Enhorabuena Carlitos, mas calma com a troca da guarda
Por Chiquinho Leite Moreira
maio 9, 2022 às 4:46 pm

Como se diz em espanhol “enhorabuena Carlitos”, parabéns Carlos Alcaraz. Não resta dúvidas de que ele merece todos os elogios. Com perdão do trocadilho, também chega em boa hora. É talentoso, simpático e confirma seu carisma com o recorde de audiência na TV de seu país, na transmissão da final do Masters 1000 de Madri.

Pelo seu jeito de ser é de se esperar que siga tendo este comportamento. É lógico que com o assédio maior terá de tomar mais alguns cuidados. Só que vejo como natural sua simpatia, humildade, longe de estrelismos.

A pressão também tende a ser maior. Todos agora sempre esperam muito de Alcaraz. E é por isso que se deve ter cautela em decretar a “troca da guarda”. Não restam dúvidas de que ele pode alcançar o topo da lista do ranking mundial, ganhar troféus de Grand Slam, mas tudo isso deverá vir com o tempo.

Longe de querer tirar qualquer mérito do que tenha feito em Madri é preciso entender que nem Novak Djokovic, nem Rafael Nadal estavam no auge. Claro não serve como desculpa. Entrou na quadra está valendo.

Roland Garros deverá apresentar outro cenário ao de Madri. Além da quadra em Paris ser mais lenta, os jogos são em melhor de cinco sets – no que Alcaraz também já mostrou eficiência -, seus maiores adversários devem estar em excelente forma. E como disse o russo Yvgeny Kafelnikov o melhor para o próximo Grand Slam é torcer para não cair na mesma chave do jovem espanhol.

Se tudo seguir como o esperado, Carlos Alcaraz chega a Roland Garros praticamente no mesmo nível de favoritismo de Novak Djokovic e Rafael Nadal. A experiência, porém, pode falar alto, assim como a juventude e forma física de Carlitos pode balancear as forças.

A simpatia e humildade de Alcaraz também são bem vinda. Afinal, há algumas semanas vivemos momentos tensos no tênis com o comportamento de jogadores como Alexander Zverev, Nick Kyrgios, Jenson Brooksby e até mesmo Benoir Paire. Embora o ingresso para ver estes jogadores possa valer a pena, ainda acho que para ver Carlitos vale muito mais.


Comentários
  1. Victor Hugo Santiago

    Olá Chiquinho.

    Acerca do tema, Alcaraz é o jogador jovem que mais te impressionou até hoje? Federer e Djokovic não despontavam tudo que se tornaram na idade de Carlitos.

    Abraço.

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Sinceramente por um tempo foram muitos que surgiram muito cedo. Michael Chang ganhou RG com 17 anos. Estava lá e no caminho bateu Ivan Lendl no que muitos consideram um dos maiores duelos da história do torneio. Mas depois não seguiu ganhando Slams. Vi tb o primeiro título do Mats Wilander. Achei que não iria longe, pelo seu estilo de jogo, mas foi muito… muito longe. Boris Becker apareceu aos 17 anos em Wimbledon. Um show. Sacava muito e literalmente voava nos colégios. Enfim, a história mostra os dois lados da moeda. Mas, sim, acredito muito no Alcaraz. Vamos aguardar pq o jogo é jogado e o lambari é pescado kkkkk

      Reply
  2. Rafael

    Concordo demais Chiquinho! A história mostra que sua prudência é compreensível! Ademais, a ATP busca a todo custo um sucessor do big 3 e as últomas apostas não vingaram como esperado. Imaginar o Nadal e, principalmente, o Djoko, depois do que fez ano passado, como coadjuvantes beira o ridículo! Abraço

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Rafael, na verdade, ainda acho que eles têm muito a vencer. O Nadal falou que Federer, Djokovic e ele próprio são diferentes e acha que Alcaraz tb segue no mesmo caminho. Mas vamos dar tempo ao tempo né

      Reply
  3. SANDRO

    Bom Dia Chiquinho! E por falar no fanfarrão do Kyrgios, ele se acha: “Kyrgios diz que é melhor tenista de grama do mundo”…
    Gostaria de saber “ONDE ESTÃO OS EXAMES ANTIDOPING DO KYRGIOS”??? Se ele mesmo disse que abusa de álcool e drogas, como não é pego no antidoping??? E para afirmar categoricamente que é o melhor tenista do mundo na grama, só pode mesmo estar sob efeito de álcool e drogas…

    Reply

Deixe uma resposta para SANDRO Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *