fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Nalbandian, Horacio Zeballos, Martin Jaite, Copa Davis, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Nalbandian, Horacio Zeballos, Martin Jaite, Copa Davis, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Nalbandian, Horacio Zeballos, Martin Jaite, Copa Davis, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nalbandian/0406_davis_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nalbandian/0406_davis_vibra_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Nalba sobre vantagem: 'Muitos não acreditavam'
06/04/2013 às 19h26
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/nalbandian/0406_davis_vibra_int.jpg" title="Nalbandian alfinetou quem não apostava em sua equipe" />

Nalbandian alfinetou quem não apostava em sua equipe

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Buenos Aires (Argentina) - Apesar de não contar com seu principal nome, o top 10 Juan Martin del Potro, a equipe argentina na Copa Davis está cada vez mais perto de alcançar as semifinais. Neste sábado, David Nalbandian e Horacio Zeballos comandaram a vitória dos "hermanos" sobre a dupla formara pelos franceses Michael Llodra e Julian Benneteau, deixando seu time a um ponto da vitória no confronto.

"Esta série é extremamente dura. Muitos não esperavam que poderíamos estar com 2 a 1 de frente neste sábado, mas nós tínhamos fé", desabafou Nalbandian, que ao lado de Zeballos teve que suar para bater a parceria francesa de virada e garantir o segundo ponto para a Argentina. "Terminamos ontem empatados, sabíamos que a dupla seria difícil, só que mesmo assim conseguimos ganhar", acrescentou.

Nalbandian acredita que um dos méritos dele e de Zeballos foi saber ler o que acontecia no jogo. "Fomos melhorando o nosso nível pouco a pouco. Estas partidas são duras e não sabemos de onde tiramos a força, mas jogar em casa é uma grande motivação", comentou o experiente argentino, agradecendo também o apoio que o público lhes deu durante praticamente todo o duelo deste sábado.

Seguindo o mesmo caminho, Zeballos revelou que as vitórias na Davis dentro de casa são especiais para ele. "Quando ganhei de (Rafael) Nadal em Viña del Mar perguntaram-me se foi a melhor vitória da minha carreira. O melhor são estes momentos, não dá para comparar entrar em quadra e contar com uma torcida de 10 mil argentinos. É algo muito maior", afirmou o argentino.

Outro ponto destacado foi a união da equipe. Para o capitão Martin Jaite, esta é uma das principais razões para o sucesso do time. "Tiveram uma boa atitude e jogaram bem, mas não é apenas isso, o ânimo e a boa convivência também ajudam. Tudo funciona melhor quando há união e parte desta vitória tem a ver com isso", disse.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series