fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Leonardo Kirche, Fabiano de Paula, Rogerio Silva, rankingCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Leonardo Kirche, Fabiano de Paula, Rogerio Silva, rankingCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Leonardo Kirche, Fabiano de Paula, Rogerio Silva, rankingtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/bellucci/1024_basileia_toss_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/bellucci/1024_basileia_toss_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bellucci entra na zona de favoritos para Austrália
05/11/2012 às 08h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/bellucci/1024_basileia_toss_int.jpg" title="Bellucci pode ainda subir mais quatro posições" />

Bellucci pode ainda subir mais quatro posições

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - Eliminado logo na estreia do Masters 1000 de Paris, o paulista Thomaz Bellucci ganhou três colocações no ranking desta semana e entrou na zona de cabeças de chave do Australian Open. Atual 32º na lista da ATP, o canhoto de Tietê ainda tem oportunidade de subir mais com a disputa do Challenger Finals, no Ibirapuera, onde pode somar até 125 em caso de título invicto.

Bellucci pode ganhar até mais quatro colocações se triunfar no seu último torneio da temporada e precisa ao menos chegar à decisão para voltar a figurar no top 30. De qualquer maneira só de ter conseguido fechar o ano entre os 32 primeiros lhe garante um chaveamento melhor no primeiro Grand Slam de 2013, escapando dos principais favoritos nas duas primeiras rodadas.

A ascensão do canhoto de Tietê foi acompanhada pelos paulistas Rogério Silva e Thiago Alves, que ganharam duas posições e agora ocupam, respectivamente, o 128º e 134º posto na lista da ATP. Já o quarto melhor brasileiro no ranking, o também paulista João "Feijão" Souza, perdeu um pouco de terreno e caiu quatro lugares, indo para a 139ª colocação.

Um pouco mais embaixo, quem pode comemorar o feito inédito é o paulista Leonardo Kirche, que pela primeira vez na carreira entra no top 200. O tenista de Santa Bárbara D'Oeste colheu os frutos de sua melhor temporada, na qual disputou sua primeira final de challenger, conquistou um título de future e outros quatro vices, subiu duas posições no ranking e assumiu o 200º lugar.

Outro que comemora seu melhor ligar no ranking da carreira é o carioca Fabiano de Paula, que com as semifinais do challenger de Medellín foi alçado à 239ª colocação, 37 postos acima daquela que ocupara na semana anterior. Já o gaúcho Guilherme Clezar (229º) e o campineiro Ricardo Mello (276º) seguiram na contramão e caíram, respectivamente 21 e 20 lugares.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin