TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Só… dá Nadal
Por Chiquinho Leite Moreira
agosto 19, 2013 às 2:15 pm

O líder do ranking, Novak Djokovic, esteve aquém de seu potencial. Roger Federer não aguentou três sets. Andy Murray ainda está fazendo festa. E até mesmo no feminino Serena Williams saiu de cena neste fim de semana. Por isso, em todos os lugares só dá Rafael Nadal.

O seu incrível retorno continua. Afinal, quem poderia imaginar que reinaria de forma tão absoluta, depois de longo período de recuperação e muitas dúvidas na sua volta. Não canso de repetir que quando o espanhol esteve em São Paulo sentia-se tão inseguro que foi difícil arrancar uma declaração sua sobre Roland Garros. O tempo tratou de mostrar que sua recuperação foi acima do esperado, acredito que para ele próprio.

Bem, pelo menos, foi esta a impressão que ficou em suas declarações. Afirmou estar surpreso em vencer dois Masters 1000 seguidos nas quadras duras. Ostenta agora um retrospecto de 15 vitórias contra zero derrotas nesta superfície, computando também, é lógico, o Masters de Indian Wells.

Vejo com bons olhos esta performance de Rafael Nadal. E, por isso, resolvi colocar abaixo um comentário de uma torcedora internacional fã do espanhol. Faço isso pelo fato de estar notando que este espaço vem se transformando em local de provocações e radicalismos dignos de um perigoso fanatismo. Torcer e ser fã não deve ultrapassar os limites de que o nosso direito vai até onde começa o do outro.

No comentário abaixo, a fã revela que se sentiu ofendida com diversos comentários maldosos feitos a Nadal. Entre eles, de que após a temporada de saibro, o espanhol não teria mais chances. Ela também se sente feliz com o fato de o tenista espanhol ter provado que as diversas conjecturas estavam erradas. Mas ao meu ver chegou o momento de todos torcerem pelos seus ídolos, com respeito as todas as cores. Afinal, o que seria do vermelho se todos gostassem do amarelo?

“I hope that the Djokovic fans and Federer fans can be understanding if they read the slightly bitter remarks we Rafa fans are making.     It’s not that most of us do not appreciate Djokovic and Federer, in my case I surely do.    But the plethora of smirks and unkind remarks here when the clay court season ended to wit; “Clay court season is over so Rafa is done).    Well those remarks were unfair and  unkind, and a lot of us are tremendously glad that Rafa did the talking for us and proved how wrong any conjecture was that Rafa would fold after Clay Court Season or even not  play the hard court season..”


Comentários
  1. Altaisio Paim

    Chiquinho, bom dia!!
    Nadal está jogando muito tênis. Isso é fato. Palmas pro espanhol. Porém há no circuito uns 10 tenistas que podem vencer o espanhol. Faltou pouco pro Isner fazê-lo. o Us Open nos reserva grandes surpresas. Abraço.

    Responder
  2. Rogério Diamante

    O fato é que Nadal não continuou sendo o numero 1 do mundo por condições fisicas, isso é fato, mesmo no melhor momento da carreira, seu principal rival ( atualmente ) Djo teve que enfreta-lo em todas as finais importantes que teve na temporada 2011/2012, fase em que Nadal já sentia a contusão e logo após Winbledon ficou esse periodo todo parado. Não ouso dizer que ele é o melhor de todos os tempos, mas tem um jogo empolgante, vigoroso, inteligente, sabe ser agressivo e recuar quando precisa, se adapta fácil ao jogo do oponente e raramente é superado psicologicamente. Fica evidente que sua especialidade é o saibro, mas o cara já ganhou todos os slams ( feito que Sampras não o fez por exemplo ) e de quebra as olimpiadas. Acho que o estilo de jogo do Espanhol as vezes desagrada alguns torcedores mais classicos, do tempo saque voleio, em que a tecnica era mais usada e a estrategia de jogo deixada de lado. Muitos dizem que Nadal não deveria ser jogador de tenis e sim um corredor, pois seu jogo está muito ligado a correria. Eu discordo totalmente dos que tem esse tipo de critica, ontem por exemplo, ele enfrentou um camarada que fez nada mais nada menos que 72 aces em toda a competição, sacando a mais de 200 km por hora e que fez a melhor partida da sua vida ontem, tanto que analisando os numeros do jogo, Isner teve muito mais bolas vencedoras que o Nadal, mais Aces, mas a vantagem desse Monstro ( não tenho outra palavra pra descrever ) é que ele não se abala, diante da situação quase impossivel de quebrar o saque do adversário, ele se impos no serviço e foi cozinhando o Norte americano até os tie Breaks, momento que a cabeça conta muito mais que o jogo e que o proprio momento na partida, ai meu caro, o homem vira um Iceberg, erra pouco, força o erro e consegue jogadas magnificas, no momento certo, na hora exata, como se já estivesse tudo programado na cabeça dele desde o início do jogo. A volta dele significa muito para o tenis como um todo, é gostoso ver jogadores de vários estilos jogando em alto nível, é bom saber que no final de cada competição podemos ter finais menos previsiveis e também é bom saber que esse cara incrivel não jogou a toalha ( quando muitos apostavam que ele o faria ) e não só isso, voltou voando, voltou seguro, voltou até arrisco dizer, melhor que quando parou. Vamos Rafa, o mundo do tenis torce por você!

    Responder
      1. Bruno Batera

        Discordo totalmente de vc, Dhian Carlos. Quer dizer q se vc é fã do Federer, por exemplo, quando vier aqui falar dele vai apenas dizer é que fã do Suiço? O que o Rogério Diamante fez foi apenas expor no comentário dele as características e virtudes que fazem o Nadal ser o monstro que ele é e representa pro tênis! Abs!

        Responder
    1. Eduardo

      É isso aí! Quando o Nadal perde tem a desculpinha do joelho dele. Que nunca foi operado e que ninguem sabe o que é. Pura balela!!

      Responder
  3. Eddy Beutter

    Bom dia Nadalista Chiquinho, e verdae que Nadal fiz uma recuperação fantastico. Já ouvi falar de um certo Medico Espanhol , Eufemiano Fuentes e o Italiano Michele Ferrari? O dia que vai ter o passaporto biologico vamos ver que vai fazer o seu querido Nadal. Wait and see, Sir.

    Responder
  4. Renato

    Esse Rafael é um dopado, baloeiro, dissimulado e desconfio que ele não curte mulher( dedinho no traseiro e apalpada na bunda do Mônaco me fazem suspeitar), mas até ai é prefrência dele e eu respeito. Mas, o Espanhol jamais chegará aos pés de Borg, Becker, Agassi, Federer, Laver e principalmente Sampras, tenistas com jogo maravilhoso, técnico e com caráter acima de tudo.
    Sejam bem-vindos ao tênis ATLÉTICO/FISICO. A técnica hoje em dia não é o mais importante.
    Parabéns aos torcedores do ROBOCOP.

    Responder
    1. Tiago

      E você uma besta covarde que se esconde atrás do anonimato para acusar alguém que nunca sequer lhe olhou nos olhos. Vá destilar seu ódio em quem lhe conhece e pode se defender de você. Covarde. É isso que você é.

      Responder
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Tiago será que vc não está aproveitando um espaço para boas discussões, usando para agressões?
        abs
        Chiquinho

        Responder
    2. Chiquinho Leite Moreira

      Poxa Renato acusações assim, sem comprovações é que levam este espaço a uma discussão acirrada, de fanatismos. Não citei no post qualquer alusão a doping, portanto, não acho que deveria entrar em discussão.
      abs
      Chiquinho

      Responder
      1. Kazu

        Chiquinho,
        Como é o torcedor fora do Brasil? Também tem esse tipo de discussão que não leva a nada? Fanatismo existe no futebol, mas no tênis????
        Pessoal, acordem para a vida. O que eu acho que importa mais é ver o espetáculo. Se o Nadal está ganhando é porque ele tem os seus méritos.
        O Djoko não conseguiu pará-lo e nem o Federer…
        Murray, Isner… quem sabe?
        Acho que, ao invés de ficar dando importância para uma discussão tão equivocada se o cara se dopa, se não,…. gente, não é o caso….
        Acredito que o mais importante é poder assistir a uma boa partida de tênis, seja lá quem for o ganhador… Ver o espetáculo, isso é o que mais importa…

        Responder
        1. Chiquinho Leite Moreira

          Existe tb fora do Brasil este fanatismo… mas não está polarizado como Nadal vs Federer, Nadal vs Djoko. Sim um pouco mais ligado ao país… torcem pelo seu jogador. O sérvios, por exemplo, invadem o fanatismo, espanhóis chegam perto, americanos ignoram, ou ignoravam, outros talentos. Enfim, o que vejo aqui é um pouco de entendimento dos mais radicais.
          abs
          Chiquinho

          Responder
        2. Magno

          Discordo. Acho que a discussão sobre o doping (apesar de não ter sido abordada pelo Chiquinho) é pertinente, pois estamos vendo em vários esportes de elite, a verdade aparecendo.
          Claro que o espetáculo em si fica mais bonito quando a pessoa tem um físico espetacular e pode executar jogadas mais ousadas e por mais tempo, mas pra mim, o que é digno de se admirar é o verdadeiro atleta, que se exercita até o limite, e dá o seu melhor, muitas vezes superando o que ele mesmo (e os outros) achava possível realizar!

          Responder
          1. Chiquinho Leite Moreira

            Magno… discussão é uma coisa… acusações infundadas como estamos vendo é outra.
            abs
            Chiquinho

    3. MARILIENSE

      Rafael Nadal jamais será como Roger Federer. Ele tem vergonha na cara. Rafa jamais perderá 21 vezes pra rival nenhum. Rafael Nadal é o mais tecnico,mais forte,mais concentrado e mais temido tenista de todos os tempos. NASCEU PRA SURRAR TODOS OS RIVAIS , SORRY …….

      Responder
    4. Fernando

      Renato,
      Respeite este espaço e pare de publicar bobagens. Se vc é um recalcado vá descarregar a sua frustação em outro espaço. Reconhecer os méritos de um jogador é no mínimo elegante.

      Responder
  5. marcelo

    Chiquinho, ainda não nenhum comentário a respeito da forma de atuar atualmente do Rafa ter alterado sua dominância sobre o saibro, não em termos de títulos – se bem que ele perdeu sua invencibilidade em Monte Carlo – mas em termos de ganhar os jogos mais facilmente. Em compensação, ficou dominante nos pisos rápidos – ganhou todos os 3 masters sobre esse piso. Chiquinho, tenho a impressão que não dá para ser dominante (mais que apenas um bom jogador) sobre o piso duro e sobre o saibro (ex. mais clássico o Murray, mais pode-se citar RF também que é bom no saibro, mas não é dominante).Chiquinho, essa minha teoria está correta? O Nadal alterou seu jogo não só para reduzir as trocas de bolas e poupar seus joelhos, mas, principalmente, para melhor adaptar-se ao piso duro, que requer, para a dominância sobre esse piso, um jogo mais agressivo. E esse jogo mais agressivo, por não fazer tanto efeito no saibro, tende a reduzir as chances do jogador a ser dominante sobre o mesmo.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marcelo… vc tem razão. O Nadal está com estratégias bem determinadas. Algumas delas em que o adversário não consegue neutralizar. Exemplo: bola alta, com top spin no back do oponente. Como normalmente ele está diante de destros, estes buscam devolução tb no back de Nadal. Com as dificuldades impostas pelo acentuado efeito e quique alto, a devolução vem um pouco mais curta, o suficiente para Nadal ‘fugir da esquerda’ e bater um forehand inside out, com toda a segurança de bater uma bola – relativamente curta – e na cruzada, onde a quadra é maior e, por coincidência ou não, onde o adversário não está. Observe bem esta jogada, muito usada nas quadras rápidas. Sem críticas a ninguém, são coisas assim que gosto de comentar na tevê, ou seja, não falar o que a imagem já mostrou. Enfim, Nadal cresceu, acrescentou novas táticas, mas não sei dizer se seriam por causa do joelho. abs Chiquinho

      Responder
      1. O LÓGICO

        Chiquinho, concordo com a análise, e aí falta a antecipação do oponente para uma jogada super surrada como esta. Nunca vi o Nadal jogar na paralela nessa condição. O tenista tem que prevê isso como se prevê a dilatação de um metal aquecido e contra atacar na paralela. Que conhece fisiologia e psicologia, sabe que essa jogada se tonou um instinto no tênis do Nadal, e ainda que ele resolvesse mudar a direção do ataque, não sairia com perfeição e possivelmente o levaria a erro. Um buraco que vi no jogo do Nadal, é quando se faz o ataque no seu próprio corpo, pois ele perde o domínio dos pontos porque perde a possibilidade de angular bolas, deixando o adversário com o controle do ponto em suas mãos. Mas isso tem que ser feito com bolas chapadas, rápidas e fundas, que não permitam que ele, com sua rapidez tradicional, se desloque adequadamente para produzir uma boa devolução.

        Esse tipo de leitura tática falta à maioria, se não a todos, que jogam contra ele. O que não acontece da parte dele, que vem sempre para quadra sabendo o que exatamente vais fazer. No jogo contra o Djokovice, ele neutralizou em setenta por cento os contra ataques do sérvio com uma simples mudança: as bolas atacadas por Nadal com spin e altas no backhand do sérvio não surtiam efeito algum porque ele, como Davidenko, as pegava na subida e as devolvia ou na paralela ou na diagonal, pondo o Nadal para correr. Olhem novamente o jogo entre eles, que perceberam que inusitadamente Nadal passou a atacar o backhand do Djoko com bolas chapadas, tanto na diagonal quanto na paralela, não permitindo mais o contra ataque e domínio dos pontos pelo sérvio.

        Se eu treinasse o Fedex, nadalzetes, não deixaria pó sobre pó kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Responder
        1. Sergio Penedo

          Até entendo seu desprezo pelo Nadal, mas daí a se achar candidato a técnico do Federer… o que você observou meia torcida do Flamengo sabe… você deve ser torcedor de sofá hehehe

          Responder
        2. Roberto Rocha

          Caramba!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
          O Lógico deu uma aula tática agora!!!!!!!!!!!!!!!
          Até pareceu outra pessoa, falando sério e demonstrando um conhecimento muito bom de táticas do Tênis!
          Parabéns, cara! Gostei muito da sua análise!

          Responder
          1. geraldo de carvalho

            sò acho q se fosse tão simples, as pessoas já teriam feito isso, inclusive o gde Roger Federer, não é , Roberto? é uma coisa “fàcil” de dizer e “difícil” de fazer.

        3. Wilson

          KKKKKKKK!!!! Caro, Lógico. Você acaba de redescobrir a roda. Não precisa ser só contra o Nadal, qualquer adversário que consiga bater bolas chapadas, rápidas e fundas – ainda mais no corpo do oponente – vai vencer o jogo, ou você tem dúvidas disso? You are genius!

          Responder
          1. O LÓGICO

            Não, SIR, kkkkkkkkk, na diagonal e na pararela isso não funciona contra o malinha. Ele corre muito, kkkkk. Falo dessas bolas quando Nadal se encontra no centro da quadra e principalmente quando está próximo da linha de base. Essa observação que fiz foi em dois jogos dele, e os oponentes não fizeram isso sistematicamente, mas fortuitamente, o que me levou a perceber essa dificuldade. Nadal, ao contrário do craque suiço, é muito ruim no batepronto. Reveja o jogo novamente, que toda vez que isso aconteceu ele se perdeu nos pontos, ou imediatamente com um erro, ou na sequência da disputa do ponto.

  6. lina

    O Djokovic em 2011 ganhou 10 títulos, venceu várias vezes o Nadal, Federer, Murray e quem aparecesse, ninguém falou em doping, só falavam que era o tenista do momento, o próprio Federer, teve também sua fase maravilhosa, ninguém falou em doping, por que só o Nadal? Eu sou fã do Federer, mas não sou fanática, me deleito de assistir o Rafael Nadal jogar, ele é fantástico, vamas torcer pelo esporte, mas sem neurose, sem fanatismo.

    Responder
    1. Fernando

      Exatamente Lina, só (!?) o Nadal se dopa, o resto é limpo… Já emiti minha opinião por aqui, acho que em se tratando de esporte profissional, nos dias de hoje, é difícil acreditar em esportista 100% limpo, acho que quase todos estão no limite da legalidade. Mas acompanho e torço como se isso não existisse, senão não há sentido. Caso alguém seja pego, que seja exemplarmente punido.
      Já quanto às “suspeitas”, digo assim pois qualquer um fala o que quer, se formos pensar em desempenho, quem mais caiu depois do anunciado passaporte biológico? Vendo os primeiros do ranking, justamente Djoko e Federer foram os que mais perderem desempenho neste ano, Murray é mais do mesmo e o Nadal continuou como sempre. Será que só o Nadal tem a fórmula para não ser pego? Será que os outros dois pararam de se dopar e por isso perderam rendimento? Ah, o Federer pediu mais controles… O Tyson Gay era garoto propaganda do esporte limpo, foi pego dopado… Logicamente estou zoando, não sei de nada, não vou investigar, não vou acusar, não me interessa, na verdade. Acho uma choradeira de torcedor fanático ficar falando besteiras nesse sentido, para isso existem as agências anti-doping, elas que façam o trabalho delas e peguem que tem que pegar. A nós, torcedores, cabe curtir os ótimos momentos do esporte, com grandes jogadores fazendo confrontos incríveis.
      Abs

      Responder
    2. O LÓGICO

      A questão é que eu acho que justamente nesse ano o Sérvio também se turbinou, pois sabia que precisava desse meio ilícito para jogar de igual para igual com o robozinho no plano físico. Tanto assim, que ele, estranhamente, sequer é metade do tenista que foi em 2011 em motivação e condicionamento físico. Notai que ele não troca mais sucessivas bolas com o Nadal, e sempre se precipita para matar o ponto. Tênis é um iceberg: o que tem pureza é apenas a parte que aparece.

      Só o Fedex joga limpo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Poxa gente não sei onde vcs querem chegar… Vamos esquecer essas acusações infundadas de doping num espaço tão sério.
        abs
        Chiquinho

        Responder
  7. Silvia

    Chiquinho, fico perplexa ao ler certos comentários tão disparatados, uns dizendo que você odeia Nadal, outros, que você adora. Sinceramente, quando leio seu blog não vejo nada disso. Vejo um jornalista escrevendo muito bem sobre tênis. Suas predileções não são da conta de ninguém.
    Outra coisa que me chama a atenção aqui e em outros blogs é a truculência usada para falar mal de um ou outro tenista. Parece que tem gente que ao invés de deixar suas frustrações numa sessão de boxe na academia, vem aqui para colocar para fora, de forma covarde – pois o comentário é praticamente anônimo em dias de internet, mesmo com um nome lá em cima – seus desassossegos. Triste.
    Muito pertinente a colocação da fã, essa que você compartilhou conosco, seja ela fã de Nadal, Federer Djoko, Murray, e por aí vai…
    Falta mais respeito entre as pessoas que supostamente deveriam estar aqui trocando figurinhas sobre algo que as une, o tênis, e não mostrando o lado mais feio do ser humano.
    Uma pena…
    Quanto ao seu blog, continuo aqui, assídua leitora, apesar de comentar pouquíssimo .
    Abs, Sílvia

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Cara Silvia… fico feliz que tenha compreendido a minha preocupação. Costumo dizer, entre amigos, que tanto o FB como os posts e comments não têm editor. Escrever o que vem na cabeça é pior do que falar o que vem a mente. Com editores rígidos (um na TV Globo que me fez ver as coisas diferentes) vários outros no Estadão aprendi que raiva e razão não podem entrar na mesma linha. Costumo usar de um recurso… se chego ‘bravo’ para escrever, com fumaça pela cabeça, espero… dou um tempo. Vou até o banheiro, tomo um café. Vislumbro um novo horizonte, novas interpretações e, com ideias mais claras, tudo fica melhor.
      Dr Júlio (Mesquita) disse me certa vez: é melhor não dar uma notícia a dar a notícia errada. Portanto, se está em dúvida do que está escrevendo, melhor não escrever. abs
      Chiquinho

      Responder
  8. Marisol

    Chiquinho, texto perfeito, parabéns.
    As pessoas se tornaram fanáticas e fazem deste blog, assim como fazem do blog do Dalcim, um verdadeiro campo de batalhas, cheio de trocas de ofensa, de comentários cheios de raiva e de falta de respeito pelo esportista e por quem torce por eles.
    E toda hora vem a história do doping… Bolt, Michael Jordan, Ronaldo Fenônemo, Sampras, Michael Phelps, o inesquecível Ayrton Senna e tantos outros eram ou são dopados, então??

    Responder
    1. MARILIENSE

      Meu amigon Carlos Reis, voce é um grande comediante sempre com boas piadas. Só lembrando que as piadas repetitivas se tornam sem graça depreciando o dono das piadas rsrrsrsrs abraçon

      Responder
  9. Oziel Aguiar

    Se o Roger Federer fosse da mesma idade que o Rafael Nadal com certeza ele mais ganharia do que perderia do Rafael Nadael, porque tênis ele tem muito mais do que o Nadal.

    Responder
    1. Antonio

      Ué, mas o Nadal prevaleceu sobre o Federer mesmo quando ele estava no auge. É tudo uma questão de estilo de jogo. O Federer não conseguiu desenvolver uma tática para anular as estratégias do Nadal. Obs. Não sou Nadalista nem Federista, apenas jogo tênis e gosto do esporte.

      Responder
    2. MARILIENSE

      Sr Oziel com todo respeito acho que o sr redondamente enganado. Nadal começou ganhando de Federer aos 17 anos quando o suiço estava no auge aos 22 e não parou mais de surrar o fregues. Porisso vou te presentear com esse retrospecto entre o gladiador espanhol e sua vitima preferida ao longo dos 31 jogos entre ambos:
      29/03/2004 – Miami – R32 – Nadal 2 x 0 Federer (6-3, 6-3)
      03/04/2005 – Miami – Final – Federer 3 x 2 Nadal (2-6, 6-7(4), 7-6(5), 6-3, 6-1)
      03/06/2005 – Roland-Garros – Semifinal – Nadal 3 x 1 Federer (6–3, 4–6, 6–4, 6–3)
      04/03/2006 – Dubai – Final – Nadal 2 x 1 Federer (2-6, 6-4, 6-4)
      23/04/2006 – Monte Carlo – Final – Nadal 3 x 1 Federer (6-2, 6-7(2), 6-3, 7-6(5))
      14/05/2006 – Roma – Final – Nadal 3 x 2 Federer (6-7(0), 7-6(5), 6-4, 2-6, 7-6(5))
      11/06/2006 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (1-6, 6-1, 6-4, 7-6(4))
      09/07/2006 – Wimbledon – Final – Federer 3 x 1 Nadal (6-0, 7-6(5), 6-7(2), 6-3)
      18/11/2006 – Masters Cup Shanghai – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 7-5)
      22/04/2007 – Monte Carlo – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 6-4)
      20/05/2007 – Hamburgo – Final – Federer 2 x 1 Nadal (2-6, 6-2, 6-0)
      10/06/2007 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (6-3, 4-6, 6-3, 6-4)
      08/07/2007 – Wimbledon – Final – Federer 3 x 2 Nadal (7-6(7), 4-6, 7-6(3), 2-6, 6-2) 17/11/2007 – Masters Cup Shanghai – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 6-1)27/04/2008 – Monte Carlo – Final – Nadal 2 x 0 Federer (7-5, 7-5)
      18/05/2008 – Hamburgo – Final – Nadal 2 x 1 Federer (7-5, 6-7(3), 6-3)
      08/06/2008 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 0 Federer (6-1, 6-3, 6-0)
      06/07/2008 – Wimbledon – Final – Nadal 3 x 2 Federer (6-4, 6-4, 6-7(5),
      8), 9-7)
      01/02/2009 – Austrália – Final – Nadal 3 x 2 Federer (7–5, 3–6, 7–6(3), 3–6, 6–2)
      17/05/2009 – Madrid – Final – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 6-4)
      16/05/2010 – Madrid – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 7-6(5))
      28/11/2010 – ATP World Tour London – Final – Federer 2 x 1 Nadal (6-3, 3-6, 6-1)
      02/04/2011 – Miami – Semifinal – Nadal 2 x 0 Federer (6-3, 6-2)
      07/05/2011 – Madrid – Semifinal – Nadal 2 x 1 Federer (5-7, 6-1, 6-3)
      05/06/2011 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (7–5, 7–6(3), 5–7, 6–1)22/11/2011 – ATP World Tour London – Fase de grupos – Federer 2 x 0 Nadal (6-3, 6-0)
      26/01/2012 – Austrália – Semifinal – Nadal 3 x 1 Federer (6–7(5), 6–2, 7–6(5), 6–4)
      17/03/2012 – Indian Wells – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-3, 6-4)
      14/03/2013 – Indian Wells – Quartas-de-final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 6-2)
      19/05/2013 – Roma – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-1, 6-3)
      16/08/2013 – Cincinatti-quartas de final- Nadal 2×1 Federer (5-7,6-4,6-3)
      E teve também aquela partida histórica em 2007 no chamado Desafio dos pisos disputado em quadra especial,metade grama e metade saibro onde Nadal castigou o fregues por 2×1

      Responder
      1. Ricardo B. de Carvalho

        Acresceria mais um titulo aos que Marilense relacionou. A final de Miami de 2005 foi ganha pelo Federer porque Nadal não fez questão de ganhar. Portanto seriam 32.

        Responder
      2. Carla

        Mariliense adorei! Confirma o que sempre falamos aqui, Federer só conseguiu mais títulos na era que não existia Nadal. Desde que Nadal apareceu na vida dele, já era! Prova disto são os números!

        Responder
      3. ROSA TORRES

        ROGER FEDERER JOGA TENIS PARA GANHAR TITULOS E POR SUA PAIXÃO PELO MESMO, AGORA PERDER PARA O NADAL O QUE QUE TEM?. O IMPORTANTE QUERIDOS, ELE GANHOU TITULOS, JOGA LINDO, TEM UMA TORCIDA MARAVILHOSA E TÁ MUITO BOM. FICAR DIZENDO QUE PERDEU 1000 VEZES PRA FULANO É FALTA DE INTELIGENCIA COM O ESPORTE.

        Responder
  10. David

    Quando o argumento “Homem de um piso só” Começa a não ter mais eficácia vocês partem para o dopping né? Tudo isso é inveja? Vocês não aguentam o fato de que o deus divino do tênis de vocês sempre tremeu de medo do Miura né? O que houve o Rafa é dopado a quase dez anos e ninguém nunca descobriu? Porque desde 2005, a principal especialidade do Roger é servir de saco de pancadas do Rafa, porque vocês não contratam a CIA para seguir o Nadal e descobrir a fórmula secreta dele? Ou uma equipe do CSI para descobrir a toxina que ele usou pra limpar o chão com a cara dos machos de vocês 42 vezes, seus argumentos são totalmente ridículos, mas o US Open está ai e já sinto que vai ter mais Marias Freguerers e Marias Djokovic chorando e reclamando na final, até lá 42 abraços em vocês sofredores

    Responder
  11. Mário Márcio

    Sr. Chiquinho, vc diz q o post não é so doping, mas o fato é q Nadal sem doping não seria ninguem no mundo do tenis, fato este comprovado q num periodo alguns anos atras q o rendimento dele despencou e ele perdeu várias partidas seguidas, acho esse papo de provas uma hipocrisia de vcs e todos os jornalistas q se omitem, quem aqui não tem certeza q o Lula é o pai do mensalão, q o Lula se enriqueceu ilicitamente durante o governo, mas alguem tem prova disso? não, então esse negocio de prova é mto relativo, quem tem o minimo de sensibilidade e noção, oq não é o seu caso e de mtos Chiquinho, percebe q vários tenistas se dopam, pois o desempenho deles é algo irreal pra quem joga limpo, exemplos é q não faltam, tenho certeza q vc tbm não achava q o Agassi se dopava não é mesmo, nem o Lance Armstrong tbm, certo, vc como profissional faz um deserviço aos amantes do tenis, com essa sua posição neutra ao assunto, falta personalidade jornalistica pra vc, falta personalidade pra vc buscar pesquisar sobre o assunto, vc prefere ter aquela visão obtusa e bitolada sobre o esporte, visão daquele romantico de 25 anos atrás, de q o esporte é arte somente, acho q vc deveria repensar sua posição como profissional, aprenda um pouco com os jornalistas Franceses, q vão em busca da verdade para q o esporte seja o mais limpo possivel, me da nojo ver o Nadal, o Ferrer e mais alguns jogarem, eles são sujos até última ponta, eles tratam os amantes do tenis como idiotas, usando doping sanguineo, epoc (eritropoetina), pq sabem q a ITF nunca irá delatá-los mesmo tendo sidos flagrados, e pode ter certeza q o Nadal já foi pego, mas para o “bem” do esporte isso não é divulgado, tenho certeza q o Federer esta desgostoso com o esporte q ele ajudou a solidificar, ele sabe q vários tenistas se dopam mas espera q alguem faça alguma coisa para o bem do esporte, a ITF para justificar o antidoping só pega jogador sem fama, casos de troick, Rusedzki, Cilic, Pedro Braga, só jogadores sem expressão, q não trazem dinheiro para a federação.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Caro Mario… não estamos discutindo doping. Quem tem a responsabilidade profissional não pode escrever que este ou aquele esteja dopado sem provas.
      abs
      Chiquinho

      Responder
    2. Ângela Fernandes

      Nojo dá de pessoas que acusam outros sem provas. Típico choro de perdedor, simplesmente patético. E digo isso como fã de Federer.

      Responder
    3. MARILIENSE

      Roger Federer e Novak Djokovic pararam de se dopar depois do passaporte biológico, porisso o nivel de seu tenis estão no lixo kkkkkkk. Quem diria heim? O unico limpo é justamente o gladiador espanhol Rafael Nadal. O exemplo de vida,de força,de determinação, do reinicio, da superação. Torcer pro Federer panga é ser um perdedor, mude enquanto é tempo ….

      Responder
    4. Sérgio Boca

      Acusar qualquer pessoa sem provas é leviano. O tênis tem cobertura jornalística do mundo inteiro, além de rígido controle da ATP. Se houvesse o mínimo indício de que Nadal está ou esteve jogando dopado, isso já teria sido descoberto. Se algum dia o Nadal ou qualquer outro esportista for flagrado num exame anti-doping, deverá ser exemplarmente punido, mas enquanto isso essa especulação somente revela a falta de caráter de quem faz acusações dessa natureza.

      Responder
  12. Hendrix

    Chiquinho,
    Espero que algum dia eu possa assistir, sem me sentir incomodado, jogos do grande Rafa Nadal na ESPN, e torcer por mais títulos dele mesmo com seus comentários, que notoriamente são de uma pessoa que entende muito de tênis.
    Só lembre mais uma vez que eu, assim como muitos outros brasileiros somos fãs do espanhol, por sua atitude, técnica e determinação, algo que nos inspira inclusive na vida pessoal. E pelo jeito, com o Touro retomando o trono de nº 1, algo inevitável ao queixudo sérvio após o US Open, você terá que narrar muitos jogos dele em semis e finais de Slam, provavelmente contra seu tenista predileto, mas lembre-se de algo importante.
    NADAL NÃO PRECISA DE UM MAL JOGO DE DJOKOVIC PARA VENCÊ-LO, AFINAL JÁ O VENCEU 21 VEZES!!!! E VENCERÁ AINDA MUITAS OUTRAS.
    Abraços,
    Hendrix

    Responder
      1. Hendrix

        Não, não, entrei no certo. De um comentarista de tênis que torce durante as transmissões ignorando os telespectadores que torcem para seus oponentes. E você sempre torce pro Djokovic quando ele joga contra o Nadal. Quis apenas lembrá-lo mais uma vez para não repetir o que fez em RG esse ano naquela semifinal.
        Abs

        Responder
        1. Chiquinho Leite Moreira

          Hendrix… não trabalho na ESPN… teria muito orgulho, mas não é o caso. Estou muito feliz no Bandsports
          abs
          Chiquinho

          Responder
  13. Einstein Bohr

    A discussão de dopping no tênis é secundária. Nenhum dos tenistas top tem físico excepcional. O Nadal, por exemplo, vive fazendo cera entre os pontos para recuperar o fôlego. Isso é físico excepcional? Tênis é um jogo de estratégia e concentração. O tempo de bola “jogada” no tênis é baixíssimo. As paradas são intermináveis. Em cerca de meia hora de jogo, jogam cerca de 5 a 8 minutos. Dopping não faz milagres. Não ensina ninguém a ter estratégia, tempo de bola e a ler o saque do adversário. Vamos aproveitar enquanto Federer e Nadal estão jogando. Depois deles vai ficar tudo muito chato.

    Responder
  14. David

    Eu acredito sim que possa existir dopping, posso estar até errado, mas o que vemos com este atleta é algo incomum, o qual deixa espaço para esta dúvida, não vamos falar em paixão e sermos mais racionais, no mundo de hoje onde as substancias podem ser mascadas eu não me espantaria com tal atitude, tudo para ser o melhor do mundo. Acredito que o Nadal vai vencer com folga o US Open, mostrando toda a sua qualidade como tenista, mas ninguém é um superatleta, pensem o que quiser!!!!

    Responder
  15. Spencer Santos

    Habemus Rafael “The Scanners” Nadal Parera, “O” C.E.O. do Universo, “O” Ser Supremo do Mundo Conhecido, “O” The One e “O” – Quase Só É Uma Questão de Tempo – Número Um. Sobre a “baixaria” da maior torcida do tênis – os Anti-“The Scanners” – sofram, mas sofram muito e continuem sofrendo, pois, por mais incrível que possa parecer para vocês, Ele não vai parar de vencer, de vencer, de vencer e, claro, de vencer, por muito, mas muito, mas muito mesmo, tempo.

    Responder
  16. Marcello Campelo

    Pelo amor de Deus, deuses do tênis, façam alguma coisa!! Não percebem o quão mal o jogo do Nadal empobrece a vista de quem entende e ama este esporte? Chega! Como eu sofro ver esta bizarrice ganhar torneios. Juro! Não agüento mais! Estou ficando doente! E não é de fanatismo não. É de ficar sem entender como um tenista tão ridículo consiga tantos resultados expressivos…

    Responder
  17. pedro matheus

    Aos Leitores,
    Acho ridículo as pessoas acusarem o Nadal sendo que o mesmo nunca testou positivo para nenhuma substancia ilícita.
    Sua determinacao tatica, fisica e emocional, superam sim sua habilidade tecnica. Qual o problema nisso? Claro q é muito mais gostoso assistir um jogo do Fedex e seus trick shots, mas é muito interessante assistir aos jogos do touro, tambem. Cada um com suas qualidades, cada um com seu show.
    Durante o reinado do melhor jogador de todos os tempos, mais conhecido como Federer, O Leao da Montanha, aprendi (mesmo sendo fa numero 1 do Pistol Pete Air Sampras) a admirar cada um com suas qualidades. Nunca vi alguem com tecnica igual ao Federer. Nunca vi alguem com tamanha determinacao tatica, fisica e mental igual ao Touro. Nunca vi alguem me encantar mais que o Pistol Pete. Quem é o melhor? Tanto faz! Tirando a Docik que eu queria levar ao cinema, eu quero ve-los jogar. Triste o dia em que nao termos mais Federer e Nadal. O dia em que Sampras parou eu chorei. O dia em que Guga parou, eu chorei tb.

    Agora, Chiquinho, quanto ao conteudo do seu post, é impressionante a qualidade do jogo do Rafa depois da sua parada. O cara é demais. Acho q vai dar Nadal e Fedex na final de USOpen e o fedex levará seu ultimo grand slam pra casa. Depois disso acho q só mais uma final de Wimbledon sem levar o caneco.

    Uma pergunta fora do contexto. O Federer desistiu da troca de raquete?
    Grande Abraço

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Federer está protelando a mudança. Treina com a nova e joga com a antiga…
      Ainda não sente confiança no novo taco
      abs
      Chiquinho

      Responder
  18. Edival

    `Parabéns à Silvia pelo comentário, é triste ver aqui mensagens de pessoas que não têm o menor respeito por ninguém, são os revoltados e frustrados torcedores que ao verem seus ídolos perderem jogam para fora toda ignorância.
    Só um cego não enxerga o fenômeno “Nadal” como um bom exemplo de esportista e pessoa dentro e fora das quadras.
    Sei que é censura, mas acho que você deveria filtrar os posts recebidos, não colocar no blog os que são ofensivos a quem quer que seja, deixe os revoltados extravasarem suas revoltas em outro lugar.
    Dá para brincar, comentar e tirar um sarro sem desrespeitar ninguém.
    Abs.

    Responder
  19. Edival

    `Parabéns à Silvia pelo comentário, é triste ver aqui mensagens de pessoas que não têm o menor respeito por ninguém, são os revoltados e frustrados torcedores que ao verem seus ídolos perderem jogam para fora toda ignorância.
    Só um cego não enxerga o fenômeno “Nadal” como um bom exemplo de esportista e pessoa dentro e fora das quadras.
    Sei que é censura, mas acho que você deveria filtrar os posts recebidos, não colocar no blog os que são ofensivos a quem quer que seja, deixe os revoltados extravasarem suas revoltas em outro lugar.
    Dá para brincar, comentar e tirar um sarro sem desrespeitar ninguém.
    Abs.

    Responder
  20. Bruno Batera

    Chiquinho, primeiramente, quero dizer que sou seu fã e te acompanho lendo o seu blog e no Band Sports pelo Ace. Nunca comentei aqui, mas diante de tanta agressão gratuita, não só ao Nadal, mas também a vc, tenho que realmente lamentar o que esses “torcedores” escrevem por aqui. Realmente o fanatismo cega e deixa algumas pessoas fora de controle! Enfim, abraço e manda um beijo pra deusa Renata Saporito!

    Responder
  21. MARILIENSE

    Marcello, eu entendo o seu desespero. Afinal Rafael Nadal é um jovem de 27 anos, 1,85m de altura, atletico, adorado pelos fãs no mundo inteiro, riquissimo, famoso e 12 titulos de Slams, 26 Master 1000, 01 medalha de ouro olimpica original, 04 Copa Davis, 21 vitórias sobre Roger Panga, 21 vitórias sobre Nole, 14 sobre Murray, 15 contra Berdich e já reconhecidamente a caminho de ser o maior tenista de todos os tempos. É muita coisa pra um ser humano só, talvez voce acha que é merecedor de um pouco desse sucesso enorme de Rafa mas não é com inveja e tentando desmerecer o gladiador espanhol é que vc vai conseguir algo na vida. Tenha Rafa como exemplo de vida e boa sorte, porque capacidade de vencer tenho certeza que voce também tem…

    Responder
      1. MARILIENSE

        Mas pra não desanimar ainda mais os torcedores humilhados do Roger “panga” posso garantir que depressão,frustração e inveja do Nadal tem solução sim. Muiiiita fé, muiiiiiita reza, muiiiiiita macumba pro Federer não enfrentar mais o Nadal. Pensando bem acho que tudo isso não vai dar certo …… acho que não

        Responder
  22. Luiz Fernando

    Caros torcedores do aposentado, calma, nao se desesperem, agindo dessa forma vcs mostram quem vcs realmente são, procurem ser um pouco mais dissimulados, tentem ,embora seja dificil, bancar os bons esportistas, tentem mostrar um pouco de educação, embora seja dificil mostrar o q não se tem kkk!!! E acima de tudo se preparem, vem mais por aí, Rafa vai ganhar muito mais. É por estes comentarios ridiculos postados acima q eu sempre me divirto em postar: COMO OS CARAS TAO SOFRENDOOOOOOO KKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  23. MARILIENSE

    O Novak Djokovic é sim o maior adversário do Rafael Nadal. É o unico que pode vencer Nadal e jogando de igual para igual com o espanhol em qualquer piso. Agora a torcida do Roger que me perdoe, mas o suiço é um verdadeiro amarelão, frouxo, ele não é homem pra fazer frente ao espanhol. Serena Willians seria um adversario mais perigoso para Rafa que o fregues suiço. Não é o mariliense que está dizendo ….são os numeros que não mentem

    Responder
  24. TIBERIO

    É muito triste ver o RECALQUE de tanta gente em cima do Touro Miúra! Aprendam a olhar o que esse magnífico jogador representa para todos nós acima do Tênis! O cara é exemplo de vida em vários aspectos…. É o exemplo de que com dedicação, força de vontade, garra, estratégia e determinação você pode chegar no topo e vencer até mesmo o mais talentoso tenista que já surgiu na História e ainda mais superá-lo, tornando-o FREGUÊS DE CARTEIRINHA! Fora os inúmeros títulos e retornos épicos que tem dado nos últimos anos…. Ademais, para as federetes freguesas vocês gostariam de CPF na Nota?

    Responder
  25. Luis

    O que se ve no discurso de quem nao gosta do Nadal nada mais eh que um reflexo do que vemos em clubes e torneios amadores. Sabe aquele cara atletico que acha que tem um otimo forehand, com uma preparacao e terminacao plastica, perde para o gordinho que da slice o jogo todo e poem o adversario para correr a quadra toda? Esse cara perde os jogos pro gordinho e conta pros amigos e familia que perdeu para um cara muito ruim. Esse mesmo cara diz que o gordinho nao bate nenhuma bola direito, so da slice, nao tem golpe bonito e tem um jogo chato. Esse mesmo cara vem aqui para falar mal do Nadal. Tudo besteira. Um grande tenista precisa ter muito mais do que golpes plasticos. Precisa ser forte mentalmente, precisa ter um grande fisico, precisa executar a tatica correta na partida, precisa saber ler o saque do adversario, precisa saber mexer com a parte mental do adversario, precisa saber ler o jogo e mudar de tatica quando necessario, etc… A evolucao do Nadal ao longo do tempo e a capacidade dele resolver problemas o coloca entre os maiores tenistas de todos os tempos. Nao interessa se voce acha o golpe dele nao tao plastico quanto ao de outros tenistas ou se boa parte das bolas dele passa mais alta da rede com muito spin ao inves de proximas a rede com pouco spin. Aprenda a amar o tenis e a entender que a diversidade sempre fez desse esporte o mais apaixonante de todos. Just my 2 cents.

    Responder
  26. Mário Fagundes

    O Blog não fez qualquer referência a dopping. Entretanto é uma discussão recorrente há anos, em se tratando de Rafael Nadal. O espanhol se reinventou nesta temporada. O mental é uma rocha, o melhor do circuito, e sempre foi assim. No plano tático, Nadal é o competidor que melhor enxerga o jogo de seus oponentes. Não importa o momento do jogo. Nunca se abala e se mantém no jogo até o último ponto. Alguém mais no circuito tem essas características? Não, não mesmo! Nadal é absoluto! Tecnicamente, melhorou o saque e deixou de ser aquele tenista devolvedor de bolas. Tudo isso já foi analisado e debatido nesta temporada. Sabemos o quanto o circuito exige dos tenistas fisicamente. Aguentar longas jogos em curtos períodos de descanso não é nada fácil. E todo tenista tem em seu staff um preparador físico, que vai condicioná-lo para suportar todas as variantes que o calendário exige. E é aí que as dúvidas começam a surgir. Embora não existam provas contra o espanhol, sempre haverá dúvidas acerca de sua condição física. Se somente Nadal tem físico pra salvar “bolas perdidas” e se recupera rapidamente para o próximo ponto, então os demais tenistas precisam rever sua preparação física. É fato que o espanhol já esteve com a musculatura bem mais desenvolvida do que hoje. E nesses últimos anos, tenho percebido uma perda de massa muscular. Eu o vejo muito magro nesta temporada. O que teria acontecido com os músculos de Nadal? Sou um leigo no assunto. Exponho somente minhas impressões visuais. É raro ver o espanhol demonstrando algum cansaço durante os jogos. Chega mesmo a impressionar a capacidade de recuperação que ele tem. E enquanto outros tenistas, que se lesionam e passam por uma longa readaptação até encontrar seu melhor jogo, Nadal contraria todas os prognósticos pra realizar a mais espetacular recuperação de um atleta em todos os tempos, após um longo tratamento de 7 meses! Em nenhum outro esporte de alto rendimento há caso semelhante. E isso é mais um fator que desperta dúvidas sobre Nadal. Não sou tenista, mas já fui atleta. Sou um amante do esporte há décadas e já vi alguns absurdos nesses anos. Muitos aqui nem eram nascidos quando a norte-americana Florence Joyner bateu os recordes nos 100 e 200m, entre 87 e 88 (jogos de Seul). Mas somente Ben Johnson, canadense, foi pego no dopping naquela olimpíada. As marcas irreais de Flo-Jo ainda permanecerão intactas por muitos anos. Isso serve de paradigma no caso de Nadal. Penso que se em alguns lugares no mundo, como na França, onde a imprensa de lá, que já levantou algumas dúvidas sobre Nadal, certamente não levantaria essa questão se não houvesse algum indício de que isso seja verdadeiro. Além disso, outras pessoas envolvidas com o esporte já insinuaram algo a respeito. Aqui no blog, um comentarista declarou que “não aguenta mais ver o Nadal ganhar” (rsrsrs). Eu também não! Eu também não! (rsrsrs).

    Responder
    1. BRENO

      Acho q a questão é simples: a lesão não era tão grave, mas o seu staff decidiu q não valia a pena arriscar uma volta nas quadras duras no final de 2012. Por isso optaram em só voltar aos poucos, em 2013. Abriram mão do AO, pois ele iria perder os pontos conquistados em 2012 do mesmo jeito (granda chance de sair nas primeiras rodadas), já apostando no AO 2014 onde ele ira jogar sem nenhum ponto p defender.
      Começou 2013 disputando torneios pequenos, preparando-se p os M1000 no saibro e RG (IW foi muita sorte e Monte Carlo ele perdeu sua invencibilidade), praticamente não disputou Wimbledon e chegou descansado p Montreal e Cinci.
      Agora, q ele treinou muito durante essa parada e modificou seu estilo de jogo p melhor, isso não tenho duvida, até pq essa é uma vantagem q o Nadal e seu tio tem em relação aos outros jogadores.

      Responder
    2. MARILIENSE

      Voce esqueceu de um detalhe amigon : o tenis é um esporte de elite que exige tecnica,tatica,mental e condicionamento fisico diferentemente de atletismo que exige 98% da capacidade fisica . E vai chorar na cama com os 21×10 em cima do chorão fregues e frouxo. O lugar do Roger é no WCT e mesmo assim acho que Serena tem mais testosterona que ele .

      Responder
      1. Mário Fagundes

        Mariliense, você é muito chato! Como um bom entendido no assunto que você acredita ser, por que não respeita a opinião alheia? Por que subestima os feitos de Roger Federer? E mais, chega a baixar o nível como o fez no último parágrafo. Lamentável!

        Responder
    3. Sérgio Boca

      É leviano acusar Florence Griffith Joyner de doping, principalmente porque ela sequer está nesse mundo para se defender; além do que, só porque o Ben Johnson (atleta canadense), foi pego no exame, ela teria que estar dopada também. Uma coisa nada tem a ver com outra e muito menos com Rafael Nadal.

      Responder
  27. Marcos

    Como é bom analisar os números, e vemos o quão as coisas se tornam coerentes…em relação à comparação de Federer x Nadal, é absolutamente uma perda de tempo em discutir quem é o melhor…os números dizem, e não os fãs…FEDERER aos 27 anos, em 2009 (mesma idade de Nadal hoje), retomava o posto de número 01 do mundo, com 61 títulos de simples, e 16 GRAND SLAMS (repito – dezesseis Grand Slams), ano em que quebrou o recorde de Pete Sampras (14 Grand Slams), se tornando o maior tenista de todos os tempos (não pela opinião de fãs, mas pelos maiores analistas de tênis, incluindo jornalistas, jogadores, e ex-jogadores)…obviamente, que isto não tira os méritos de tenistas excepcionais como Rod Laver, Pete Sampras, Bjorn Borg, Ivan Lendl, John Mcnroe, Stefan Edberg, Boris Becker, entre outros, e do próprio Rafael Nadal, que embora em proporções menores que a de Federer, vem acumulando títulos e estatísticas fantásticos. Quando se fala de tênis, sempre imaginei um nível de torcedores que possuem mais racionalidade de análise comparativamente a esportes como futebol por exemplo…não que os torcedores de futebol sejam menos racionais, porém o futebol é algo que nos faz extravasar em função da “paixão”…tênis exige mais análise crítica e minuciosa…sem deixar o coração falar mais alto…portanto, ainda que o lado fã se exteriorize, que o seja de modo agradável (como o do Chiquinho no texto demostrando o lado fã pelo Nadal, sem excessos). Porém, que este lado fã nosso não deixe que coloquemos uma “venda” em nossos olhos diante dos números, recordes, estatísticas, os quais não podem ser ofuscados por um simples gosto de jogador fulano ou jogador beltrano. Que sejamos racionais!!! Abraços fãs “inteligentes” do tênis!!!
    Marcos

    Responder
    1. Fernando

      Somente algumas correções, Marcos, sem tirar o mérito do Federer: ele nasceu em 8.8.1981, portanto a temporada em que completou 27 anos foi a de 2008. Ao final desta temporada Federer tinha 13 Slams, 57 títulos, e fechou 4 anos terminando como N1. Em 2009 ganharia RG e WB, fechando 15 slams e batendo o recorde de Sampras. Nadal, até agora, tem 12 slams, 59 títulos, duas temporadas fechando como N1. Caso ganhe o US Open, empatará em número de Slams que o Federer tinha aos 27 anos, e deve terminar como N1 pela terceira vez. Essa comparação em nada tira os méritos de um ou outro, só é interessante observar que, mesmo tendo habilidades e preferências tão distintas, a carreira de ambos, em títulos, é muito parecida até agora.

      Responder
      1. Marcos

        Fernando, como vc retrocedeu os números pela temporada em que se completou os 27 anos, então vamos lá: – Federer nº de semanas consecutivas como número 1 do mundo: 237 semanas (04 anos e meio); somente este recorde para evitar falsas “similaridades”.
        Sem contar que retomaria o posto de numero 01 do mundo em 2009 (desbancando Nadal), e novamente em 2012 (desbancando Djokovic), demonstrando que nos anos em que os dois poderiam sustentar seus titulos com maior envergadura de semanas, não conseguiram e pararam diante de Federer, mesmo fora da faixa de idade em que o tenista mais matém sua “produtividade” (24-28 anos).
        Porém, como disse, esta distância em relação ao Federer não tira de forma alguma os méritos de Nadal e Djokovic, excelentes tenistas. Porém, status de Pelé , Muhammadd Ali, Michael Jordan, Ayrton Senna, são para poucos…Federer está nesta lista!
        Abraços
        Marcos

        Responder
        1. Fernando

          Concordo que o Federer esteja nesta lista, fez por merecer, jogo plástico, regularidade impressionante, resultados fantásticos. Meu único senão é que talvez, digo talvez, no futuro o Nadal também possa aparecer nela, se conseguir continuar saudável e competitivo. Seus resultados até hoje já o credencia a estar entre os grandes do esporte, se também estará entre os mitos, só o tempo e seus resultados dirão. Aguardemos o passar dos anos.
          Abraço.

          Responder
  28. BRENO

    Analisar números pode ser relativo, pois vejamos:
    Nadal é especialista em quadras lentas e Federer em quadras rápidas.
    Existem 3 GS de quadra rápida (Ao, W, USO) e 1 de quadra lenta (RG).
    ou seja, numa conta básica vemos q Federer tem 3 vezes mais chances de ganhar um GS do q Nadal.
    Aprofudando mais os numeros:
    Nadal: disputou 9 RG e ganhou 8, aproveitamento de 89%
    disputou 26 GS de quadra rapida e ganhou 4, aproveitamento de 15%

    Federer: disputou 15 RG e ganhou 1, aproveitamento de 6%
    disputou 42 GS de quadra rapida e ganhou 16, aproveitamento de 38%

    Ou seja, Nadal tem aproveitamento melhor q Federer, tanto no piso em q ambos são especialista como no piso em q o rival é especialista.
    Caso fosse transferido a porcentagem de aproveitamento de um p o outro, teriamos o seguinte quadro:
    Nadal: 38% de 9 RG = 4
    6% de 26 (AO, W, USO) = 2
    TOTAL = 6 titulos de GS (ele tem 12, o dobro)
    Federer: 15% de 15 RG = 2 aproximadamente
    89% de 42 (AO, W, USO) = 37
    TOTAL = 39 titulos de GS (ele tem 17, menos da metade)

    Conclusão: Matematicamente, em termos de aproveitamento, Nadal é, aproximadamente, 2 vezes melhor q Federer.
    Matematica pura, o q vc acha Chiquinho??

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Poxa sou ruim em matemática. Desculpe a ironia, mas estatísticas podem dizer falsas verdades. Bem pelo menos foi assim que definiu um professor na universidade. De qualquer forma seu trabalho é admiravel e deve empurrar os ânimos de muita gente.
      abs
      Chiquinho

      Responder
    2. Marcos

      Breno, faça a matemática pelas semanas como número 01 do mundo em relação a idade…semanas totais e consecutivas…somente não coloque o resultado pois você ficará extremamente decepcionado, pois não terá coragem de se curvar aos números de Federer.
      Neste caso, terá de abandonar a matemática, e dar vazão ao lado “fã”…mas tente ser coerente e racional quando assumir o lado fã, senão fica extremamente deselegante e fora da realidade.
      Abraços
      Marcos

      Responder
      1. BRENO

        Marcos,
        Sou fã do Nadal sim e nunca me decepcionei com nenhuma conquista dele. Assim como admiro muito o Federer e outros grandes tenistas, como Guga, Sampras, Agassi, etc. Sou fã do Tênis!!!
        A diferença é q vc não vai me ver dizendo q Nadal é o melhor de todos os tempos, pois isso não existe.
        Como eu posso dizer q Nadal é o melhor se existem tenistas com mais semanas como numero 1 do q ele!!!
        Como eu posso dizer q Federer é o melhor se perde de 21-10 p outro tenista!!
        Isso sim, p mim, é coerência!!
        Só usei a matemática p mostrar q dependendo do angulo q se queira olhar, pode haver resultados diferentes.
        Abraços

        Responder
        1. Marcos

          Breno, a carreira sempre deve ser vista como um todo…perder para 01 tenista não desmerece em absolutamente nada o todo da carreira…a regularidade, as conquistas na melhor fase do tenista (24-28 anos), e inclusive na forma em que o tenista reassumiu a posição de número 01…do que adianta o resultado individual comparativamente aos resultados ao longo de 01 ano? daqui a pouco vão comparar Pelé com 70 anos de idade e Messi com 26 anos…quem estará melhor em campo hoje? e isto não quer dizer que Messi seja melhor que Pelé…a análise precisa ter lógica de período e idade. Vamos usar a matemática!!!
          Abraços
          Marcos

          Responder
  29. J. K. (sem Rowling)

    Muito bom seu post Chiquinho. Mas o fanatismo impede o bom senso. Não adianta puxões de orelha educados como você e Dalcim de vez em quando dão nos leitores. Alguém disse que a fã não deveria tomar as dores do Nadal, pode ser, mas acredito que muitos comentários são dirigidos aos fãs e não aos seus ídolos. Gostaria de dizer que o Rafa não tem um jogo bonito, realmente fica devendo isso perto dos belos golpes do Federer, mas é inegável que gosta de vencer. Gosto de assistir jogos entre Rafa e Federer ou Rafa e Djokovic e também Djokovic x Federer. São jogos muito disputados e poucos erros.Federer e Murray (qdo está inteiro) também vale a pena. Qto ao assunto doping, por mais que queira acreditar na inocência do Rafa não posso deixar de pensar que é possível, afinal se a ATP escondeu o doping de uma panga brasileiro (sem ofensa) que equivale a uma pulguinha perto de um “cachorrão” como o espanhol, por que não ? No caso dos cachorrões o dinheiro fala mais alto e é bem possível que tudo seja encoberto, certo?

    Responder
  30. lina

    Quem assiste ACE Bandsports vai saber direitinho pra quem o Chiquinho torce, não só ele como a Renata Saporito. A Renata Saporito escancara legal pra quem ela torce, o Chiquinho, mais discreto, tenta disfarçar, ms não consegue.

    Responder
    1. Marcos

      Aliás, é realmente algo “enfadonho” assistir jogos do Federer sendo comentados pelo Chiquinho no BandSports…chega a ser algo extremamente anti-ético…por exemplo, em Roland Garros, em que Federer jogou as oitavas contra Gilles Simon, venceu o jogo, chegou à 900ª vitoria da carreira se tornando o quarto tenista na Era Profissional a atingir a marca de 900 vitórias , igualou a marca do argentino Guillermo Vilas, maior vencedor da história de Roland Garros com 58 triunfos; de quebra, pela 36ª vez consecutiva, conseguiu se classificar às quartas de final de um Grand Slam (total de 40); mesmo com todos estes números após a vitória, a ênfase do Chiquinho foi de “detonar” o jogo de Federer contra o Francês. Foi um dos maiores fiascos de um comentarista de tênis em um jogo que poderia ser bem mais profissional…agora vem querer passar “sabão” utilizando-se de comentários no próprio espaço reservado para escrever coisas bem mais produtivas. Lamentável. Dê exemplo antes de exigir!!
      Marcos

      Responder
  31. MARILIENSE

    Pra sermos mais práticos e menos matemáticos vamos ao que realmente interessa: Se Federer tivesse disputado contra Nadal os 17 Slams que ele ganhou provavelmente o suiço teria no máximo 5 Slams essa é a realidade. Eles se enfrentaram em Slams por 10 oportunidades e o placar é assustadoramente uma surra no lombo do suiço: Nadal ganhou 8 vezes e o Federer apenas 2 …….. tá bom assim pra voces fregueretes ??????? Feliz Nadal pra todos

    Responder
  32. genivaldo ferreira de santana

    em primeiro lugar , parabéns pelo seu blog., chiquinho, sou totalmente leigo, em debater tecnicas e fundamentos do tenis, mas aprecio por demais esse esporte, fui muito fã do ivan lendl, na minha opnião jogava demais,agora torço muito pelo rafael nadal, acho ele bom demias, sem desmerecer os outros , pois na verdae o que seria de um campeão , sem adversarios a sua altura e talento, se tornaria uma mesmice,não vou discutir estatisticas , números , mas confesso que a cada jogo, a cada torneio, mais me impressiona e vibro com o nadal, acho ele humilde , percebi no programa cqc., da band, ele dando entrevista , até presenteou o reporter com sua raquete. vou assistir o us. open , sem fanatismo, mas com orgulho e prazer de ver esse maravilhoso tenista, quebrando recordes,enfrentando varios jogadores e estilo, e ganhando não com facilidade, mas com muita tecnica, raça e meritos, e um feliz nadal a todos.

    Responder
  33. Levi

    Chiquinho, você provavelmente sabe algumas estatísticas dessa nova fase mais agressiva do Nadal. Poderia me responder, gentilmente, se a quantidade de erros não forçados do espanhol aumentou? Ou a quantidade de winners?
    Obrigado pela atenção.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Levi… não tenho os dados em mãos. Precisaria levantar…Vou ver o que consigo, mas infelizmente nestes próximos dias estarei com diversos compromissos.
      abs e acho que é uma boa pauta…
      Chiquinho

      Responder
  34. Marcelo Monteiro

    Chiquinho, não acredito e nem levanto suspeitas sobre doping do Nadal, mas você não acha que essa contusão no joelho um pouco estranha ? Veja bem, eu tenho um problema sério no joelho( condromalácia patelar) que não me impede de bater uma bolinha, mas seria impossível para mim se jogasse em alto nível( sou um réles 4ª Classe). Não tiro o mérito do Nadal. O cara é um monstro, mas como é que ele tem um problema numa região do corpo extremamente sensível, diz que sua carreira pode acabar e volta a jogar como se nada o incomodasse ? Acho isso muito estranho.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Não tenho qualquer informação sobre esta possibilidade, Marcelo. Eu mesmo já relatei aqui minha surpresa quando conheci Nadal em Monte Carlo e fui vê-lo depois em RG no ano seguinte. Mas na minha escola de jornalismo aprendi que não se deve falar o que não se pode provar, ou mesmo tenho informações para especular.
      abs
      Chiquinho

      Responder
      1. Marcelo Monteiro

        Chiquinho, minha dúvida é quanto à gravidade da contusão. Não sei se disseram que era grave para “dar um valorizada” .No saibro, não há tanto impacto nas articulações quanto nas quadras duras Eu mesmo estou terminantemente proibido de jogar futsal, tenis( em quadras rápidas) , volei e de correr na rua, por isso não se o Nadal movimentaria desse jeito em quadras rápidas se o problema no joelho dele fosse grave. Veja bem, antes de algum fã do cara me espinafrar :não estou acusando o espanhol de coisa alguma. Só acho jogo de cena agravar algo que está mais que provado que não era tão grave.

