TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Federer: mais um grande momento
Por Chiquinho Leite Moreira
novembro 10, 2014 às 12:43 pm

É curioso como, salvo raras exceções, os grandes momentos são para os grandes jogadores. Depois de perder para Milos Raonic no Masters de Paris, Roger Federer deu o troco, com juros e correção, ao marcar 61 e 76. O resultado coloca o suíço na liderança do Grupo B do ATP Finals. Mais do que isso, revela a incrível qualidade de elevar o nível técnico, quando o assunto é aposentadoria. Sempre que surgem estes comentários, ele se reinventa. Prova disso é atual análise de seu jogo. Mudou seus golpes. A direita com preparação mais curta. Os voleios mais frequentes. É a constante busca pela perfeição.

Com uma impressionante atuação na estreia na O2 Arena, Roger Federer não deixa dúvidas de que pode conquistar o 7. título do torneio de encerramento da temporada. Também mantém as esperanças de terminar o ano na liderança do ranking. É claro que nesta briga, as atuais condições são bem mais favoráveis a Novak Djokovic.

Para o tênis brasileiro, brilhante nas duplas, um belíssimo resultado veio com Marcelo Melo, jogando ao lado de Ivan Dodig. Ele enfatizou numa entrevista com Elia Jr, do Bandsports, a importância do seu treinador e irmão, Daniel Melo. Ele já há algum tempo busca o reconhecimento público dos técnicos de duplistas. Hoje a modalidade está para especialistas. São novas jogadas, nova dinâmica, enfim, um jogo diferente. Nada como ter também alguém especializado na concepção dos treinos e alternativas de jogo.


Comentários
  1. Ygor fonseca

    Eu particularmente não vi nada demais no jogo do suíço ontem , foi só o raonic aperta um pouco o ritmo e o federer se complicou .

    Responder
    1. Antonildo S Costa

      Não viu nada Ygor, tu ta de brincadeira né? Roger é o único no finals que saca e voleia, é também o jogador com o maior número variações, diferente da grande maioria que só sabem jogar no fundo de quadra, agora fiquei curioso, vc é mais uma nadalete ou djokovete?

      Responder
  2. Antonildo S Costa

    Olá Chiquinho, como é bom falar mais uma vez dessa lenda do esporte chamada Roger Federer, deu mais uma aula de tênis nesse domingo, diz aí pra Renata ficar tranquila que esse título já é do “velhinho” ou “professor” como muitos gostam de chama-lo, e digo mais se o posto de número 1 não vier nesse final de ano, do aberto da Austrália não passa, Chiquinho, manda um alô pra toda pra toda galera que curti o tênis aqui em Codó no Maranhão, um abraço pra todos vcs aí do ACE, valeu!!!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Pessoal… primeiro peço desculpas pelos comentários não publicados, em razão de um problema técnico e o exagerado número de spams.
      Por isso, vários comentários entraram na ação em massa e foram deletados. Aos poucos estamos resolvendo o problema.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  3. Marcelo R. Froes

    Federer realmente é o melhor de todos os tempos. Para quem aprecia oeste esporte, o suíço nos deixa estasiados.
    Gostaria de ver qualquer dos atuais Top 9 aos 33 anos jogando neste altíssimo nivel de Roger.
    Um Gênio com a raquete.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>