fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Dmitry Tursunov, Philipp Kohlschreiber, Martin Klizan, BarcelonaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Dmitry Tursunov, Philipp Kohlschreiber, Martin Klizan, BarcelonaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Dmitry Tursunov, Philipp Kohlschreiber, Martin Klizan, Barcelonatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bellucci/0425_barcelona_slice_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bellucci/0425_barcelona_slice_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bellucci vira e vai às quartas de final em Barcelona
25/04/2013 às 08h11
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/bellucci/0425_barcelona_slice_int.jpg" title="Bellucci pode rever algoz de Monte Carlo nas quartas" />

Bellucci pode rever algoz de Monte Carlo nas quartas

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Barcelona (Espanha) - O paulista Thomaz Bellucci aproveitou a chance de enfrentar um adversário menos gabaritado na terceira rodada do ATP 500 para seguir em frente no torneio. Tendo o russo Dmitry Tursunov como rival, e não o espanhol David Ferrer, o número 1 do Brasil levou um susto no começo, mas reagiu e triunfou de virada, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/3.

Nas quartas de final no saibro catalão, o canhoto de Tietê terá pela frente quem passar do duelo entre o eslovaco Martin Klizan e o alemão Philipp Kohlschreiber,  que na semana anterior foi o algoz de Bellucci no Masters 1000 de Monte Carlo, pela primeira rodada da competição. No geral, foram cinco duelos entre eles com três vitórias do germânico.

Atual 44 do mundo, Bellucci não vive um grande começo de ano, conseguindo apenas pela segunda vez em 2013 engatar duas vitórias seguidas, algo que havia alcançado apenas no Masters 1000 de Miami. Com a campanha provisória em Barcelona, o paulista deve ganhar algumas colocações no ranking, podendo até voltar ao top 40, dependendo também de outros resultados na semana.

O primeiro set não foi dos melhores e Bellucci, principalmente no saque, com o qual faturou apenas 52% dos pontos disputados. Este desempenho fraco lhe custou sete break-points contra dos quais o rival russo conseguiu aproveitar dois, uma a mais do que o paulista, e assim lagar na frente no placar.

Contudo, o canhoto de Tietê elevou seu nível para o segundo set. Logo de cara ele pressionou o serviço de Tursunov e na quinta chance que teve conseguiu a quebra para sacar em seguida já na frente. Bellucci salvou um break-point em seu saque, mas confirmou, e na sequência anotou uma nova quebra para cima do russo.

A confortável dianteira conquistada no princípio da parcial foi mantida até o fim e o empate acabou acontecendo. Bellucci aproveitou o melhor momento e novamente saiu com quebra prematura, anotada no segundo game do set decisivo. Novamente ele administrou bem o placar favorável, chegou a ter match-point quando Tursunov sacou em 2/5, mas só fechou mesmo no game seguinte.

"Joguei sólido hoje. Comecei um pouco devagar, mas depois entrei no jogo. O resultado poderia até ter sido mais fácil, mas foi uma boa vitória", disse o brasileiro. "Independente do adversário, tenho que entrar focado em quadra. Estou me sentindo bem em quadra e confiante, melhorando a cada jogo", completou.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin