TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
A sábia decisão de Rafael Nadal
Por Chiquinho Leite Moreira
outubro 9, 2014 às 7:21 pm

Estava mesmo muito estranho o anúncio feito por Nadal em Xangai. Segurar a onda do apendicite com antibióticos e seguir jogando até o final do temporada. E o pior: incluir um torneio no calendário, o ATP 500 da Basileia, que não fazia parte de seus planos. Mas resolveu deixar a obsessão de lado e tomar a sábia decisão de cuidar da saúde.

Sou leigo no assunto, mas sempre ouvi falar que apendicite é coisa séria. Pode matar. Ora, diante de um sintoma tão grave marcar cirurgia para o fim do ano, parecia-me um ato de loucura. Nadal tem um nome a zelar e já não precisa provar mais nada a ninguém.

Para sorte do mundo do tênis recebi um release que tirou a pulga atrás da minha orelha. Trata-se de um comunicado de seu assessor de imprensa, o Benito Barbadillo, e que estou reproduzindo na íntegra…

Dear all,
First of all apologies for this very impersonal email.
Rafa Nadal has arrived from Shanghai to Spain earlier today. He is already at home in Mallorca.
On his way home he stopped by at the Clinica Mapfre de Medicina del Tenis in Barcelona.
The player has been visited by his Doctor Angel Ruiz Cotrro, doctor of the Royal Tennis Federation of Spain, who was accompanied by his surgeon of confidence, Dr. Segura Movellan. They made a clinical exploration and pertinent tests consisting in an analytic exploration and abdominal TAC with contrast, confirming that Rafa Nadal has suffered an appendix medical chart localised by the antibiotic treatment received in Shanghai, China.
His clinical evolution has been good and actually he is asymptomatic.
He will continue receiving the antibiotic treatment during 4-5 days and according to his evolution he will take the therapeutic decisions needed.
Many thanks to all.
Benito
Enfim, o tênis é parte da vida de um tenista como Rafael Nadal. Mas a vida é uma dádiva e cuidar dela é um dever de todos que receberam o dom de nascer.

Comentários
  1. Marcos RJ

    Pelo que entendi seu acessor disse que ele vai tomar o antibiotico por mais 5 dias e de acordo com a evolucao vai considerar as opcoes necessarias. Ou seja, ainda nao esta claro se vai pra faca ou nao.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É isso mesmo, o assessor do Nadal informou que ele seguiria tomando medicamentos até fazer uma reavialção. Mas, sinceramente, assessores de imprensa nem sempre informam a real situação, mas sim a mais conveniente.

      Responder
  2. Cleuton

    Chiquinho,

    Acho seus posts muito inteligentes! Porém, sinceramente, não entendi esse seu post! Começo pelo título, “Sábia decisão de Nadal”! Sábia?

    Pelo comunicado que você nos passou na integra nada mudou a respeito do que Nadal havia dito antes! Ele vai continuar tomando a medicação e depois disso decidirá que tratamento seguir! Justamente o que ele disse no torneio de Shangai. Fica claro que se o tratamento com os antibióticos der resultado ele vai protelar a cirurgia! Na minha opinião, uma loucura, pois concordo com você! Saúde em primeiro lugar!

    Outra dúvida. Feito a cirurgia, qual o tempo de recuperação? Acredito que essa cirurgia é feito a laser, atualmente. Algum médico no blog para confirmar?

    Sobre seu post, é isso mesmo?

    Muito obrigado amigo!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Disse ´sabia’ decisão, pois ao meu ver – mesmo com olhos de leigo – seria uma loucura seguir jogando com apendicite. Coloquei o texto do assessor na íntegra, pois até o momento em que coloquei o post no ar, nenhuma outra mídia nacional – apenas no Exterior – havia informado sobre o assunto. Portanto, repassei a informação da assessoria de Nadal. O tempo de recuperação acho que depende do sucesso da cirurgia. Não sei lhe responder com exatidão, pois nem mesmo médicos 0- que eu conversei – querem opinar sobre Nadal, preferindo seguir a ética e deixar que o seu próprio médico, baseado em avaliações, possa dar uma previsão.

      Responder
      1. Rui Viotti Filho

        Mas ele só não seguiu jogando porque foi derrotado. A escolha não foi do Nadal. Se vencesse talvez tivesse continuado na chave. Aliás, a opção de jogar em Xangai foi tudo, menos sábia. E a decisão definitiva ainda será conhecida, com base no resultado do tratamento. Então Chiquinho, eu realmente ainda não vi nenhuma decisão sábia ser tomada neste caso.

        Responder
  3. Marquinhos

    Chiquinho, me parece que após uma cirurgia de apêndice, o paciente precisa ficar, em média, três meses sem praticar nenhum exercício físico. Sendo assim, Nadal provavelmente estará fora do Austrália Open no ano que vem.

    Responder
  4. eliana maria de siqueira

    sou fâ No 1 desse fenômeno porém prefiro vê-lo com muita saúde e deixar o seu retorno para quando estiver recuperado. Já aconteceu uma vez e quando voltou foi FANTÁSTICO e de fato ele não precisa mostrar mais pra ninguém que é um gênio do tênis.

    Responder
  5. ALEXPICELLI

    ola a tds
    chiquinho so acho estranho ficar 8 meses “por problemas no joelho” e voltar vencendo tudo tendo ate aprimorado a POUCA TECNICA, e agora 3 meses fora voltar tomando surra, kkkkkkkk.
    ja dizia isso a revista francesa disse que atp escondeu doping dele pra nao causar alarme como no caso do ciclista um ano antes, mas ninguém leu so eu ne.
    tai a a prova, nadal e normal e se tivesse sofrido com joelho nao voltaria contudo, prova disso e agora, tudo bem que o punho treinar é fidicil, mas o joelho tambem.

    Responder
      1. Carlos

        Difícil de entender é o comentário do sujeito aí em cima (AlexPicelli). Que tal aprender a escrever? Assim poderá expor suas ‘idéias’…

        Responder
  6. Antonildo S Costa

    Olá Chiquinho, não sou fã do Nadal, não gosto do estilo do jogo dele, mas torço pra que ele se recupere logo e volte em alto nível, se não for pra esse ano que seja no início do próximo, agora mudando de assunto, o segundo jogo da semi de Xangai tem tudo pra ser um espetáculo, ao contrário de muitos fans do tênis, eu aposto todas as minhas fichas em Roger, um pouco de consistência com a esquerda, utilizar bastante os slices e a imposição do saque-voleio, serão a chave para uma grande vitória, vida longa ao rei, GO FEDERER!

    Responder
  7. Luiz Henrique

    Chiquinho !! Ô meu querido Chiquinho !!
    Continuo sendo seu fã mas, vou fingir que não li o post. OK ?
    Grande abraço e continue sendo esta pessoa simpática e doce, que todos nós aprendemos a gostar.

    Responder
  8. Luiz Henrique

    Realmente as observações a respeito de Nadal parecem verdadeiras.
    Diz-se que “Nadal não precisa mostrar mais nada para ninguém” !
    Entendo que sim.
    Pelo andar dos acontecimentos, ele não esta conseguindo mostrar mais nada mesmo. A ninguém !
    Desculpe-me a sinceridade mas, acho que o espanhol acabou.
    Abs.

    Responder
  9. ERROL GARCIA

    Apendicite diagnosticada…..Apendice OPERADA.
    Passei dias, TENTANDO engolir essa “COISA” de Tratar APENDICITE com Antibióticos…..(?)
    Isso só vai Bloquear um Abecesso Apendicular…..Que vai EXPLODIR a qualquer momento.
    Essa Conduta não EXISTE.
    Conheço bem a Medicina Espanhola…e…Bem….Nenhum Cirurgião vai ENCARAR essa CONDUTA.
    A menos que estejam querendo esconder “OUTRA COISA”
    É….ISSO.

    Responder
  10. Wantuil

    Senhores, somente aqueles que querem ser enganados não percebem. Não me venham falar de provas, por favor. É muita ingenuidade crer que esse vai e vem (e com voltas meteóricas como a última, depois do problema no joelho) possa ser algo normal. Na minha opinião: esse papo NÃO COLA!

    Em outras palavras: pra cima de Mauá é Guapimirim !

    Responder
  11. Marcelo

    Chiquinho,
    Esta continua a ser uma história mal contada. Tratar apendicite com antibióticos não é e nunca foi a melhor opção. O apêndice é um resquício embrionário da nossa formação e não tem função, exceto acumular fecalitos e inflamar. O tratamento é cirúrgico. Atualmente com 48 horas o indivíduo está em casa e em 7 dias vida normal (OK, não para um atleta de ponta). A única decisão sábia nesta história toda é não jogar o próximo torneio.

    Responder
  12. Cristiano Andrade

    Parece mesmo muito estranha esta história de tratar apendicite com antibióticos. Daí a insinuar doping do rapaz vai uma grande distância. São tantas as possibilidades, desde o joelho ter voltado a incomodar, até outra condição clínica não sabida.
    De qualquer forma quando falamq ue não é normal a volta de Nadal jogando ainda melhor que antes é verdade.
    Esse é o ponto, nada em Nadal é normal, ele é anormal (num ótimo sentido) e é sempre difícil duvidar de um dos maiores naomes da história do tênis.
    Se for apendicite mesmo, olhando d elonge, parece que ele está tomando decisões nem um pouco sábias.
    Abraços

    Responder
  13. Valéria

    Não entendo a forma como a apendicite é tratada nos dias de hoje, fazem mil exames e postergam a cirrurgia.. eu fui operada na década de setenta , ainda criança, quando não existia nem ultrassom, após uma crise, de um dia para ou outro , e estou viva. Supurou tem que operar e pronto, como alguém já disse acima, esperar o que?

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>