, o canhoto de Mallorca levou a melhor sobre o compatriota Nicolas Almagro em sets diretos, mantendo também a série invicta diante do rival.

Apesar de tantos números favoráveis, Nadal preferiu um discurso modesto e comemorou bastante a conquista desta semana. "Sinto-me muito feliz por ter erguido mais uma vez o troféu aqui em Barcelona. Significa muito para mim, especialmente depois do ano difícil que eu tive", disse o número 5 do mundo, que no período citado chegou a ficar seis meses longe das quadras por lesão.

O também espanhol Almagro não foi o único obstáculo para Nadal superar na decisão deste domingo. A chuva que assolou a capital catalã nos últimos dias voltou a cair, atrasou o jogo que começou mesmo com alguns pingos. "As condições estavam muito duras hoje, especialmente nos seis primeiros games, quando estava chovendo bastante", avaliou o canhoto de Mallorca.

A vitória pode ter vindo em sets diretos, mas Nadal não começou tendo moleza. Ele foi quebrado nas duas primeiras vezes que foi a serviço e viu Almagro abrir 3/0 logo de cara. "A quebra para fazer 1/3 foi vital para mim. No segundo set, as coisas foram mais suaves e consegui jogar bem nos momentos difíceis", avaliou o segundo favorito, que anotou sua décima vitória em 10 embates com o compatriota.

"Estou extremamente satisfeito de poder derrotar um jogador como Nico em sets diretos na final. Fui melhorando cada vez mais com o passar do duelo", complementou Nadal. O canhoto de Mallorca vai descansar na próxima semana e só volta às competições na outra, quando novamente joga em casa, mas desta vez em Madri, onde disputa o Masters 1000 local.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin