fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Valeria Savinykh, Oeiras, QualificatorioCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Valeria Savinykh, Oeiras, QualificatorioCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Valeria Savinykh, Oeiras, Qualificatoriotênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/teliana/0226_floripa_prepara_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/teliana/0226_floripa_prepara_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Teliana cai no quali, mas entra na chave de duplas
28/04/2013 às 14h56
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/teliana/0226_floripa_prepara_int.jpg" title="Teliana terá a russa Savinykh como parceira em Oeiras" />

Teliana terá a russa Savinykh como parceira em Oeiras

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Oeiras (Portugal) - A pernambucana Teliana Pereira, número 118 do ranking feminino, foi derrotada na segunda rodada do qualificatório para o WTA de Oeiras neste domingo. Ela não conseguiu superar a espanhola Estrella Cabeza e acabou caindo em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h54 de partida.

Se a vaga na chave principal de simples não veio, ao menos nas duplas a brasileira poderá disputar o torneio no saibro português, que distribui premiação de US$ 235 mil. Ao lado da russa Valeria Savinykh, Teliana enfrenta na estreia a parceria formada pela russa Alla Kudryavtseva e pela australiana Anastasia Rodionova.

Esta foi o segundo quali que Teliana disputou em sua série de torneios no saibro que antecedem Roland Garros. Na semana passada, ela foi eliminada na última rodada do classificatório para o WTA de Marrakech. Na sequência a pernambucana radicada no Paraná deve disputar um ou dois challenger na França antes de se arriscar no quali em Paris.

Contra a espanhola, Teliana sofreu para fazer pontos com o serviço e faturou somente 48% das bolas jogadas quando servia. Por conta deste aproveitamento, a brasileira cedeu 11 oportunidades de quebra para Cabeza, que concretizou quatro delas. Em contrapartida, a pernambucana aproveitou dois dos sete break-points que teve a seu favor, insuficientes, porém, para lhe levarem à vitória.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin