Tênis intensifica luta contra doping
Por Chiquinho Leite Moreira
março 7, 2013 às 2:28 pm

O tênis mundial deu um grande passo na luta contra o doping. A partir de 2013 a modalidade, certamente, vai se tornar ainda mais clara e transparente, com uma decisão recentemente anunciada. É uma nova era que surge com o Athlete Biological Passport.

A partir de agora o Tennis Anti Doping Programme, conhecido pela sigla TADP, ganhou um forte aliado. Um instrumento poderoso e eficiente no controle de substâncias proibidas. O novo sistema será capaz de analisar inclusive a variação do nível de desempenho de cada atleta, tenista, e assim sugerir o uso de doping, levando-o a novos testes.

O Athlete Biological Passport é uma espécie de documento eletrônico em que registra continuamente as ações, desempenhos, desgaste e atividades dos jogadores. Para sua elaboração vai exigir um número maior de exames de sangue e até mesmo testes frequentes em ‘out of competition’. O atleta estará ‘vigiado’ 24 horas por dia, 360 dias por ano.

O anúncio desse novo instrumento foi feito pela ITF, a Federação Internacional de Tênis. Contou com a apoio incondicional de todas as outras entidades do esporte, como a ATP, a WTA e os Grand Slams. Todos fizeram grandes elogios ao surgimento desse importante passaporte, que deve colocar fim as suspeitas que rondam a modalidade.

 


Comentários
  1. Henrique Farinha

    Chiquinho, Federer foi quem mais defendeu a medida e, inclusive, o aumento dos testes. Djoko nunca foi explícito sobre o TADP, mas defendeu o controle antidoping. Nadal sempre foi contra os testes aleatórios, dizia serem “invasões de privacidade” etc.. Agora, após o retorno da contusão, mudou o discurso, embora sem ser muito incisivo. Creio que isso vai ser ótimo e, infelizmente, trará à tona casos de tenistas que usam artifícios ilegais. Talvez até tenhamos uma sequência de ocorrências, como aquelas na década passada, envolvendo tenistas argentinos (Coria, Puerta, Cañas e outros), porém certamente vai dar maior transparência e pode até servir como marketing para o esporte. Abs!

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Henrique… li na página da BBC uma repercussão sobre esta decisão da ITF do passaporte biológico. A reportagem colocava Djoko como um dos defensores de um número maior de exames de sangue, assim como Murray e Federer. Enfim, o que muda decisivamente é que o desempenho do tenista estará sob controle. Quase como um motorista que se recusa a passar pelo bafômetro, mas o policial pode interpretar sua condição. Conversei por e mail com um amigo inglês e ele passou-me detalhes. Um jogador que sobre muito de produção, de uma hora para outra, não terá apenas análise técnica, mas sim um alerta para novo controle. O brasileiro Dr. Eduardo de Rose sempre foi adepto deste tipo de controle, que ele definia como ‘controle inteligente”.
      abs
      Chiquinho

      Reply
      1. Henrique Farinha

        Chiquinho, o Dr. Eduardo de Rose é uma das maiores referências em controle antidopagem. No Brasil, é certamente a maior. Penso que valeria a pena uma matéria do Ace Bandsports com ele, ou então convidá-lo para um bate-papo no programa. Abs!

        Reply
  2. Marc

    Chiquinho, sempre acompanho os blogs deste site, gosto dos posts.
    Mas uma coisa q me incomoda demais é a tolerância dos jornalistas com os atletas top em relação a doping, acho uma tremenda ilusão achar q não existe doping no tênis.
    O Nadal acho q é o maior exemplo dessa farsa, principalmente porque corre demais e tem o braço do tamanho de halterofilista. Já vi mto exemplo no esporte em geral de atletas q se destacaram demais e depois foram pegos.
    Pergunta para você: você tem 100% de certeza q ele não toma doping?? (Não quero causar polemica, só quero seu registro, se preferir simplesmente ignore minha pergunta)

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marc…
      Não interpreto como ‘tolerância’, mas apenas uma regra do jornalismo que aprendi com o Dr. Julio Mesquita. Ele dizia: “É melhor não dar a notícia do que dar a notícia errada.” Nem eu, nem nenhum outro jornalista que eu conheça têm provas de que Nadal ou qualquer outro jogador em atividade, ou mesmo, esportistas em geral de alto nível, façam uso de substâncias proibidas. Já contei nesta coluna, há um bom tempo, a minha experiência com Nadal, em que fiquei surpreso com sua transformação física em apenas um ano. Na época, assim como eu, outros notaram esta diferença. E Nadal simplesmente respondia a todos na coletiva de RG, que vem de uma família de atletas, todos fortes e atléticos. Portanto é isto que nos resta a relatar.
      abs
      Chiquinho

