fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis, recorde, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis, recorde, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcos Baghdatis, Bjorn Borg, Copa Davis, recorde, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/baghdatis/arquivo_comemora_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/baghdatis/arquivo_comemora_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Baghdatis pode igualar recorde de Borg na Davis
04/04/2013 às 14h05
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/baghdatis/arquivo_comemora_int.jpg" title="Baghdatis não perde em simples na Davis desde 2003" />

Baghdatis não perde em simples na Davis desde 2003

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nicosia (Chipre) - Marcos Baghdatis pode alcançar um recorde neste fim de semana pela Copa Davis. Defendendo o time cipriota pela 38ª vez desde 2000, ele está a dois triunfos de igualar a maior série vitoriosa da competição, que pertence ao sueco Bjorn Borg, que conseguiu vencer 33 jogos de simples consecutivos.

Atualmente, o cipriota soma 31 resultados positivos em sequência. Sua última derrota em uma partida de simples na Davis aconteceu quase 10 anos atrás, quando foi superado pelo georgiano Irakli Labadze de virada. Desde então ele não perde em simples e só foi derrotado quatro vezes em duplas.

Tudo indica que Baghdatis vá mesmo igualar a marca de Borg, uma vez que o Chipre joga em casa e tem pela frente a frágil equipe do Benin, em confronto válido pelo playoff do Zonal África/Europa II, no qual o perdedor será rebaixado para a terceira divisão da Copa Davis.

Na primeira partida o cipriota vai medir forças com o beninense Aleksis Klegou, que ocupa a modesta 1.392ª colocação no ranking, com apenas dois pontos, somados graças a uma quartas de final atingida em um future turco duas semanas atrás. O segundo duelo será contra Jean Segodo, que sequer figura na lista da ATP.

Em 13 anos servindo o Chipre na Copa Davis, o atual 38 do mundo foi convocado 38 vezes, contando o chamado para a série deste fim de semana contra o Benin. Baghdatis venceu 42 partidas de simples e perdeu somente três. Em duplas o retrospecto não é tão positivo, com 18 triunfos em 28 jogos.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series