TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
O adeus de Serena
Por Chiquinho Leite Moreira
janeiro 19, 2014 às 8:27 am

Na maior surpresa até agora, Serena Williams disse adeus ao Aberto da Austrália de 2014. Pela primeira vez perdeu para Ana Ivanovic e, sem tirar os méritos da sérvia, a americana já vinha jogando de forma estranha desde o início da competição. Sua linguagem corporal não era boa, nem sua cara… parecia estar jogando irritada, coisa de quem está com dor. E num indício de que algo não estava normal, já na sexta-feira, sem apresentar muitas justificativas, ela desistiu da chave de duplas, em que estava inscrita com a irmã Vênus.

Antes mesmo de sua eliminação, Serena já apontava problemas. Depois de vencer Daniela Hantuchovia, disse que se não elevasse o nível de jogo, sua vida em Melbourne seria curta… e foi. Mas ainda assim fez o suficiente para estabelecer um recorde de 61 vitórias na competição. Viu também encerrar a segunda maior sequência de triunfos seguidos de sua carreira com 25 jogos. Desde sua derrota ano passado, também na Austrália, para Sloane Stephens, a americana disputou 80 jogos e ganhou 77.

Serena não justificou sua derrota por causa de uma comentada lesão nas costas, como destacou seu técnico Patrick Moratoglou. A tenista disse sim coisas marcantes, como a de que poderia ter jogado dez vezes melhor. Contou também que obviamente não estava no seu normal, mas revelou que não deu o jogo para a adversária e fez tudo o que podia em quadra. Cometeu sim um número incrível de erros, em bolas que normalmente não costuma falhar.

De qualquer maneira, suas declarações soaram de forma interessante. Afinal, não tirou o brilho da vitória de Ana Ivanovic, uma ex-número 1 do mundo.

No lado masculino, Novak Djokovic e Tomas Berdych continuam fazendo as coisas parecerem fáceis em Melbourne. Estão sobrando.

 


Comentários
  1. Henrique Farinha

    Chiquinho, ela deu declarações de campeã. As costas devem ter incomodado, como vc bem disse, mas penso que o técnico não deveria ter colocado esse problema das costas no ar, pois pareceu desvalorizar Ivanovic, coisa que a própria Serena não fez. Além disso, pareceu também querer se isentar de falhas, tirando o peso dele de qualquer responsabilidade. Às vezes, os técnicos perdem ótima oportunidade de ficar de boca fechada… Abs!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Voncordo com vc . Sempre achei ele meio marqueteiro. Qdo treinava o Dimitrov vivia mandando release. Tb acho estranho qdo o tecnico quer aparecer mais q o tenista
      abs
      Chiquinho

      Responder
  2. Frank

    Chiquinho.
    Nao sou especialista em tenis porem acho que Forca nao combina com
    Tenis feminino. Prefiro ver jogos onde a tecnica prevalece.
    Um abrco.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Poxa como nos velhos tempos o chamado big game nao tem mais lugar. Mas uma variacao estah para surgir. Vamos esperar pra ver o q acontece. Acredito em novidades e estou ansioso. Acho q estamos vivendo um periodo de transicao e cartadas arrojadas . Vamos saborear novidades em 2014 . O q vc acha? Meus colegas dizem q sim. Acho q serah um ano e tanto

      Responder
      1. Lucas Buhrer Samra

        Assim espero Chiquinho, tenho 19 anos e sou fã do big game só pelos vídeos do Samras, Rafter, Becker e etc…E que tipo de variação vc se refere?? tornar as quadras atuais mais rápidas?? ou as bolas?? ou outra coisa como proibir algum tipo de corda?? valeu pela resposta anterior…sou fa do blog…abraço

        Responder
  3. Ana Lúcia Silva

    Serena, mais uma vez mostrando que é realmente uma supercampeã, não tirou os créditos da Ana Ivanovic que fez uma partida incrível. Mesmo com a suposta dor nas costas ficou até o fim sem abandonar a partida. Cada vez mais fã de Serena Willians.

    Responder
  4. Hendrix

    Chiquinho, acho que seria dificil ela jogar 10 vezes melhor, pois a Ivanovic estava num dia inspiradissimo e simplesmente massacrou a americana. Ninguem pararia Ivanovic ontem, nem mesmo ela.
    Precisamos valorizar as tenistas que vencem a Serena, toda vez que ela perde é esse bla, bla, bla de contusão, de problemas aqui e ali. Ela não é invencivel, e se perde muitas vezes é porque outras foram superiores. Simples assim!

    Responder
  5. Richard

    Chiquinho, a Aninha vem jogando bem desde que voltou com seu novo físico, mais magra e com definição muscular. No USOpen ela quase venceu a Azarenka, perdeu nos detalhes, mas merecia ter ganho. Já ganhou um torneio esse ano em cima da Vênus e vem jogando bem. Tênis ela tem para figurar entre as tops, basta trabalhar o mental para manter uma rocha como foi contra a Serena.
    E sejamos francos, ontem ela deu uma aula, variou muito, manteve sempre agressiva, jogou demais.
    Serena só foi serviço, de resto foi dominada. E mesmo com um serviço poderosíssimo, ela sofreu com as devoluções da Ivanovic. Aquelas devoluções ela não pegaria sem ou com dor nas costas, acho que nem Nadal, rsrsrs.
    Sim Serena está um nível acima do mundo, mas Aninha mostrou que pode por alguns momentos chegar neste nível, o difícil é manter por um set, um jogo, 3 jogos seguidos, coisa que Serena faz por 25 jogos…

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Vc tocou no ponto certo: a cabeca de Ivanovic , pois jogo bonito e eficiente ela tem de sobra. Que seja benvinda de volta sos bons tempos.

      Responder
  6. Marcos

    Pô Chiquinho, na boa, sempre que a Serena perde ou ela ou a equipe deixa no ar a dúvida de que estava lesionada! Que saco! Sei que ela é quase imbatível mas será q nunca perde porque a outra jogou melhor?? Discordo de vc Chiquinho, acho que ela não faz bem nenhum ao esporte por não saber peder!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marcos tente colocar-se no lugar dela. É difícil para alguém que tem consciência de que joga melhor e perder um jogo. Mas concordo com vc. Se entrou em quadra é pq pode jogar e então o melhor é admitir que o adversário jogou melhor. Enfim, ela até que foi descente ao não comentar sobre uma falada lesão nas costas. Guardo um episódio que revela esta situação. Certa vez, quando ainda jogava squash, meu amigo Gil Farah perguntou-me antes do jogo… e aí Chiquinho… está tudo bem? Não está sentindo nenhuma lesão? Estranhei pois nunca fui de reclamar do físico. Respondi…não está tudo bem. O Gil então disse… ah se vc perder então não tem desculpa. Contestei… claro que não. Afinal, quando vc tinha 14 anos eu ganhava sempre, mas agora perco sempre…
      Talvez fosse legal o juiz na hora de jogar a moeda perguntasse aos tenistas: vcs estão tem? não sentem lesão? … estão em forma? Bem trata-se apenas de uma ironia, por favor.
      abs

      abs
      Chiquinho

      Responder
  7. Henderson

    Serena inteira, a Ivanovic não teria chance. Serena tava baleada , isso prejudicou a movimentação dela. Claro que a Ivanovic sabia isso, por isso que ela partiu pra cima. A desistência de jogar dupla já é sinal disso.

    Não desmerecendo Ana Ivanovic, mas Serena em condições normais a Aninha nem tira set..

    Responder
  8. elcio jorge

    Chiquinho, bom dia!

    O post é a respeito da Serena, mas o que vale mesmo é que The Magic Lord is back, como é bom assisitir Federer leve, solto e como sempre jogar com felicidade, é mesmo DIFERENCIADO, e bota diferenciado nisto, Vida Longa ao Rei !!!

    Responder
  9. André Schioser

    Chiquinho, quanto ao final do post, creio que Djoko esteja nadando de braçada, mas Berdych não me inspira confiança… o retrospecto dele contra o esforçado Ferrer é desfavorável e sair passando o rodo em gente com ranking baixo é comum para ele! Vejo Nadal sobrando depois do que fez com Monfils e Federer elevando o nível aos poucos. Uma vitória contundente sobre Murray deve o deixar confiante para ao menos fazer um jogo pareio com o Nadal, que pode enfrentar 2 adversários que jogam muito parecidos em sequência!

    Responder
  10. Chiquinho Leite Moreira

    Adolpho acho apenas q faz parte fo espirito competitivo. Nao sri se desmereceu a vitoria de Ivanovic. Vamos ser mais complacentes com uma gde campea q perdeu antes das finais.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>