fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Jurgen Melzer, Tommy Haas, Masters 1000 de Miami, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Jurgen Melzer, Tommy Haas, Masters 1000 de Miami, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Jurgen Melzer, Tommy Haas, Masters 1000 de Miami, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/ferrer/0327_miami_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/ferrer/0327_miami_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Ferrer revela nervosismo durante o primeiro set
28/03/2013 às 10h34
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/ferrer/0327_miami_fore_int.jpg" title="Ferrer vai voltar a ser o número 4 na próxima semana" />

Ferrer vai voltar a ser o número 4 na próxima semana

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - David Ferrer teve que suar a camisa para alcançar as semifinais do Masters 1000 de Miami, nesta quarta-feira, e assim evitar mais uma surpresa na competição. O espanhol saiu atrás do austríaco Jurgen Melzer, mas conseguiu se recuperar e triunfou de virada, anotando parciais de 4/6, 6/3 e 6/0.

"Comecei bem, com 2/0 de vantagem, mas ele passou a jogar muito e com bastante potência em seus golpes. Quando me quebrou, eu também não joguei bem. Estava nervoso durante o primeiro set e parte do segundo", revelou Ferrer, que depois do sufoco nas duas primeiras parciais deslanchou na terceira, com direito a "pneu" sobre Melzer.

Para ele, um dos fatores fundamentais para a recuperação foi a persistência. "Tentei lutar por cada ponto, mantive o foco e fiquei muito feliz com o resultado no segundo set e claro que do terceiro também", falou o espanhol. Primeiro semifinalista no Crandon Park, ele também comentou a ausência de nomes como o do suíço Roger Federer e do compatriota Rafael Nadal.

"Não ligo para isso, estou na semifinal e vou enfrentar um grande oponente. Claro que Roger e Rafa são muito importantes para o torneio e ontem (quarta), Novak perdeu para Tommy Haas, mas o jogo é assim. Às vezes os grandes jogadores podem perder", afirmou o espanhol, cujo próximo adversário será o experiente Haas, de 34 anos.

Jogando sob um forte calor, Ferrer não reclamou do clima, mas mostrou preferência por temperaturas menos agudas. "Quando o dia está muito quente ou muito úmido é difícil de jogar, mas também é para o meu adversário. Não me importo muito, mas se pudesse optar, escolheria uma temperatura um pouco mais amena", disse o número 5 do mundo.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Paulistana