fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Gastao Elias, Guido Adreozzi, Itajaí, Roland GarrosCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Gastao Elias, Guido Adreozzi, Itajaí, Roland GarrosCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Gastao Elias, Guido Adreozzi, Itajaí, Roland Garrostênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/rogerio_silva/0412_itajai_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/rogerio_silva/0412_itajai_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Rogerinho vence outra e se aproxima de Paris
12/04/2013 às 13h24
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/rogerio_silva/0412_itajai_vibra_int.jpg" title="Rogerinho precisa ao menos alcançar a final em Itajaí" />

Rogerinho precisa ao menos alcançar a final em Itajaí

Foto: Cristiano Andujar/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Itajaí (SC) - A busca por uma vaga direto na chave principal de Roland Garros tem ficado cada vez mais factível para o paulista Rogério Silva. Principal favorito no challenger de Itajaí, ele fez valer sua condição e se garantiu, nesta sexta-feira, nas semifinais do torneio ao despachar o argentino Guido Andreozzi, quinto pré-classificado, com um duplo 6/2 em 75 minutos de partida.

Nas semifinais, o número 2 do Brasil mede forças com o terceiro favorito Gastão Elias, responsável por deixar pelo caminho o espanhol Marc Giner, com um placar ainda mais tranquilo, anotando 6/2 e 6/0, em exata uma hora de jogo. Esta será a segunda vez que os dois se enfrentam e Rogerinho levou a pior quando duelaram em um future nacional em 2011.

Rogerinho é atualmente o 109º do mundo e tem como meta alcançar um lugar entre os 104 primeiros para assim praticamente selar uma vaga na chave principal em Roland Garros. O ranking que define os classificados é o da próxima semana e por isso o paulista precisa de uma boa campanha no challenger catarinense para alcançar o feito.

Com as semifinais em Itajaí, ele pula provisoriamente duas colocações na lista da ATP, mas ainda depende de outros resultados para saber definitivamente sua posição. São sete os rivais que agora figuram atrás de Rogerinho, mas que podem ultrapassá-lo no ranking, sendo os dois mais próximos o francês Adrian Mannarino, que está na semi de Guadalajara, e o argentino Federico Delbonis, quadrifinalista em Barranquilla.

Para alcançar o 104º posto, Rogerinho precisa vencer a semi contra Elias e torcer contra o seus perseguidores mais próximos. Se conseguir levantar o troféu em Itajaí, o paulista somaria mais 32 pontos, que lhe renderiam outras sete colocações e o levariam de volta para o top 100, em torno da 97ª colocação, garantindo assim com certeza sua participação no saibro de Paris.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG
ProSpin