fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Carlos Berlocq, Gilles Simon, Jo-Wilfried Tsonga, Juan Monaco, Copa DavisCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Carlos Berlocq, Gilles Simon, Jo-Wilfried Tsonga, Juan Monaco, Copa DavisCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Carlos Berlocq, Gilles Simon, Jo-Wilfried Tsonga, Juan Monaco, Copa Davistênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/berlocq_vibra_davis_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/berlocq_vibra_davis_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Berlocq anota o 5º ponto e leva Argentina à semi
07/04/2013 às 17h00
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/estrangeiros_outros/berlocq_vibra_davis_int.jpg" title="Berlocq foi o herói da vitória argentina sobre a França" />

Berlocq foi o herói da vitória argentina sobre a França

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Buenos Aires (Argentina) - A esperança argentina pode ter ficado abalada com a maneira pela qual o seu número 1 Juan Monaco foi derrotado pelo francês Jo-Wilfried Tsonga na quarta partida da série, mas em nenhum momento deixou de existir. Embalado pela entusiasmada torcida que encheu as arquibancadas do Parque Roca, Carlos Berlocq não decepcionou e derrotou Gilles Simon em batalha de quatro sets, parciais de 6/4, 5/7, 6/4 e 6/3.

Só que as coisas não começaram nada otimistas para Berlocq, que logo na primeira vez que foi a saque acabou quebrado. A vantagem de 2/0 obtida pelo rival francês não durou muito e o atleta da casa se recuperou prontamente e venceu os três games seguintes. Com uma quebra para cada lado até o 10º game, o argentino voltou a superar o serviço de Simon e largou na frente do placar.

Na parcial seguinte, novamente Simon largou com quebra de vantagem e a manteve até o oitavo game, quando o argentino igualou tudo. Foi então que começou uma sucessão de quebras que só acabou com a confirmação do francês, no momento em que este sacava para o set em 6/5, empatando assim o jogo.

O sofrimento dos "hermanos" foi aplacado em parte no princípio do terceiro set com Berlocq conseguindo bater o saque do francês. Contudo, Simon não tardou e devolver a desvantagem logo em seguida. Os dois ainda mais trocaram break-points, um para cada lado, até que o argentino conseguisse mais uma vez derrubar o saque de Simon quando este sacava pressionado com 4/5 no marcador.

Precisando de apenas mais um set para fechar o confronto e garantir uma vaga nas semifinais da Copa Davis, o número 2 argentino manteve o bom momento. Liderou boa parte da quarta parcial e foi sacar em 5/3 para sacramentar a vitória. Porém, Simon resolveu dar ares de drama à reta final e impediu a vitória com uma quebra. Berlocq não se abalou e sagrou-se o herói da casa ao conseguir pela nona vez bater o saque do rival.

Agora, a equipe alviceleste terá pela frente os tchecos, atuais campeões da Davis, que mesmo sem a estrela Tomas Berdych e com Radek Stepanek apenas nas duplas, conseguiram derrotar o Cazaquistão fora de casa. Contra a Argentina, eles voltarão aos seus domínios, embalados também pela liderança do ranking da competição.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series