      Reply
      1. Marc

        Olá Chiquinho, obrigado pela seu esclarecimento … pensando no que vc disse faz bastante sentido o jornalista tomar cuidado com suas palavras.
        Entretanto, creio que falta mais um jornalismo investigativo … daquele q vai atrás das respostas …
        Lembro-me desse post onde vc comenta a mudança do Rafael Nadal; infelizmente, houve muitos comments onde as pessoas “desceram o cacete” em vc … sendo que a mudança física era óbvia … e o questionamento sobre essa mudança tb deveria ser obvio ..
        Outra mudança dele q achei mto radical foi qdo ele apareceu no finals de 2009, onde ele estava mto menor e tomou uma lavada dos concorrentes.
        Mas enfim …
        Abs!!

        Reply
  3. Maria Flor

    muito bom o seu blog leio sempre! estou aqui em Barcelona e hoje tive a oportunidade de visitar o real club de tênis de Barcelona, com um grupo da faculdade, cara muito bonito o lugar, eles bem orgulhosos de terem um torneio tão prestigiado pela ATP e também pelos tenistas, sabe quando vi toda aquela estrutura, não tem como não pensar no que passou no Ibirapuera! como eles levam a serio o tênis por aqui, para mim chega a ser emocionante pois quando se pertence ao país do futebol e vc chega em um lugar que as pessoas amam tênis, claro não tanto como o futebol, mais se comparado com Brasil. Amo nosso país mais acho que deveríamos abrir mais o leque não só de acompanhar mais acima de tudo de apoiar e investir em outros esportes. Quanto ao maior controle eu considero uma decisão mais que acertada embora um pouco tardia! a e só para observação não sei se é porque estou na Catalunha mais aqui a galera não gosta do Nadal! abraços.

    Reply
  4. MARIO CESAR RODRIGUES

    Caro…Chiquinho…vc e seus textos para fomentar os arruaceiros de plantão….estes caras o Farinha este tal de Marc me explicam o que é doping no tênis…que beneficios traz para o jogador e porque a perseguição com o Rafa…e outra coisa e Nole e Andy que está um touro Chiquinho…parem com estas babozeiras…enquanto não se provar nada isto só denigre o esporte…quanta infantilidade falem de tênis…e Rafa volta com tudo mais uma vez lembro a todos segundo semestre Rafa não defende nada…então engulam Rafa ele está com fome..o Chiquinho no Ace e aqui no Blog tem pouca audiência porque insinua e torce contra Rafa mesmo…isto é notório ele a Renata..o Sérrgio até ai tudo bem mas insinuar..Chiquinho tome cuidado quando responder ou escrever sobre Rafa…..ok abraços.

    Reply
  5. Sergio

    Excelente noticia todos ficarao satisfeitos. Patrocinadores, associacoes, torcedores, particularmente muitos top players que nao terao a sombra da duvida sobre seus resultados e desempenho. Dr. Fuentes e cia keep working.
    Hipocrisia.

    Reply
  6. Rogério Diamante

    Olha, eu acompanho tenis a pelo menos 15 anos, nesse periodo vi e ouvi várias coisas e historias sobre doping, inclusive aquela do Agassi que pra mim é o maior escandalo que já ocorreu no tenis. Eu sinceramente acho que os atletas Top ( Fed, Nole, Nadal e Murray ) são caras que não precisam e nem tem pq se topar, pois são camaradas que estão nos holofotes desde sempre e é claro sempre serão os mais visados nos testes, o Nadal então, vai ser um atleta que até depois da sua morte vão fazer testes nele. O que muita gente não se lembra é que Rafael Nadal já é um monstro desde novo, arrebatando todos os títulos já no seu primeiro ano como profissional, não foi um cara que de um dia pro outro começou a ganhar torneios do nada. O que acho engraçado é que quando se falar em doping, todo mundo pensa “agora esse espanhol vai entrar pelo cano” mas acho que vão ter uma decepção muito grande ai, pq ele já passou por vários e vários testes e ninguém até hoje conseguiu provar nada!

    Reply
    1. Leo

      ERRADO! Ele começou sim a ganhar muitos titulos de um dia para outro, assim como ganhou musculos tão rápido de maneira que é duvidoso apenas com suplementação, fora que o tenista é um atleta de atividades aerobicas, o que dificulta o ganho de massa magra, ainda mais em pouco tempo.

      Reply
  7. Geraldo

    Espero que este exemplo seja difundido para as demais modalidades esportivas, principalmente as individuais, onde o atleta, antes de participar de um evento tenha que provar, mediante exame em entidade confiável, que não faz uso de nenhum tipo de dopping

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *