TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
O que Serena quis dizer?
Por Chiquinho Leite Moreira
agosto 17, 2015 às 12:47 pm

SW

Há tempos que Serena Williams vem apresentando um comportamento polêmico. Foi assim em Roland Garros. Disse que estava mal, doente… cambaleou em quadra, mas saiu como grande campeã. Entrou num vale tudo de difícil interpretação. Ora parece que desistiu de jogar.. Ora grita ufanamente e impõe uma vitória arrasadora.

É assim que vem marcando seu estilo. Longe de precisar de qualquer outro recurso para ser campeã. Basta jogar o que sabe e, pronto, vence qualquer adversária. Mas a vida sempre nos reserva bons exemplos de como encarar as dificuldades e refletir sobre as adversidades.

Acostumada a vencer quando quer, Serena Williams foi surpreendida em Toronto pela talentosa suíça Belinda Bencic. Ao contrário de outras oportunidades não conseguiu virar o jogo e sofreu a segunda derrota na temporada. Nada que vá mudar o seu domínio do tênis feminino. Mas um motivo para pensar na sua maneira de encarar o tênis.

Sem preconceitos – ou seja já ter uma resposta definida antes mesmo de analisar o tema – fiquei na dúvida sobre o que realmente Serena Williams quis dizer ao declarar que ‘jogou como uma amadora’.

Ao primeiro instante parece que menosprezou Belinda Bencic. Tirou os méritos da adversária pela vitória. Mas a americana seguiu em frente falando em ser politicamente correta e fez elogios a uma das mais talentosas estrelas da nova geração da modalidade.

Falar que jogou como uma amadora será que foi simplesmente uma metáfora para definir a má atuação? Que esteve abaixo de seu nível, o que, sem dúvida, é realmente verdade. Afinal, apesar de todo talento de Belinda Bencic, a suíça ainda não tem jogo para superar a atual número um do mundo.

Não sei… um assunto para refletir… sem preconceitos.

 


Comentários
  1. Jonatas Novais

    Ola Chiquinho,

    Bem estranho e não é de hoje este comportamento dela… sempre que esta em apuros (perdendo) fica com expressão de derrota cabeça baixa, e começa a soltar winners.

    Outro que faz isso com maestria é Andy Murray, pode reparar que ao começar a perder, faz a mesma “tatica” começa a colocar as maos no joelho “cansado”.

    Um abraço

    Jonatas

    Responder
      1. julio

        serena sempre acha que ela perde e nunca que alguém ganhe dela, precisa ser mais humilde. Agora o Murray precisa acreditar mais nele e ganhar mais do Djokovic, que está numero 1 porque n tem mais ninguem para segura-lo, nadal ta bichado e o federer está velho

        Responder
  2. Renato

    Chiquinho não vi o jogo, mas pela descrição da noticia ela tem razão. Jogou mal sim. Acho que não teve a intenção de menosprezar a jogadora. Só reconheceu que jogou mal ,o que é vdd. Número de dupla faltas grandes e etc. Tanto é que depois elogiou a suíça. Mas, hoje me dia se serena estiver num dia em que esta jogando tudo o que sabe é uma meta quase impossível ganhar dela.

    Responder
  3. ArWin

    Serena não é aquela tenista caristmática. Ela é muito, mas muito boa no que faz e seu estilo parece ser de uma pessoa que centra-se em si mesmo, parece um “serenacentrismo” criado por si para si. Se perder é demérito seu. Isso a faz uma má pessoa? Não. Diminui seu jogo? Não. Acredito que todos nos acostumamos já com seu modo de ver o tenis, penso que a melhor forma de encarar suas declarações seja abrir uma contagem (1…2…3…4…), respirar fundo para não se revoltar, lembrar a carreira brilhante de Serena e seguir a vida…

    Responder
  4. yuri

    Olá, Chiquinho.
    A Serena constantemente menospreza suas adversárias. Raramente, quando perde, eu a vejo dando créditos à outra jogadora. Talvez o “corpo mole” seja para justificar uma derrota, como fez em RG, quando venceu o torneio. Acho extremamente deselegante tal postura. Em resumo seria: perdi porque joguei mal. Sabemos de sua superioridade no circuito feminino, mas, apesar disso, lhe falta uma grande virtude: saber reconhecer a derrota e não achar desculpas.
    Abraços!

