fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Marin Cilic, Robert Lindstedt, Horia Tecau, Masters 1000 de ParisCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Marin Cilic, Robert Lindstedt, Horia Tecau, Masters 1000 de ParisCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Marin Cilic, Robert Lindstedt, Horia Tecau, Masters 1000 de Paristênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/duplas/melo_cilic_madri_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/duplas/melo_cilic_madri_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Melo e Cilic avançam após abandono de favoritos
31/10/2012 às 09h39
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/duplas/melo_cilic_madri_int.jpg" title="Melo e Cilic ficaram apenas 51 minutos em quadras" />

Melo e Cilic ficaram apenas 51 minutos em quadras

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - O mineiro Marcelo Melo e o croata Marin Cilic sequer precisaram jogar dois sets inteiros para garantir um lugar nas quartas de final do Masters 1000 de Paris. Nesta quarta-feira, os dois contaram com abandono dos cabeças de chave 3, o sueco Robert Lindstedt e o romeno Horia Tecau, quando o placar apontava parciais de 6/3 e 3/2.

Durante os 51 minutos de confronto, a dupla mineiro-croata acertou 84% dos primeiros serviços e faturou 28 dos 37 pontos disputados com o saque, salvando a única oportunidade de quebra que cederam a Tecau e Lindstedt. Em contrapartida, eles já haviam concretizado dois break-points, um que lhes rendeu o primeiro set e outro já no segundo.

Jogando juntos pela quarta vez na temporada, Melo e Cilic têm como melhor resultado da parceria as semifinais alcançadas no Masters 1000 de Xangai. Curiosamente, na semana passada os dois se enfrentaram na chave de Valencia e o mineiro levou a melhor, desta vez atuando ao lado do também croata Ivan Dodig.

Nas quartas em Paris, o mineiro e o croata ainda não têm seus rivais definidos, mas podem encarar o mineiro Bruno Soares e seu parceiro, o austríaco Alexander Peya, oitavos favoritos, que ainda não estrearam na competição e conhecem nesta quarta seus primeiros adversários.

Bruno e Peya vão abrir campanha contra quem vencer o duelo envolvendo a dupla formada pelo norte-americano Scott Lipsky e pelo mexicano Santiago González e os alternates Carlos Berlocq, da Argentina, e Denis Istomin, do Uzbequistão, que entraram no lugar dos espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin