fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sul-americano de 12 anos, Lima, Igor Gimenez, Julia Silva, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sul-americano de 12 anos, Lima, Igor Gimenez, Julia Silva, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sul-americano de 12 anos, Lima, Igor Gimenez, Julia Silva, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/outros_assuntos/sulamericano_12anos_time_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/outros_assuntos/sulamericano_12anos_time_int.jpg" />
Notícias | Outros
Brasileiros vão à final do Sul-americano de 12 anos
27/10/2012 às 09h38
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/outros_assuntos/sulamericano_12anos_time_int.jpg" title="Julia, Igor, Pedro e Bruno não perderam em Lima. " />

Julia, Igor, Pedro e Bruno não perderam em Lima.

fiogf49gjkf0d

Lima (Peru) - O Brasil conquistou um grande resultado no Campeonato Sul-americano da categoria 12 anos nesta sexta-feira, com a equipe masculina fechando a primeira fase como líder invicto do grupo B para se garantir na final, enquanto o time feminino vai disputar o terceiro lugar da competição.

Capitaneados por José Luiz Alves, Igor Gimenez, Pedro Cordeiro e Bruno Pessoa venceram o Chile por 3 a 0. Antes o Brasil já havia vencido pelo mesmo placar os confrontos com Uruguai, Paraguai e Venezuela.

Igor Gimenez venceu a primeira partida desta sexta-feira com 6/1 e 6/3 contra Patricio Gallegos. A seguir Pedro Cordeiro derrotou Marcelo Ahumada por 6/4 e 6/0. Nas duplas, Pedro Cordeiro e Bruno Pessoa fecharam o confronto com vitória por 6/2 e 6/1 contra Marcelo Ahumada e Daniel Nuñes.

Com apenas um set perdido em todo o confronto, o Brasil vai enfrentar a Argentina neste sábado, a partir das 10h locais (13h de Brasília) pelo título sul-americano masculino de 12 anos. Os argentinos ficaram na primeira colocação do grupo A, que tinha Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.

"A nossa equipe venceu os quatro confrontos da fase de grupos sem nenhuma derrota e perdendo apenas um set", destaca Patrício Arnold, diretor do departamento Infanto-juvenil da Confederação Brasileira.

A equipe feminina capitaneada por Clóvis Bueno e formada por Aike Theilacker, Julia Silva e Luiza Braghini não conseguiu a vaga na final do Sul-americano, mas teve grande evolução em relação ao ano passado ao ficar na segunda colocação do grupo B e se garantir na disputa pelo terceiro lugar contra a Colômbia. As brasileiras venceram os confrontos com Paraguai, Chile e Bolívia na primeira fase do Sul-americano, sendo superadas apenas pelo Peru, time anfitrião da competição realizada no Rinconada Country Club, em Lima.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin