fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Maria Sharapova, Steffi Graf, Miami, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Maria Sharapova, Steffi Graf, Miami, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Maria Sharapova, Steffi Graf, Miami, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/serena/0330_miami_rede_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/serena/0330_miami_rede_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Serena vira e conquista Miami pela sexta vez
30/03/2013 às 15h17
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/serena/0330_miami_rede_int.jpg" title="Serena aproveitou o momento de reação no 2º set" />

Serena aproveitou o momento de reação no 2º set

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - A norte-americana Serena Williams mostrou neste sábado por que é a número 1 do mundo. Em situação delicada diante da russa Maria Sharapova, utilizou de seu jogo corajoso, ofensivo e preciso para conseguir uma excepcional virada e conquistar o Premier de Miami pela sexta vez em sete finais disputadas. O placar foi de 4/6, 6/3 e 6/0, em jogo de 2h08. De quebra, Serena embolsou US$ 720 mil.

A norte-americana obtém assim sua 12ª vitória em 14 duelos já feitos contra Sharapova, para quem não perde desde julho de 2004,em Los Angeles. Este foi o 48º título de sua carreira e o segundo da temporada, em que tinha apenas o pequeno troféu de Brisbane. Serena não vencia em Miami desde 2008, tendo perdido a final de 2009 para Victoria Azarenka.

Além do tabu pessoal contra Serena, Sharapova perdeu pela quinta vez a chance de faturar Miami, local que considera sua casa, a segunda consecutiva. Ela tentava também repetir Steffi Graf e Kim Clijsters, que permanecem assim como as únicas a ganhar seguidamente Indian Wells e Miami.

As duas tenistas entraram em quadra decididas a forçar muito as jogadas, a partir até mesmo do saque. Com isso, o jogo foi intenso, cheio de ótimas trocas de bola, muitos winners e várias quebras de serviço. Sharapova abriu 3/2 no primeiro set, mas não confirmou. Com 4/4, foi a vez de Serena vacilar e permitir a vantagem definitiva.

A americana reagiu e fez 2/0 no segundo set, porém a russa acertou diversas vezes a linha e virou para 3/2, com saque a favor. Parecia caminhar para uma vitória categórica e aí sentiu o momento, perdendo todos os três games seguintes, incluindo um em que saiu com 40-15.

Confiante, Serena voltou ao plano original de jogar dentro da quadra e atacar todos os saques da russa. Foi assim que saiu quebrando o saque no terceiro set e a partir daí o trabalho foi facilitado pelos erros da adversária, que perdeu a precisão e o bom aproveitamento do primeiro serviço, ficando à mercê da excepcional devolução da líder do ranking.

A estatística final mostrou sete quebras em favor de Serena contra quatro, 34 a 14 no total de winners e de 29 a 25 nos erros não forçados.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin