fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alex Corretja, Copa Davis, Espanha, Ucrânia, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alex Corretja, Copa Davis, Espanha, Ucrânia, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alex Corretja, Copa Davis, Espanha, Ucrânia, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/corretja_careta_coletiva_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/corretja_careta_coletiva_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Capitão espanhol lamenta disputar a repescagem
12/04/2013 às 10h00
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/corretja_careta_coletiva_int.jpg" title="Corretja espera contar com suas principais estrelas" />

Corretja espera contar com suas principais estrelas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - Uma das mais fortes equipes na Copa Davis, a "Armada" espanhola vive uma situação que lhe é pouco comum nos últimos tempos, precisando jogar a repescagem da competição para se manter no Grupo Mundial. O capitão Alex Corretja lamentou o fato, mas declarou que espera poder contar com todos os jogadores para a série contra a Ucrânia.

"É uma pena que a Espanha, com os jogadores que tem, esteja lutando para permanecer no Grupo Mundial. Mas este é agora nosso principal objetivo", comentou o comandante espanhol. Para ele, um dos pontos positivos do sorteio que colocou os ucranianos em seu caminho é poder definir tudo dentro de casa. "Pelo fato de jogar em casa, no saibro e diante de nossa torcida, acho que foi um bom sorteio", disse.

Mesmo entrando com amplo favoritismo no confronto, Corretja prega cuidado contra os próximos adversários. "Ainda assim, temos que respeitar o rival, eles têm jogadores talentosos como Alexandr Dolgopolov e Sergiy Stakhovsky", avaliou o capitão espanhol, que na primeira rodada da Davis neste ano não pode contar com os principais nomes e foi com um time bastante desfalcado para enfrentar o Canadá.

"Desde o primeiro dia disse que contava com todos. Em todos os confrontos conversei com os 10, 12 primeiros do ranking. Quando não vieram os melhores não foi porque que os tenha descartado, mas sim por lesões ou outras circunstâncias. Espero que possa contar com todos", disse Corretja.

Ele também foi questionado sobre sua possível permanência como capitão da "Armada" na Copa Davis, revelando que espera poder manter o cargo na próxima temporada. "O primeiro passo é nos salvar, minha ideia é seguir. Meus antecessores tiveram esta oportunidade e acredito que as coisas estejam indo bem. No ano passado, quando comecei na equipe, fomos até a final e só perdemos no último ponto", finalizou.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series