fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Robin Soderling Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Robin Soderling Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Robin Soderling tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/soderling/0521_suecia_coletiva_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/soderling/0521_suecia_coletiva_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Soderling deve parar se não retornar em 2013
15/11/2012 às 11h33
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/soderling/0521_suecia_coletiva_int.jpg" title="Soderling diz que precisou ir a psicólogos" />

Soderling diz que precisou ir a psicólogos

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Estocolmo (Suécia) - Robin Soderling anda está incerto sobre o futuro de sua carreira. Afastado desde julho de 2011, o sueco revelou à imprensa local que tentará voltar em 2013. Porém, se não tiver condições físicas, deve desistir da carreira profissional. Soderling tem 28 anos de idade.

"A decisão final sobre a minha carreira ainda não foi feita. O tempo está passando e a incerteza é ruim. Se eu não voltar em 2013, então não sei. Provavelmente vou começar a jogar o circuito dos veteranos. Seria muito difícil voltar depois de tanto tempo", afirmou Soderling, que já foi número 4 do mundo.

O afastamento de Soderling é por conta da mononucleose, doença que já afetou outros tenistas, como Mario Ancic, Andy Roddick e Roger Federer. O croata não conseguiu se recuperar e encerrou precocemente a carreira. Soderling disse em entrevistas durante o ano que já tentou treinar, mas não suporta um período grande de esforço.

"Estou frustrado porque faço o que posso, mas não consigo trabalhar demais. Se você tivesse me perguntado há duas ou três semanas, eu estava positivo. Até jogava todo dia. Mas peguei uma gripe e agora, se eu faço meia hora em um dia, fico muito cansado para o próximo. É difícil lidar com isso", lamentou o finalista de Roland Garros por duas vezes.

Soderling também afirmou que sua mente está abalada com essa situação. "Essa sensação de impotência é muito triste. Já fui a psicólogos esportivos. É muito irritante, mas não pode me deixar louco. Aos poucos, fui percebendo que preciso aceitar. Nada é certo", acrescentou o sueco, que teve sua primeira filha em setembro.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG
ProSpin