fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Robert Lindstedt, Daniel Nestor, BarcelonaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Robert Lindstedt, Daniel Nestor, BarcelonaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Robert Lindstedt, Daniel Nestor, Barcelonatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Com rodada dupla e virada, Bruno/Peya leva título
28/04/2013 às 14h18
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bruno_soares/0428_barcelona_trofeu_int.jpg" title="Bruno e Peya levaram o segundo título da dupla no ano" />

Bruno e Peya levaram o segundo título da dupla no ano

Foto: Reprodução/Instagram
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Barcelona (Espanha) - Pela segunda vez na temporada, o mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya conquistam juntos um título. Neste domingo, eles levantaram a taça do ATP 500 de Barcelona com direito a rodada dupla e virada na final contra o sueco Robert Lindstedt e o canadense Daniel Nestor, aplicando parciais de 5/7, 7/6 (9-7) e 10-4, em 1h44 de confronto.

Lindstedt  e Nestor também haviam superado um jogo mais cedo, virando para cima dos espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco. Só que na decisão o feitiço virou contra o feiticeiro e os cabeças de chave número 3 acabaram superados por Bruno e Peya, que conquistaram o segundo troféu da dupla no ano e quarto da parceria.

A dupla autro-mineira chegou em Barcelona carregando resultados ruins dos dois últimos torneios que haviam disputado. Soares e Peya foram eliminados na estreia tanto no Masters 1000 de Miami quanto no de Monte Carlo. Contudo, eles trataram de espantar a má fase já no saibro catalão e seguem embalados para o restante da temporada europeia na terra batida.

No primeiro jogo do dia, Bruno e Peya tiveram menos dificuldades e conseguiram suplantar os espanhóis Marcel Granollers e Marc López, cabeças de chave número 2, em sets diretos. Disputada com menos de duas horas de intervalo, a final lhes deu mais trabalho e por pouco os dois não viram o título escapar.

Depois de perder o primeiro set, o mineiro e o austríaco conseguiram uma quebra de vantagem no segundo e sacaram em 5/3 para fechar. Mas eles não conseguiram e sofreram para se manter vivos, igualando o marcador apenas após um equilibrado tiebreak. A definição foi então para o match-tiebreak, no qual Bruno e Peya enfim tiveram um pouco mais de folga.

Eles alcançaram seis match-points ao fazer 9-3 no desempate, desperdiçaram um no saque dos rivais, mas quando a decisão caiu no serviço da parceria não houve segunda chance para Lindstedt e Nestor. Com o título em Barcelona, Bruno e Peya devem assumir a quarta colocação na corrida para o ATP Finals, três lugares acima do posto coupado atualmente por eles.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin