fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Renzo Olivo, Paul Capdeville, Maximo Gonzalez, PaineirasCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Renzo Olivo, Paul Capdeville, Maximo Gonzalez, PaineirasCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Renzo Olivo, Paul Capdeville, Maximo Gonzalez, Paineirastênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/brasileiros_outros/clezar_back_paineiras_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/brasileiros_outros/clezar_back_paineiras_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Clezar leva a virada e para na semi no Paineiras
27/04/2013 às 16h29
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/brasileiros_outros/clezar_back_paineiras_int.jpg" title="Clezar conseguirá boa subida com campanha no Paineiras" />

Clezar conseguirá boa subida com campanha no Paineiras

Foto: João Pires/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

São Paulo (SP) - Último brasileiro ainda vivo na chave do challenger do Paineiras, o gaúcho Guilherme Clezar não passou das semifinais, neste sábado, amargando uma derrota de virada para o argentino Renzo Olivo, que aplicou parciais de 2/6, 7/5 e 7/5, em 2h34 de partida, para assegurar seu lugar na final.

Embora tenha sido a primeira vez que os dois se enfrentavam como profissionais, no juvenil haviam sido dois os confrontos anteriores. Assim como aconteceu em Roland Garros, três anos atrás, e na Copa Milo, no Chile, em 2009, Olivo ficou com a vitória e seguiu na competição.

O argentino espera agora a definição da outra semifinal, que envolve o compatriota Maximo Gonzalez, vindo do qualificatório, e o chileno Paul Capdeville, cabeça de chave número 7 e algoz do paulista Rogério Silva. Esta será a segunda final da carreira em challengers de Olivo, que ainda busca sua primeira conquista neste nível.

Bastante equilibrado, o duelo entre Clezar e o argentino foi definido nos detalhes. A diferença de pontos entre os dois foi mínima, com 107 para Olivo e um a menos para o gaúcho. Nas quebras, o "hermano" também levou a melhor por apenas uma, com cinco break-points em 17 oportunidades, contra quatro quebras em 12 chances.

Com a boa campanha obtida nesta semana nas quadras de saibro do Paineiras, Clezar, que atualmente é o197 do mundo, dará um salto de pelo menos 18 colocações no ranking da ATP, que pode ser de até 20 lugares dependendo dos resultados de seus adversários, se firmando de vez no top 200.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr