fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Juan Monaco, Carlos Berlocq, Lukas Rosol, rankingCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Juan Monaco, Carlos Berlocq, Lukas Rosol, rankingCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Juan Monaco, Carlos Berlocq, Lukas Rosol, rankingtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/raonic/0407_davis_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/raonic/0407_davis_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Raonic e Monaco aproveitam a Davis para subir
08/04/2013 às 09h14
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/raonic/0407_davis_vibra_int.jpg" title="Raonic venceu os dois jogos da série contra a Itália" />

Raonic venceu os dois jogos da série contra a Itália

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - Embora não tenha grande peso no ranking, a Copa Davis dá seus pontinhos na lista da ATP e sempre há aqueles que aproveitam a competição não apenas para defender as cores de seus países, mas também para ganhar posições. Nesta semana, os principais beneficiados foram o canadense Milos Raonic e o argentino Juan Monaco, que levaram suas equipes às semifinais.

Principal estrela do Canadá, Raonic venceu os dois jogos de simples que disputou contra a Itália e por conta disso ganhou 225 pontos no ranking e subiu uma colocação, passando ao 15º posto. O japonês Kei Nishikori, que não defendeu seu país pelo Zonal I Ásia/Oceania acabou ultrapassado pelo canadense.

Quem também perdeu terreno foi o italiano Andreas Seppi, justamente a última vítima de Raonic na série válida pelas quartas de final da Davis. Ele perdeu o 18º lugar no ranking para Monaco, que ajudou a Argentina contra a França, mas venceu apenas uma das duas partidas de simples que disputou, diante de Gilles Simon.

Herói argentino, responsável pelo quinto e decisivo ponto na série contra a França, Carlos Berlocq tem um motivo extra para comemorar nesta segunda-feira. Além de vibrar com o feito do domingo, quando surpreendeu Simon e levou seu time à semi, ele também faturou sete posições no ranking e agora é o 64º do mundo.

Mais embaixo na lista, o tcheco Lukas Rosol foi responsável pelo maior salto da semana, disparou 17 colocações e alcançou seu mais alto lugar no ranking da ATP até então figurando como 46 do mundo. O compatriota Jan Hajek foi outro que subiu bem, ganhou 11 postos e alcançou a 83ª posição.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
1xBet