Nole e Serena reabrem borracharia de Queen’s
Por Chiquinho Leite Moreira
setembro 3, 2013 às 2:25 pm

Por motivos óbvios e atendendo aos pedidos, alterei o título da coluna. Depois de uma primeira semana sem muitos atrativos, até com alguns pneus inesperados para um torneio masculino de um Grand Slam, a última rodada do US Open determinou o fim da borracharia instalada no subúrbio de Queen’s, onde fica o Corona Park e o complexo de tênis. Os motivos para as maiores emoções, é claro, ficaram com Roger Federer e Rafael Nadal. O suíço disse adeus, mas não sem demonstrar condições de vencer, enquanto o espanhol, pela primeira vez, suou literalmente a camisa para chegar as quartas de final.

Só não dava para esperar que em plena segunda semana de um Grand Slam, Serena Williams e Novak Djokovic resolvessem reabrir a borracharia. Enfim, o negócio de ‘tire fitter’ pode ser bom, especialmente num subúrbio como Queen1s. Volto em breve sem ironias e com uma coluna completa.

Os resultados de Federer não são mesmo animadores. Está na sua pior temporada nos últimos dez anos. Mas diante de Tommy Robredo não sei se merecia perder em três sets. O suíço fez escolhas erradas em momentos importantes. Os números mostram isso. Foram 16 chances de break para o aproveitamento de apenas duas. Além disso, somou incríveis 43 erros não forçados. Se considerar que um set tem 24 pontos corridos, Federer deu praticamente dois de graça para Robredo.

Vejo clara a declaração de Federer em dizer que se destruiu. Errou em contrapés fora de hora, assim como considero errada a sua ideia de parar por um período para treinar. Deve seguir jogando, superar desafios, manter ritmo e até mesmo lutar por uma vaga, ainda não garantida no ATP Finals. Os pontos deste torneio dos oito melhores em Londres são valiosos. Pois este grupo soma o 19.o resultado, enquanto quem ficou fora só tem direito a 18. Uma injustiça, mas este é um outro assunto.

Com o adeus de Federer não se verá o esperado duelo com Nadal. Aliás, o tenista espanhol pela primeira vez no torneio perdeu um set e teve um duro adversário como o alemão Philipp Kohlschreiber. O jogo confirmou a tenacidade do atual vice líder do ranking e como é difícil derrota-lo. Caminha como grande favorito ao título e, dependendo de resultados, também para o topo da lista da ATP já após este US Open.

Ao ver o jogo diante de Kohlschreiber ainda não sei o motivo pelo qual se fala das ‘limitações físicas’ do espanhol. Quando ele esteve em São Paulo o joelho era sim um problema. Mas agora não acusou nenhum golpe. Nem acredito também que ele tenha se tornado mais agressivo por causa desta falada ‘limitação’. Está sim melhor a cada ano, com novos golpes e versatilidade. Afinal, quem se lembra de seu serviço no início da carreira? E agora os estragos que faz com seu saque, assim como sabe usar voleios nas horas certas. Dizer também que deveria ir mais a rede é contrariar a verdade do tênis atual. Ninguém é louco de subir sem uma chance verdadeiramente boa. Só mesmo Federer fez isso diante de Robredo por duas ou três vezes, mas viu no que deu.


Comentários
  1. Marcelo F

    Depois vem os críticos falarem da jogo físico de Nadal, Djokovic, Murray, Ferrer. É muito clara, e não é de hoje, a necessidade de um grande preparo nesse sentido. Preparo que, naturalmente, Federer não tem mais, percebe-se isso. Mas sempre teve, à parte seu extraordinário talento. Ou então seria varrido por esse três. O que quero dizer é que “só” talento não segura ninguém, vide Nalbandian, Safin, Gasquet, etc. Mas não acho, de maneira nenhuma, que essas derrotas mancham o fim de carreira de Federer. É que agora ele está normal, ganhável para muitos que nem ousariam pensar nisso. Mas ainda pode ganhar, num bom dia, de qualquer um.

    Reply
    1. Luciano Lacerda

      Como é bom ler um comentário sensato e sem a tietagem transloucada de muitos que veneram um e desejam o infortúnio de todos os outros como sempre lemos por aí… ainda mais quando o assunto é Federer e Nadal… eu como gosto de um tênis de qualidade, torço pra que o Federer jogue sempre em seu mais alto nível, o que já proporcionou ao mundo momentos e jogadas inesquecíveis…..

      Reply
    2. Lucas

      Respeitosamente discordo q FEDERER não tenha “preparo”.
      Não vejo o suíço chegar atrasado nas bolas, algo típico de quem está sem “preparo”.
      O q vejo é FEDERER sempre mentalmente perturbado c/ o fato de Nadal estar no mesmo lado da chave.
      FEDERER é p/ mim o MELHOR JOGADOR DE TODOS OS TEMPOS, mas é inegável q a sua parte mental despenca quando o adversário é Nadal. Falta-lhe o devido FOCO p/ vencer o espanhol, inclusive p/ jogar feio se preciso. Creio q ele venceria a maioria dos jogos entre ambos se usasse e abusasse da mesma tática usada por Djoko quando enfrenta o espanhol: “sucessivas bolas na direita até achar a brecha p/ liquidar o ponto”. Em Cincinatti ele usou a tática somente durante o primeiro set e dominou o jogo, a partir do segundo mudou a estratégia e começou a variar indo p/ a esquerda do espanhol. Resultado, o jogo virou.
      Aí vc pode me questionar : “E o q o Toni Robredo tem a ver c/ isso ?”
      Simples, o q Robredo tem a ver c/ isso é q Nadal seria o próximo adversário do suiço …. Entenda como quiser.

      Reply
  2. Marcelo Monteiro

    De fato, Chiquinho, o saque do Nadal está excelente. Não precisa sacar a 220 km/h como Raonic e Isner, mas ganha muitos pontos com ele. Com relação ao joelhinho do espanhol, continuo com o opinião que postei semanas atrás: nunca foi um problema realmente sério, pois, se fosse, não estaria voando em quadra.

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marcelo lembro de seu post. Mas em São Paulo Nadal estava mesmo avariado. A não ser que seja um grande ator. Neste caso irá tirar o Oscar de Pete Sampras que durante os jogos parecia batido, morto, e vencia os jogos. Não acho que o Nadal no Brasil Open tenha feito cena. Enfim, hj em dia não dá mais pra sequer lembrar da lesão e nem mesmo culpa-la por qualquer tipo de comportamento.
      abs
      Chiquinho

      Reply
      1. Marcelo Monteiro

        Essa do Sampras foi boa !
        Chiquiinho até acho que o joelho do Nadal poderia estar avariado. mas não era tão grave. Não era pro staff dele dizer q

        Reply
      2. Marcelo Monteiro

        Essa do Sampras foi boa !
        Chiquiinho até acho que o joelho do Nadal poderia estar avariado em Sampa. mas está mais que provado que não era tão grave. Outro questionamento: não consigo entender como o Nadal, num piso menos prejudicial as articulações do que o duro do USOpen como o de Wimbledon, ele ter dois anos seguidos de resultados ruins. Ele queria era aproveitar verão europeu em Ibiza e em Majorca.
        (ERRATA)

        Reply
        1. Chiquinho Leite Moreira

          Marcelo acontece que a grama, embora seja macia, exige joelhos flexionados. Imagine jogar o tempo todo como se estivesse fazendo agachamento!!! Vc não concorda que fica difícil para ele?
          abs
          Chiquinho

          Reply
          1. Marcelo Monteiro

            É verdade. Você tem razão, Chiquinho. Não havia pensado neste aspecto da flexão dos joelhos e concordo com você.

  3. Gilberto

    Depois da performance lamentável de ontem, só me resta um pedido: “Aposenta, Federer”

    O melhor jogador da história não merece ter sua decadência transmitida em horário nobre

    Eu não gostaria de ver o Federer jogando Rubinhos no muro, como eu vi o Schumacher fazer

    Reply
  4. Fernando Brack

    Borracharia temporariamente reaberta: Djoko manda Granollers passear de bicicleta.

    Um pouco de petulância do Federer afirmar que se destruiu. Qualquer um que assistiu o jogo viu um tal Robredo, trintão como ele e todo estourado de contusões, passar o carro nele. Vai levar um tempo pro Craque recuperar os sentidos.

    Reply
  5. Igor Menezes

    Pode isso, Chiquinho? Mandaram fechar a borracharia, mas Nole inaugurou um novo negócio: “comércio de bicicletas”… kkkkkkkkkkkkk

    Reply
  6. Fernando Brack

    Borracharia reaberta no feminino também. Carla Navarro vai passear no Corona Park de bicicleta novinha, dada a ela de presente pela amiga Serena.

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É isso mesmo, ainda tem muito freguês na borracharia. Mas como já disse, é incrível estes resultados numa segunda semana de Grand Slam. Não sei o que vcs acham, mas emocionante só foi mesmo a rodada de segunda feira com Nadal e Federer.
      abs
      Chiquinho

      Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É verdade… melhor deixar um tire fitter de plantão em Queen’s. Mas é incrível que numa segunda semana de Grand Slam um tenista faça 15 ou 16 games seguidos… liquidação de pneus em Nova York, aproveitando o recém fim de semana de liquidações do Labor Day, que foi na última segunda feira.
      abs
      Chiquinho

      Reply
  7. Ricardo B. de Carvalho

    Chiquinho. Federer “duelar” com Nadal? Entendo que faz parte do passado. Não entendi o raciocinio do n. 18 ou 19, mas acho que o alemão não chega mais “aos finalmente” deste ano. caso estes numeros deem-no o direito de chegar, “morre no rio”. Quanto ao favoritismo do Nadal, tem logica o comentario, porem mudei de opinião. Vou de Djokovic.

    Reply
  8. Sergio Ribeiro

    Afirmei, meu caro Chiquinho , que Berdych iria Amarelar. Ao contrario WAWRINKA e’ que jogou Muito. Não se você concorda ? Abs!

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Tb fiquei surpreso com Wawrinka. Acho que sua parceria com Magnus Norman está sendo boa. Mas tb acho que o Berdych não aguenta muito a pressão. Qdo precisa de intensidade, regularidade ele vai embora. Modestamente acho que precisa fortalecer a mente. trabalhar esta parte com exercícios de concentração. Quase assim como ler um livro chato… não se consegue manter a concentração e nunca se acha a página certa na hora de voltar a leitura. Existe exercícios para isso.
      abs
      Chiquinho

      Reply
      1. Thiago Franchi

        kkkkkkkkkkkkkk
        Estou desconfiado que o Rafa vai continuar mantendo o emprego dos borracheiros… Chance de sair mais um pneuzinho contra o Gasquet, infelizmente, é grande.

        Reply
  9. Fernando Brack

    Mais um que não pretende fechar a borracharia tão cedo: Nadal dá um pneu redondinho pro compatriota Robredo. Esse Ogro é uma besta implacável em quadra. Ô sujeito sem alma.

    Reply
    1. MARILIENSE

      velho Brack … que tal o suiço tentar o circuito feminino heim? No masculino ele tá parecendo uma gazela no covil do leões rsrsrsrsrsrs………leões com vontade de comer!!!!

      Reply
  10. wellington

    kkkkk freguesia MARILIENSE pergunte ao proprio nadal se aquelas 7 eu falei 7 finais que o nadal perdeu oq ele sentiu melhor da face da terra que comedia eu sou djoko mais federer foi o melhor que já vi jogar, o nadal não vai ser melhor nem se ganhar mais slans que federer

    Reply
    1. MARILIENSE

      Wellington, vc é uma federete terciarizada de Nole kkkkkkkk…. famoso XXy ……. choooooooooraaaa federetes kkkkkkkkkkkkk

      Reply
  11. Oswaldo . Aranha

    Não vejo imparcialidade do Chiquinho, endeusa Nadal sem lembrar-se que Djokovich é o primeiro do rankin.

    Reply
  12. MARILIENSE

    Pessoal, dá uma força pro Dacio porque o cara tá igual ao seu idolo : “AQUI JAZ ROGER FEDERER,VITIMA DE UM TOURO ESPANHOL DESDE 2004”. A cada show do espanhol gladiador, mais Rivotril ….pobre Dacio, e agora só lhe resta um caminho…..o caminho dos XXy é agarrar no Y do Djokovic rsrsrsrsrsrsrsr ……

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *