fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Aleksandrina Naydenova, Sevilha, campeãCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Aleksandrina Naydenova, Sevilha, campeãCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Estrella Cabeza Candela, Aleksandrina Naydenova, Sevilha, campeãtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/brasileiras_outras/teliana_trofeu_sevilha_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/brasileiras_outras/teliana_trofeu_sevilha_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Teliana leva título depois de salvar 2 match-points
20/10/2012 às 16h28
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/brasileiras_outras/teliana_trofeu_sevilha_int.jpg" title="Teliana conquistou seu segundo troféu do ano" />

Teliana conquistou seu segundo troféu do ano

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d

Sevilha (Espanha) - A pernambucana Teliana Pereira, 192ª colocada do ranking da WTA, superou outra batalha com mais de três horas, salvou dois match-points e conquistou, na manhã deste sábado, o título do ITF US$ 25 mil de Sevilha. Na final, ela derrotou a cabeça de chave 1, a espanhola Estrella Cabeza Candela, 127ª do mundo, por 2 sets a 1 com parciais de 4/6, 7/6 (7-3) e 7/6 (7-5).

"Foi uma verdadeira batalha, nós duas lutamos até o último ponto, ela é uma ótima jogadora, muito agressiva, o que fez a diferença foi a raça e o mental, fui uma guerreira e lutei todos os pontos, como se fosse o último, salvei match-points e fui crescendo", disse a pernambucana. Teliana salvou dois match-points na segunda etapa vendo a rival ter 5/3 e saque pra vitória. No terceiro set mais drama, ela sacou pro jogo com 5/4 e depois com 6/5 desperdiçando dois match-points, mas foi valente e levou a melhor no tie-break.

Na semifinal, Teliana já havia salvo quatro match-points e conseguido outra virada. "Meu irmão e treinador, Renato, está aqui comigo ajudando e ele foi fundamental, me deu força nos jogos , superei muitos momentos difíceis", declarou Teliana, que conquistou seu segundo troféu na temporada.

A pernambucana triunfara em Rosário, na Argentina, e também foi vice em Caracas (Venezuela), em Maribor (Eslovênia) e em Mont-de-Marsan (França). "É incrível, vejo que a cada dia estou evoluindo, tudo isso graças ao trabalho que estamos fazendo depois de tudo que passei, as duas cirurgias. Tive momentos onde duvidava se podia fazer o que mais amo, jogar tênis", disse Teliana, comemorando a boa fase.

Com o título, ela somará 50 pontos no ranking do dia 29 de outubro e deve entrar no grupo das 170 melhores do mundo, seu melhor desempenho da carreira. Agora, a número 1 do Brasil se prepara para a disputa de seus dois últimos torneios no ano, o primeiro deles na Argentina, a partir do dia 29, e o derradeiro no Paraguai, na semana seguinte.

Nas duplas, Teliana e a búlgara Aleksandrina Naydenova, cabeças de chave número 2, acabaram derrotadas pelas principais favoritas no torneio, as poloneses Paula Kania e Katarzyna Piter, na decisão em Sevilha, com parciais de 5/7, 6/4 e 10-6.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin