TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
O campeão voltou…
Por Chiquinho Leite Moreira
outubro 13, 2014 às 11:58 pm

Aos 33 anos, Roger Federer reaparece agora como candidato a mais um recorde. O de transformar-se no tenista mais velho a liderar o ranking da ATP, superando os 33 anos e quatro meses do genial André Agassi, em 2003.

As contas são simples e podem colocar tanto Novak Djokovic como Roger Federer na condição de número um do mundo ao final da temporada. O que pode acontecer já se discutiu e especulou o suficiente. Djokovic precisa defender seus pontos. Tem o nascimento de seu filho para acontecer a qualquer momento. Perdeu nas semifinais de Xangai, mas ainda o considero favorito para manter a liderança.

O legal, porém, é o surgimento dessa possibilidade com Roger Federer. Seu título em Xangai não só esquentou este final de temporada, como acirrou a briga pela liderança. Senti uma inquietação geral com este cenário.

Tecnicamente as condições são favoráveis para Roger Federer. Os próximos torneios serão jogados no indoor. Lugar perfeito para o suíço aplicar seu novo e velho estilo. Ou seja, ele afirmou na China que tudo funcionou bem em seu jogo. Pela sonora que recebi, ele fala do saque e voleio, da devolução, movimentação e força mental. Gostei mesmo da parte em que cita o ‘chip and charge’.

Para quem estava saudoso destas cenas em quadra, Roger Federer vem jogando com uma mescla de tudo. E, talvez não por acaso, o ranking mundial seja liderado por um tenista de 33 anos. É o velho… novo.


Comentários
  1. Ricardo

    Não sou um fããããããã de tênis, mas gostou muito de ver os jogos do Djokovic e Federer. E tenho uma grande admiração pelo tênis e humildade do Federer. Torço por ele. Do Nadal eu não gosto de assistir, não. Acho chato ver um cara jogar só no backhand com top spin. Desta forma sou leigo no assunto. Assim sendo, o que é chip and charge na linguagem do tênis? Go, Roger!

    Responder
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Eh isso mesmo… muito legal a jogada. Federer devolve com slice fazendo approach e vai a rede para o voleio. Na devolucao – seja de slice ou nao – o tenista jah estah ‘pulando’ pra frente. Talvez no youtube tenha alguma coisa do Sampras

        Responder
    1. Paulo Almeida

      Prezado Ricardo,
      Inicialmente, gostaria de dizer que espero que você possa se tornar fã do tênis e comece a praticar esse esporte maravilhoso. Bom, em relação a sua dúvida, o “chip and charge” consiste em devolver o saque e ir para a rede. Essa combinação objetiva pressionar o adversário logo no início do ponto e essa técnica, é claro, depende da qualidade da devolução, caso contrário o jogador que pratica o “chip and charge” fica vulnerável às passadas.
      Atenciosamente,
      Paulo Almeida

      Responder
  2. Bruno Pires

    Isso seria simplesmente sensacional.
    Está sendo maravilhoso ver o Federer jogando dessa forma. Realmente inspirador.
    Torcendo muito!

    Responder
  3. Antonildo S Costa

    Olá Chiquinho, venho mais uma vez participar do seu blog, e mais uma vez pra falar de um esportista de habilidade impar. Sou flamenguista, na Europa torço pro Barcelona, e hoje sou fã de dois gênios, um é o Messi, melhor jogador que eu pude presenciar, e o outro de genialidade não menor que é Roger Federer. Essa admiração pelo suíço começou em 2011, após adquirir uma tv por assinatura, mais precisamente no início de novembro, assisto pela primeira vez um torneio de tênis(másters de Paris), aí vejo um tal suíço jogar de forma esplendida e vencer o torneio sem perder nenhum set. Nada contra o futebol europeu muito menos contra o Messi, mas hoje posso dizer que assisto muito mais o tênis que o futebol. Logo após o másters francês vem o torneio que reúne os oito melhores da temporada, já na fase de grupo Roger ganha os três confrontos, mas o que mais me chamou a atenção foi a partida entre Roger e Nadal, o suíço passou fácil pelo espanhol com direito a um pneu no segundo set, pela primeira vez eu ouço a palavra pneu, na semi passa fácil pelo Ferrer e na final diante de Tsonga conquista o seu 6º título de Finals. Falando um pouco da semana passada, vimos um Federer que sofreu muito na estreia diante do argentino, e que depois se impôs diante dos adversários faturando o inédito título de másters em solo chinês, como é prazeroso ver esse gênio jogar. Eu acho que Roger chega ao topo do ranking ainda esse ano, e vc Chiquinho o que acha?

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Para Federer chegar na liderança vai depender muito do que acontecer com Djokovic. Está nascer seu filho e a responsabilidade de defesa de muitos pontos.
      abs

      Responder
    2. Sergio Ribeiro

      Acabou que o melhor você nao viu parceiro. Foi a Semi de Rolanga do mesmo ano , em que o Suíço levou o Sérvio a loucura Usando e Abusando dos Slices. Nao atoa e’ o segundo melhor Saibrista da geração do Espanhol. 8 MASTERS 1000 e 5 Finais em Roland Garros ( com 1 Título). Se nao fosse Rafa Nadal…Abs!

      Responder
  4. Sergio Ribeiro

    Chiquinho neu Caro,onde novamente foi parar meu comentário Pertinente com o Post ? quem nao pontua mais e’ Novak ,parceiro. Logo ,Federer depende apenas de si. Se melhorar seu desempenho na Basiléia e em Paris ( vencendo a Ambos) , Novak nada pode fazer. Certo ? Abs!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Nao tenho os numeros exatos aqui e agora. Estarei mostrando hj no Ace. Se entendi sua questao o Federer tem um potencial de pontos de 3 mil…500 Basel 1000 Bercy e 1500 Finals. Djoko nao joga Basel

      Responder
Deixe uma resposta para Paulo Almeida Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>