    Responder
  5. Valestra

    Olá, Chiquinho! Entendo que ela sempre tem um comportamento que denota desprezo pela adversária, seja fora da quadra, com uma declaração dessas, seja em quadra quando perdendo, chacoalha a cabeça negativamente mesmo quando dá uma winner ou ainda quando solta intimamente um “vê como é fácil?!” quando saca um ace. E ainda tem a cara de “que sorte ela deu nessa bola” quando a rival faz um boa jogada. Só quem não entende nada de psicologia pode acreditar naquelas declarações de “nem acredito que…”, “sou grata a Deus por…”. No íntimo, ela acha mesmo que é uma audácia só das outras entrarem na quadra para enfrentá-la! Abs!

    Responder
  6. Maurício Luís *

    A Serena é o que é. Esta suposta arrogância é por causa da sua autoconfiança, sempre lá em cima. É isto que a faz virar jogos perdidos, por vezes disparando “winners” com match point contra.
    Então eu não a vejo como uma má pessoa não. Faz parte da personalidade dela já entrar em quadra achando que não tem pra ninguém.
    Eu a admiro pelas dificuldades que enfrentou até chegar ao topo. Modéstia? Bom… isto não é o forte dela.

    Responder
  7. Ricardo Monteiro

    Vi nada demais nas declarações da Serena, fez uma auto critica a ela, como todos campeões fazem, esses Gênios do esporte, posso citar vários exemplos aqui, isso não diminui seus feitos, falou “como amadora” (ela) não “com amadora” (adversária), existe sim uma certa implicância com a Serena, tudo que ela faz tem um peso 2, eu não compro esse tipo de comentário, tem gente que compra… acho que faltou assunto ao jornalista, Ex falar da Belinda Bencic. famoso tempestade em um pingo dagua, ou problema onde não existe. Abs

    Responder
    1. Lance

      Serena sempre foi exigente com o jogo dela. SEMPRE! Acho até engraçado esse negócio de arrogância, etc. Ué, ela não ter confiança no jogo dela? Não pode dizer que jogou bem abaixo do normal? Curioso, hein. As estáticas com mais de 10 DFs, inúmeros erros não forçados… (e vamos falar a verdade: Serena melhorou da lesão no cotovelo (algo que você não fez questão de citar)? Imagina se ela fala que ainda está com a lesão. Você diria: está dando desculpa de sempre).

      Quando a Muguruza diz que pode enfrentar a Serena e vencê-la. Nossa, a espanhola está confiante e precisa agir dessa forma. Que lindo!

      O mais surpreendente: Serena elogiou a Bencic duas vezes em Toronto (acho que depois do jogo da Vinci e pós derrota). O q você faz? Pega uma frase solta da entrevista, JULGA falando do politicamente correta. Imagina se ela não elogiasse, né?

      Faltou pauta para falar sobre a Bencic e os duelos de Toronto? Ou é SUA IMPLICÂNCIA DE SEMPRE com a Serena. Não me surpreende ser você escrevendo assim. No post anterior, teve a audácia de colocar a Donna Vekic como “foco” da polêmica entre Kyrgrios e Wawrinka. Seu texto só corrobora a quantidade de mensagem que a garota recebeu chamando de put*, vadi*, etc. Parabéns!

      Mais um parabéns por aceitar a publicação do posto do André Ruiz. O preconceito sempre parece prevalecer, né?
      Dicas para sua leitura: Ler um pouco mais das coisas que a jornalista Mariana Lajolo escreve. Essa sim parece não focar seus comentários na TV falando sobre MUSAS.

      Responder
      1. Ricardo - São Paulo

        Eu gosto dos posts do Chiquinho porque ele não se atem somente ao técnico do circuito. Sim eu gosto de saber que a Maria terminou com o Dimi, que o Stan namora a Vekic, que o Murray vai ser pai. Eles são humanos e não vejo os posts somente como fofoca. Mas os fãs da Serena são na sua maioria radicais, não pode questionar o comportamento dela nunca, e sempre o fazem com as demais. Esses dias postei na página da WTA no facebook minha torcida pela Garbine e fui metralhado, inclusive ofenderam a minha mãe.

        Responder
  8. André Ruiz

    Não gosto da Serena. Principalmente do seu comportamento. Deveria dar exemplo. Quando está perdendo fica fazendo caretas no jogo, e de repente, quando vira, começa dar uns berros ridículos. Lamentável, infelizmente ninguem tem o “físico” masculino dela. É um “homem” jogando contra elegantes mulhers. Não gosto!

    Responder
    1. yst

      Olha o preconceito so pq o corpo dela e musculoso e n e elegante todas as jogadoras sao elegantes menos a serena só pq ele tem o corpo musculoso se toca seu ridículo ela e a melhor tenista da história

      Responder
    2. Matheus Carcalho

      Pensamento machista, digno de pena. mas faz parte da internet isso, esses tipos de comentários. Twitter ta cheio disso. Puro Preconceito.

      Responder
      1. joao

        Esse seu comentario e preconceituoso sime ponto final..El não ganha pela força ela tem tecnica habilidade velocidade….Sharapova ganhou dela 2 vezes em uma epoca e em jogos que ela não estava jogando mal mais pra tras ela perdia de jogadoras jogando bem tbm mais hhj em dia ela e a melhor da historia e jogando o tenis que ta ngm para ela e serena e elegante ss pois tem uma beleza negra que e de arregalar os olhos….serena melhor da historia e boa choro e livre!

        Responder
    3. Paulo Rogerio

      Mas aqueles gritos chatos do jogo da Sharapova, Azarenka te agradam? Este tipo de comentário é um muito infeliz. Ela se prepara fisicamente e mentalmente para ganhar das suas adversárias. Ela tem um biotipo privilegiado, além de ter todos os golpes necessários para ser uma grande campeã. Vamos refletir um pouco sobre os comentários!!

      Responder
    4. Bruno BH

      Incrível como sempre aparece com tom pejorativo, quase preconceituoso sobre o físico da Serena – que nem é tema da postagem. Como se ela vencesse pela força física apenas – o que é completamente debatido. Venus, sua irmã, cresceu e passou pelo mesmo treinamento e não tem o físico aparente de Serena porque trata-se de uma questão biofísica. O pior é ignorar a sua qualidade técnica. Ela poderia ser fisicamente como é e não chegar a lugar nenhum se não tivesse técnica e o famoso “mental forte”. Stosur e Shianove também tem físicos aparentes em relação as demais (questão genética), Nadal e Tsonga, por exemplo, são mais fortes fisicamente (aparência) que Djoko ou Federer. É preciso separar condição de aparência física. Assim como no futebol: há jogadores aparentemente mais fortes e outros mais franzinos, porém, todos são preparados com as mesmas técnicas e aparelhos, a diferença é biofísica.

      Responder
      1. Ricardo - São Paulo

        Eu acho que é mérito dela ter o corpo que tem, não acho pejorativo quem aponta isso como fator preponderante para uma grande parcela de seu sucesso. Por exemplo: Ela saca mais forte que vários caras do masculino, a Maria com o ombro operado já afirmou que não se mete a besta para defender. Quando ela está fazendo jogos duríssimos contra a louca da Azarenka que não tem medo disso, ela destrói o mental com devoluções arrasadoras, então, é mais um ponto de análise do que preconceito, aliás tudo hoje em dia é preconceito.

        Responder
    5. Maurício Luís *

      André, Serena pode ser até atlética e musculosa, mas homem ela não é não. Se você não sabe a diferença entre um homem e uma mulher… na boa… pode pendurar a chuteira!!

      Responder
    6. André Ruiz

      Não vejo preconceito nenhum no que eu disse. Alías, qualquer um que não é “CEGO” consegue reparar na diferença física da Serena em relação as outras mulheres. Qual o problema em eu relatar isso? Eu acho que ela tem uma enorme vantagem sim em relação as demais por conta de sua força física. Começa pela velocidade do seu saques. E não é só eu, sempre, diversas vezes, vemos gente tentando comparar a Serena com o masculino. Por muitas vezes, vemos alguns comentários do tipo “Serena venceria um top 200, entre outros”. O PRECONCEITO, está na mente poluída de quem lê! Um grande abraço, inclusive aos que me criticaram sem me conhecer e saber o que eu faço.

      Responder
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Gente muito boa a discussão… tb acho que não se trata de racismo. Recentemente John McEnroe lançou um desafio dizendo que ganharia de Serena Williams…

        Responder
  9. João

    Não vi um menosprezo da Serena em relação a adversária. Quem acompanha a carreira da Serena sabe que ela se cobra muito, é exigente com ela mesma, inclusive dentro de quadra. Penso que esse comentário foi realmente uma autocrítica, pois ela sabe que se jogasse seu melhor tênis, poderia ganhar da Bencic tranquilamente. E quando há jogos duríssimos, com adversárias que jogaram muito bem contra ela, a Serena sempre dá elogios e parabeniza as adversárias após o jogo. Não vi má intenção da Serena nesse comentário.

    Responder
  10. Francisco

    Definindo Serena Williams em poucas palavras: o que tem de talento lhe falta em “fair-play”. Uma mega-campeã exageradamente antipática e catimbeira.

    Responder
  11. yst

    Eu acho ridiculo q quando a serena grita todo mundo acha estranho e chama ela de ridicula quando a Sharapova grita todo mundo acha lindo parem de se ridículos ela é a melhorar tenista da história

    Responder
  12. benjamin button

    Chiquinho, há anos que comentamos entre meus amigos do tênis a respeito da ética e conduta duvidosas de Serena Williams. Não sei por que demorou tanto tempo para que especialistas e formadores de opinião no tênis tocassem no assunto. Para mim é bastante claro que Serena é arrogante, prepotente, e menospreza, sim, as adversárias. E recentemente ela passou a incorporar no seu repertório de má esportista a interpretação, quase shakesperiana, de lesões na quadra. Vê-la várias vezes simulando lesão, para em seguida recuperar o jogo e ganhar da adversária, me dá nojo. Ela tem recursos técnicos e principalmente físicos para ganhar de quase todas sem utilizar essa tática suja, que sabemos funcionar muito bem, afinal ao simular lesão ela indiretamente faz baixar a guarda a adversária, e com isso tira-se proveito nos games seguintes. Quando se assiste ao jogo dela é quase que uma repetição de uma música que vc já sabe, já conhece, e sabe como termina. Sem preconceitos…

    Responder
    1. Implicante

      A Serena e o Nadal tem isso em comum: são grandes jogadores, mas infelizmente se fazem valer de taticas extra quadra, não respeitam regras do tenis, tudo em prol da vitória.
      A Serena tem recursos, ao contrário do Nadal, que a sujeira que ele faz, encaixa bem no seu jogo.Ela nao precisa disso, mas faz

      Responder
  13. benjamin button

    Ao contrário do meu colega do blog, eu não contemplo um esportista de menospreza e se coloca num patamar acima das outras pessoas… A beleza da carreira da Serena será para sempre ofuscada pela sua arrogância e pela prepotência. A coloco no mesmo saco o Lebron James, Anderson Silva, Floyd Mayweather, e outros babacas super-atletas que a turma aqui conseguir lembrar.
    Para mim, mais valioso é um esportista com educação exemplar, mas com resultados medianos na carreira esportiva, do que um supercampeão cheio de “atitudes”, caras e bocas, frases polêmicas. Esses últimos são péssimos exemplos para a garotada e para o mundo, pois passam a mensagem besta de que ser arrogante e prepotente pode trazer o sucesso para si.

    Responder
  14. Marcos Ribeiro

    Infelizmente, quase todos fenômenos do esporte são egocêntricos. Daí, escorregam facilmente para a pouca ética e também para a falta de tato. Considero o Djokovic uma exceção a esta regra. A Serena claramente a confirma, ela é um poço de vaidade (tenística, claro) e dos seus sub-produtos. Quanto ao tenis propriamente dito, previ (mas não declarei) que a Bencic teria boas chances contra ela, inclusive por encaixe de jogo. E acredito que continuará tendo, e que a Serena sabe disso muito bem. Em seu “jogou mal” há boa parcela de mérito da Bencic. Desmerecer a vitória da Bencic tem muito de tática psicológica para diminuir a confiança da Bencic nos próximos embates. Que, acredito, não dará certo. Basta observar a Bencic jogando por pouco tempo para constatar sua firmeza emocional e determinação em vencer. (O que não a impediu de sentir um pouco ao sacar para fechar o jogo, tanto contra a Serena quanto na final.) Os próximos jogos entre as duas deverão ser bem interessantes…

    Responder
  15. Pedro Noronha

    Sexta uma importante jornalista da folha, falou sobre isso, em um programa de tv a cabo, esquecem os feito da jogadora para procurar defeitos, Serena é a melhor jogadora da história ou uma das… e ponto, ACEITEM QUE DÓI MENOS.

    Responder
  16. Paulo Rogerio

    Olha Chiquinho, jogou mal sim, ela é muito superior a qualquer tenista do circuito, mas tem dia que as coisas não dão certo e dá tudo certo para a adversária como foi para Bencic no sábado. Ela faz aquelas caras e bocas pois deve se cobrar bastante e fica insatisfeita quando começa a errar, mas ai a partir do momento que acerta algumas bolas e volta ter confiança é imbatível em quadra.
    Acho com o nível de jogo dela, a sua declaração soa como normal, acho que ela é muito respeitosa com as adversárias e não costuma desrespeitá-las.
    Todas as tenistas no momento torcem para encarar a Serena num dia ruim, pois mais ou menos elas já não tem chances, me arrisco a dizer que ela é mais dominante no tênis de todos os tempos no feminino.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É mais ou menos o que costumo dizer… Serena, por ora, só perde dela mesmo…. até aparecer outra de seu nível.

      Responder
  17. adenilde petrina

    Não ví nada demais na avaliação que Serena fez sobre si mesmo e seu jogo. Na minha opinião, há é muito preconceito contra a Serena. Ela é uma ótima atleta e a suposta arrogância pode ser uma forma de enfrentar e se defender contra o racismo.

    Responder
    1. Ricardo - São Paulo

      Não dá pra justificar tudo como racismo. Uma tremenda bobagem isso. A Maria é tachada por muitos como arrogante e é loura dos olhos claros.

      Responder
  18. Lucas

    Coluna mal escrita. Você pontua errado, além de usar as palavras erradas. “Sem preconceitos”.
    Quais seriam os preconceitos?
    Não faz sentido algum. Podia ter passado sem isso.

    Responder
  19. Ricardo Monteiro

    Como vai ficar chato Chiquinho a WTA sem Serena Williams, como vai fazer falta essas “polêmicas” fora de quadra, como disse aqui, sempre tem um peso 2, torcedores de outras jogadoras aproveita a sua raiva, pelo fato de Serena da uma surra nelas sem piedade, e vem mostrar ódio pelo seus dedos, VIVA A RAINHA SERENA WILLIAMS, e como disse um amigo ai de cima ACEITEM QUE DÓI MENOS!!

    Responder
    1. Ricardo - São Paulo

      Vamos lá meu xará…Na real eu comecei a gostar de tênis quando vi o Roger jogando, depois Maria e as irmãs Williams, junto as belgas Kim e Henin. Depois vieram Ana, Vika, Carol, Simona, enfim…sempre tem polêmica, e sempre vai ter. Ano passado tivemos o jogo épico da Ana x Maria, ou em 2012 quando a Vika e a própria Maria se estranhavam pela ponta do ranking. A Serena é disparada a melhor, mas é cegueira resumir o sucesso da WTA somente a ela. Ainda mais que na minha opinião, o circuito vai ficar mais disputado e relevante.

      Responder
  20. Marcos Ribeiro

    Racismo, preconceito, antipatia, patrulha… conceitos um tanto relacionados. Mas a grande questão é: Como lidar com isso? Acredito que, mais uma vez, a virtude está no meio, no equilíbrio.

    Não é o caso de fazer deste tema um tabu, um tema proibido. Ele pode ser tratado (e, ao ser, convém que seja com calma e inteligência, até como reconhecimento à sua importância). Mas, igualmente, não é o caso de ver racismo em tudo, o tempo todo. Quem vive assim, ou se manifesta assim, é prisioneiro do racismo e, mais, é extremamente racista. Isto é muito claro.

    Exemplos do equílibrio não faltam : o Daniel Alves, quando comeu a banana que lhe atiraram; a Maju da Globo, ao declarar “os cães ladram e a caravana passa”. Bola prá frente.

    Responder
  21. Henderson

    Quando Serena ganha um Grand Slam ou um torneio de WTA Chiquinho finge que Serena não existe, e nem se dá trabalho de fazer um post quando Serena ganha um título importante. Ela é quase completamente ignorada.
    Quando Serena ganhou Roland Garros desse ano, Chiquinho nem fez nenhum comentário, apenas fez post sobre conquista de Stan Wawrinska.
    Parece que as pessoas se preocupam mais com polêmica sobre ela do que as conquistas dela dentro da quadra.
    Eu assisti o jogo da Serena contra Belinda Bencic na Bandsport. Foi um bom jogo e Serena não jogou o seu melhor e a Bencic que não tem nada a ver com isso aproveitou as oportunidade e ganhou o jogo com mérito e competência. O jogo inteiro Serena foi respeitosa e nada fora do padrão.
    Em relação comentário da Serena não vi nada demais, ela fez auto crítica para ela mesma. Quando ela disse que jogou como amadora ela quis dizer que errou muitas bolas que não podia errar. Realmente ela errou muitas bola infantis durante a partida, porém não vejo isso como uma forma de desprezar a adversária. Eu até fico de boca aberta como as pessoas gostam manipular as palavras da Serena para criar notícias bombásticas.
    Além disso, postam foto de braço dela com photoshop para criar polêmica. Parece perseguição.

    Responder
    1. terê

      Realmente, esses programas de tenis – de TV – são extremamente parciais. Técnica não vejo não, só disse-me-disse, condenando posturas. Tá pior que aqueles programinhas de futebol, so rola fofoca.

      Responder
  22. Ricardo - São Paulo

    Eu honestamente nem queria dar minha opinião, mas passa um comportamento do tipo: Ganharia de qualquer uma mesmo morrendo. Na Austrália foi assim, em RG foi assim, em WB foi assim, e a vimos levantar o troféu. Eu espero que ela saia logo do circuito para o jogo ficar mais equilibrado. Pois honestamente o jogo dela hoje em dia se baseia na força. Se ela saca mais forte que o Ferrer, nenhuma menina vai defender, e as devoluções dela são destruidoras. Mérito do corpo e forma física apurados, mas acho desproporcional, e não estou sendo machista e nem preconceituoso, só um cego não vê. Mesmo assim, ainda acho que é talvez a melhor tenista ao lado de Steffi e Martina, mas são comportamentos que irritam. Da mesma forma que os fãs dela não gostam das louras que gritam.

    Responder
    1. Henderson

      Só pode ser visão Paulista mesmo…
      Djokovic tem que sair do circuito também , pois o cara ganha tudo. O magrelo é talentoso demais, tem que sair do circuito.
      Pensamento preconceituosa e invejosa.
      Ela tem que sair para as loirinhas fraquinhas poderem ganhar título importantes..

      Quando Lula falou que tênis é um esporte de burguesia muita gente criticou ele.
      Já imaginamos se Serena fosse Brasileira? Acho que nem deixariam ir muito longe.

      Responder
    2. Matheus Carvalho

      Pior que ela vai la e ganha não é? tem que descer guela abaixo, 11 anos vc atura isso, por mim pode gritar a vontade, gritando e ganhando tudo bem, pior quando grita e perde, nem no grito ganha. Se acalme daqui a pouco ela se aposenta e pode sobrar alguns slams para sua queridinha, a Tecnicamente Perfeita Maria Sharapova, tênis vistoso, Rainha das Duplas faltas e ENF, ano par esta chegando, sempre ganha 1 slam hahahahahaha. O Jogo da Sharapova se baseia no que? Da Azarenka? Muguruza? Técnica? Longe disso não é? portanto ACEITA QUE DÒI MENOS. Respira e Contemple!

      Responder
      1. Ricardo - São Paulo

        O problema dos fãs da Serena é não saberem ler ou interpretar um texto. E sim, eu a admiro. Sua força mental e dedicação ao esporte são distintos, mérito da forma física e técnica que tem. E a propósito eu estou calmo, não vivo de tênis, pra mim nem muda a minha vida quem perde ou ganha.

        Responder
    3. João

      Em 2011 nós sentimos um gostinho de ver um circuito sem a Serena, por conta de lesões, onde várias tenistas surpreenderam e ganharam grand-slams pela primeira vez, como Li Na, Petra Kvitova, e Samantha Stosur, e nenhuma tenista conseguiu dominar e se firmar no circuito nessa época, mesmo com a Caroline Wozniacki sendo número 1 do mundo o ano todo (e não ter ganho nenhum grand-slam). Vejo que um circuito sem a Serena Williams no futuro reservaria um monte de zebras, com tenistas desconhecidas e com ranking baixo ganhando grandes torneios e, em seguida, não conseguirem se firmar no circuito da WTA. Às vezes faz falta não ter uma tenista com grande domínio no circuito, pois aumentaria o nível dos torneios de tênis e deixaria o circuito mais interessante.

      Responder
    4. terê

      Você acha que ELA TEM QUE SAIR DO CIRCUITO PRA DAR CHANCE PARA AS OUTRAS? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Você já pensou em fazer issto, em detrimento aqueles que jogam no seu clube, com menos capacidade que você? Vamos lá! Vai jogar futebol, vai…

      Responder
      1. Ricardo - São Paulo

        Eu não jogo nada, na minha humilde opinião (sim, cada um pode ter uma: SURPRESA!) eu acho que o circuito ficaria mais equilibrado.

        Responder
  23. Ricardo Monteiro

    Chiquinho sei que vai preparar um post daqueles, quando Serena ganhar seu 22° titulo de Slam, que só ele sabe fazer, sei que ele é fã da Serena, fala muito isso no BandSports, nós fãs estamos no aguardo, e os haterenas também, adoro lêr comentarios deles, sempre batem na mesma tecla rsrs.

    ACEITA QUE DÓI MENOS hahahahahahahahaha, curta e diz tudo.

    Responder
  24. Ricardo Monteiro

    Até entendo o lado dos torcedores da Sharapova, 11 anos levando chibatadas da Serena Williams, liga a tv sabe que vai perder, tem esperanças… começa o jogo e desiste ja no 1° game, vê comentários de todos aqui no Brasil e no Mundo que não tem chances, de vencer a outra é muito melhor, se fosse minha jogadora apanhando…, acho que faria o mesmo, só que acho com mais educação e respeito a Mulher, evitaria termo perjorativo ou não, sei la, depende da raiva na hora.

    Responder
    1. Ricardo - São Paulo

      Eu lembro da Maria ganhando em 2004, ainda uma teen…e desde então sendo campeã de outros SLAMS, e pior: Sendo a mais bem sucedida atleta feminina em patrocínios e grana. As duas tem seus méritos, a Serena é de longe a melhor, mas muita gente esquece que a Maria operou o ombro, e recentemente teve problemas no mesmo lugar. Não acho que se não fosse isso ela seria melhor ou pior que hoje, porém é preciso ser racional. Não ler tudo como racismo, ou achar que porque alguém é de São Paulo, tem uma visão deturpada de tudo. Opinião todos tem…só acho

      Responder
  25. terê

    Fico lendo tais comentários e chego à seguinte conclusão: programas de TV de tênis só fazem falar tititi e mimimi, fofocas sobre quem falou isso ou quem falou aquilo e ainda fazem blog incitando o mimimi. Há muita parcialidade, então cada um joga defeitos horrendos naqueles a quem não gostam. Realmente, os comentaristas e tenistas deveriam fazer um cursinho de ética e profissionalismo. E tem mais, ser parcial, denota falta de seriedade na hora das críticas para ter c rédito em sua avaliação e estas, as críticas, tem de ser técnicas e não de postura, porque, me poupem, né, gente, ficar de mimimi, “adivinhando” a intenção de cada jogador é coisa de platéia que não entende de jogo. Tá igual programinha de futebol, onde fofoca é tudo o que se ouve.
    Serena é uma jogadora ótima e não sou eu quem está dizendo, mas a sua posição no ranking mundial prova isso, por si só. É um fato em que as pessoas precisam aceitar. Se ela não for vista como um humano ( la e todos os outros jogadores) cheio de altos e baixos ,defeitos e qualidades, então tem alguma coisa errada com os comentários que visam postura. Nem assisto mais esses programinhas. Acho que não tem muito assunto sério.

    Responder
  26. Carolina

    O Federer tem este mesmo comportamento, sempre fala quando perde que e’ porque jogou mal e tal, mas ele nunca e’ criticado. Minha pergunta e’ por que nao criticar a arrogancia do ROger Federer e criticar a da Serena? AO me ver nao se dveria criticar nenhum dos dois. Mas pelo menos usem a coerencia e se criticarem, critiquem ambos. Senao e’ preconceito sim.

    Responder
    1. Ricardo - São Paulo

      Tudo é preconceito hoje em dia, provavelmente você vai falar isso, somente por eu estar discordando de sua opinião. Mesmo que eu ache que você tem todo direito de te-la.

      Responder
  27. Luiz

    Assisti a final de Toronto entre Belinda Bencic e a Halep e digo uma coisa, aquilo sim é uma modalidade feminina, muito charme e graça das atletas esbanjando beleza em seus movimentos, além de uma belíssima partida de tênis, a Serena tinha que disputar na modalidade masculina, não combina um trator daquele em uma partida feminina.

    Responder
  28. Pedro

    Não sei se apareceu na transmissão do Brasil, mas a média de erros não forçados dela no torneio antes do jogo da Bencic foi de 28 erros. Contra Bencic, ela teve simplesmente 60 erros não forçados, ou seja, se não tivesse errado tanto, teria ganho, mesmo porque o resultado foi bem apertado. Por isso, disse que jogou igual uma amadora. Simples assim. Mas longe de dizer que ela é imbativel. Ninguém o é.

    Responder
  29. JORGE W.

    Eu sei que gosto não se discute, mas a Serena podia nos poupar dos modelitos e cores que ela usa. Chega a doer o seu mau gosto, usando cores e modelos que não combinam com o seu corpo ….

    Responder
  30. Efra

    Já vi tantos textos bons aqui, mas esse… Onde que alguém que está perdendo vai fazer cara de bons amigos? Será que na derrota a pessoa num pode fazer uma auto crítica?

    Responder
    1. Ricardo - São Paulo

      Acho que é o conjunto da obra no ano Efra…desde janeiro ela tá chamando atenção por atitudes como essa, ou piores. Só lembro que ela nunca foi modelo de conduta, visto que disse que iria matar a juíza de linha quando tava apanhando da Kim. Isso aí os radicais não lembram.

      Responder
  31. romulo cesar de vasconcelos

    Em minha opinião Serena é a mais forte tenista que já vi jogar. De fato, ela é uma grande campeã. Para fazer frente a ela, apenas uma Martina Navratilova, Graff, Kin Clister, Justine Henan ou outras desse nível. Nenhuma das que jogam hoje é páreo para ela. Todavia, para quem acompanha seus jogos e comportamento dentro e fora de quadra ela é uma profissional anti-ética, teatral, venenosa com as palavras o que deixa muita dúvida sobre seu caráter, Apesar de ser “a campeã”, torço sempre contra ela. Até ela se retirar do circuito ninguém a baterá.

    Responder
Deixe uma resposta para Chiquinho Leite Moreira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>