Notícias | Dia a dia | Australian Open
Nadal salvou os dois break-points que enfrentou
16/01/2012 às 06h37

Nadal salvou os dois break-points que enfrentou

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Sem grandes problemas, foi assim que o espanhol Rafael Nadal abriu sua campanha no Australian Open. Cabeça de chave número 2, ele precisou de 1h46 para despachar o norte-americano Alex Kuznetsov para triunfar em sets diretos, com parciais de 6/4, 6/1 e 6/1, e alcançar a segunda rodada no primeiro Grand Slam da temporada.

O veterano Tommy Haas será o seu próximo oponente no torneio. Nesta madrugada, o alemão também teve pela frente um norte-americano, mas encontrou um pouco mais de dificuldade para superar a estreia, superando Denis Kudla 7/6 (7-5), 3/6, 6/0 e 7/5, depois de 2h24 de confronto. Esta será quinta vez que Nadal irá se confrontar com o germânico, tendo vencido todos os outros duelos.

Nadal aproveitou-se de seu ótimo aproveitamento com o primeiro serviço (86%), para dominar o rival norte-americano, que por sua vez venceu menos da metade dos pontos disputados com o seu saque. Com isso, o canhoto de Mallorca somou 10 oportunidades de quebra durante toda a partida, concretizando seis delas.

Quem também alcançou a segunda rodada nas quadras do Melbourne Park foi o ucraniano Alexadr Dolgopolov. O quadrifinalista do ano passado levou um susto do local Greg Jones e perdeu os dois primeiros set, mas depois conseguiu se recuperar e fechou a vitória de virada, com parciais de 1/6, 4/6, 6/1, 6/1 e 6/2, em exatas duas horas e meia de partida.

Na segunda rodada, Dolgopolov terá duelo inédito com o alemão Tobias Kamke, que superou o romeno Victor Hanescu em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/2. Compatriota de Kamke, Philipp Kohlschreiber travou duelo de cinco sets contra o argentino Juan Monaco e deixou o 25º favorito pelo caminho com direito a "pneu" no set decisivo, parciais de 7/5, 4/6, 6/3, 6/7 (4-7) e 6/0.

Kohlschreiber tem agora pela frente o espanhol Pere Riba, que levou a melhor no duelo com o compatriota Albert Montañes, eliminando o atual 50 do mundo em quatro sets, parciais de 7/6 (7-2), 2/6, 6/4 e 7/6 (7-5), em 3h13 de confronto.

Comentários