fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Andrea Collarini, Villa Allende, Challenger, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Andrea Collarini, Villa Allende, Challenger, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Andrea Collarini, Villa Allende, Challenger, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/rogerio_silva/0528_rg_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/rogerio_silva/0528_rg_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Rogerinho para no segundo jogo na Argentina
18/10/2012 às 16h08
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/rogerio_silva/0528_rg_fore_int.jpg" title="Rogerio joga em Buenos Aires na próxima semana" />

Rogerio joga em Buenos Aires na próxima semana

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d

Villa Allende (Argentina) - Apesar de figurar como cabeça de chave número 4 no challenger de Villa Allende, o paulista Rogério Silva não passou da segunda rodada no saibro argentino. Nesta quinta-feira, ele foi superado pelo norte-americano Andrea Collarini, convidado da organização, em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1h41 de jogo.

Com a derrota, Rogerinho se despede do torneio, mas segue em sua temporada argentina e disputa na próxima semana o challenger de Buenos Aires. Antes de tentar a sorte em Villa Allende, o paulista havia jogado em San Juan, onde não conseguiu passar das quartas de final, derrotado pelo espanhol Ivan Navarro.

Depois de derrotar o brasileiro, Collarini terá pela frente o espanhol Javier Marti, que contou com o abandono do uruguaio Marcel Felder quando o placar apontava vantagem para o espanhol com 6/3 e 4/0, em exata uma hora de confronto. Esta será a primeira vez que o norte-americano irá medir forças com Marti.

Convidado da organização, Collarini pode defender a bandeira argentina em breve, já que apesar de ter nascido em Nova York, ele é filho de pais argentinos. "Eu nasci nos Estados Unidos, mas cresci e me desenvolvi como tenista na Argentina", declarou o atleta de 20 anos, que atualmente ocupa o 346º posto no ranking da ATP.

Por sua vez, Rogerinho pode se manter na 131ª colocação, só que depende ainda de outros resultados. Um dos que tem chance de ultrapassá-lo na lista é o paulista João "Feijão" Souza, que está nas oitavas no cahllenger do Rio de Janeiro e precisa de mais duas vitórias para deixar o compatriota para trás.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG
ProSpin