        Responder
  35. Luiz Fernando

    É Chiquinho, veja como o Dalcim sofreu com algumas criaturas mal educadas q ficavam postando ofensas gratuitas quando ele não moderava! Esse cidadão q postou ofensas ao Mariliense, q foram apagadas, fez a mesma coisa lá. Coincidencia ou não, 95% das ofensas eram postadas por um determinando segmento, após as vitorias repetidas de um determinando tenista e a decadencia clara de outro. Se educação e bom senso pudessem ser compradas seria tão mais facil p alguns…

    Responder
    1. Sérgio Ribeiro

      Fernando , para um adolescente suas preocupações com Federer sao compreensíveis . Afinal conhece o Esporte a pouco Tempo. Nosso amigo de Marília nao. E’ raposa velha , sabe que Rafa , Novak e Murray sao de outra Turma, e cansa suas repetições . Diz que que Borg foi o maior de todos, e se contradiz o tempo todo. O Tenis para esse cara vem em terceiro plano. Abs!

      Responder
        1. Sérgio Ribeiro

          Inconsistente e’ ver um Craque aos 32, dar o maior calor que Rafa recebeu em Cincinnati, e nao saber admirar. Se preocupe com Novak, que já superou Rafa Nadal em Slans e em Masters a muito Tempo fora do Saibro. Ou o Adolecente ainda nao tinha reparado? Abs !

          Responder
          1. Luiz Fernando

            Vc está tenso? Escrevendo c dificuldade? Calma, dá uma passadinha lá no youtube, veja algum titulo do aposentado no passado distante, aquele q não volta mais. Eu sei q na atualidade tá meio dificil, mas tenha esperança, não se desespere, a fé remove montanhas. Vc é o retrato da torcida do aposentado, aquele pessoal q se considera acima dos demais, com uma soberba exagerada e injustificada, q chega ao ponto até de adivinhar a a faixa etária de pessoas q não conhece e não noção q de quem sejam. Sugiro a vc, em momentos de mais desespero como esse, com vitorias seguidas de quem vcs mais odeiam, q vá a uma igreja, medite, quem sabe não surge uma luz no fim do tunel. Em sua homenagem, uma frase nova: COMO OS CARAS TAO SOFRENDO KKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!

  36. Sérgio Ribeiro

    Olha Chiquinho, quem pela segunda vez consecutiva e’ eliminado de Wimbledon precocemente, o Título de só Da Nadal, nao soa bem . Federer e até Isner , provaram que o Espanhol esta longe de nao ser batido. Esta parado em 4 Slans fora do Saibro a muito Tempo. E’ muito pouco para o mais preparado mentalmente , e estrategicamente e’ aquele que ” Sabe” sair de todas as situações . Rafa e’ o favorito para o UsOpen . Mas muito longe de ser barbada. Abs!

    Responder
  37. Stan

    Sei q cada um tem um ponto de vista sobre os temas acima citados ( quem e’ melhor, doping, talento, determinação , …. ), mas graça a uma geração espetacular este tipo de debate existe. Tênis e’ um conjunto de fatores ( físico , talento, dedicação, patrocínio, e para mim o principal e’ ter e estar com a mente forte, se apegar a um dos itens nao e’ falar de tênis, um esporte individual, no qual cada esportista tem q lidar com suas deficiências.
    Chiquinho, ontem o Fernando Meligeni comentou q apesar de um momento muito talentoso do tênis, os tenistas estão se respeitando demais, sem provocação, sem capacidade de acreditar em vitorias difíceis, o q acha ? Tem saudades do mc enroe, connors, safin, hewitt, …….. ?
    Seu blog ótimo.
    Abs

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Não refleti sobre este tema… mas o Fino pode ter sim razão. Acho que o degrau está mais alto entre os líderes e os tenistas do grupo intermediário…. mas agora o momento é do Fino comentar… eu prefiro ouvir
      abs
      Chiquinho

      Responder
  38. silviofmodeSilvio Fernando Modé

    Chiquinho,
    É irritante ver seus comentários, pois você é TORCEDOR” do Nadal, e não COMENTARISTA DE TÊNIS…

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Boa… há tb quem garanta que sou torcedor do Federer. Outros, como no jogo Nadal e Djokovic, alegam que estava do lado do sérvio nas semis de RG. Gosto mesmo de um bom tênis e sei aplaudir as boas jogadas. Vc nunca vai me ver vibrando com uma dupla falta, nem mesmo do time adversário do Brasil em jogos da Copa Davis.
      abs
      Chiquinho

      Responder
    2. Chiquinho Leite Moreira

      Boa… há tb quem garanta que sou torcedor do Federer. Outros, como no jogo Nadal e Djokovic, alegam que estava do lado do sérvio nas semis de RG. Gosto mesmo de um bom tênis e sei aplaudir as boas jogadas. Vc nunca vai me ver vibrando com uma dupla falta, nem mesmo do time adversário do Brasil em jogos da Copa Davis.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  39. Henrique Farinha

    Chiquinho, noutro dia houve um debate sobre o tênis feminino num de seus posts e houve gente que disse que, no tênis feminino nos EUA, só havia Serena e ninguém mais. Eu discordei. Pois é… Temos Sloane Stephens, 20 anos e cabeça 15 do US Open, na 2a rodada. Victoria Duval, #293 do mundo aos 17 anos e que hoje derrotou Samantha Stosur. Isso é não ter nada? Seria legal vc fazer um post sobre o trabalho de base nos EUA e que fenômenos não são criados, e sim lapidados. Não vai aparecer uma Serena a toda hora, mas, com um trabalho de base com muita gente jogando, fica mais fácil motivar as pessoas, ter jogadoras de alto nível e, quem sabe, surgir um fenômeno. Abs!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É verdade Henrique… o tênis americano está precisando de novos ídolos e são várias promessas no feminino.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  40. Antonio

    Tenho 61 e jogo deste jovem. Já fui bom suficiente para dizer que tudo passa no seu tempo.
    As discussões apaixonadas são inócuas. Afinal eles não sabem nem que nós existimos.
    Vamos praticar o tenis que está de bom tamanho.
    Play!

    Responder
  41. Guilherme de Souza

    Para mim o dopado é o Federer, que apesar de continuar um saco de pancadas do Nadal, se mantém no circuito depois dos 30. Creio fortemente que esse velho está sujo.

    Responder
  42. Anderson

    Então agora ele também está se dopando?
    E a ATP novamente encobrindo? Pelo que entendo disso é que durante o ano inteiro de cada um de sua carreira ele se dopou e foi encoberto… Isso é plausível?

    Responder
  43. MARILIENSE

    Choro de perdedor. Eu sei que 21×10 é duro, é sofrido, é angustiante, o Federer e seus fãs estão quase se suicidando. É muita humilhação, voces já perderam a vergonha e agora só sabem ofender. E vai ter mais surra em cima do pangaré 21×10 vai sim pode esperar….vaaaaaaamooooooos campeão,fenomeno espanhol. A INVEJA MATA E OS COITADOS ESTÃO MORTOS

    Responder
  44. O LÓGICO

    Como é que é? Ficar chateada porque alguém critica seu tenista predileto? Tomar as dores do próprio tenista, que nem sabe que nós o espinaframos kkkkkkkkkkk Isso me parece paixão carnal, e não admiração kkkkkkkkk.

    Sobre o Doping, ele é bem factível, e Lógico, kkkkkkk. Já se especulou muito sobre essa questão e a saída dele do circuito justamente quando nas Olimpíadas se prometia maior rigor no controle foi muita coincidência, kkkkkkkkkk. Mas outra coisa também chama a tenção, por que o robozinho com software de tênis ofensivo em teste passou a adotar uma postura radicalmente ofensiva, procurando encurtar os pontos, logo após seu retorno? A resposta é LÓGICA, porque ele não passaria mais a contar com os efeitos da porçãozinha mágica kkkkkkkkkkkkkkkk.

    A meu ver ele se dopava, sim kkkkkkkk E vamos parar com a infantilidade do amor platônico, ok? O robozinho não sabe nem que você existe, e se soubesse, isso não ficaria mais que um centésimo de segundo em seu hardware.

    Responder
  45. Gilberto Heredia

    Também acho que o Federer se dopa, mas com maconha. Aí, alguém avisa pro Federer que maconha deixa lerdinho, lerdinho kkkkkkkkk Não aguenta uma corridinha kkkkkkkkkkk

    Responder
  46. Luiz Fernando

    Meu caro, vcs é q precisam mostrar respeito com um tenista q junto c o RF conquistou os slams nos 4 pisos e tem algo q o suiço amarelão nao tem e jamais terá: ouro olimpico nas simples. Sempre q o RF ganhou, isso, é claro, num passado muito distante, nunca vi um torcedor do Nadal desmerece-lo, ao contrario do q vcs fazem, atribuindo seus resultados a essa insinuação nojenta de doping. Tambem já houve boatos de o Federer era veado, vc deve se lembrar, acho q vc não deve ter achado nada agradavel achou? Antes de cobrar respeito dos outros, é preciso respeitar, dar o exemplo. E a parcela baixa, mediocre, recalcada, invejosa, torpe da torcida do aposentado apenas dá maus exemplos, vide o ocorrido no blog do Dalcim, no qual esse tipo de comportamento dos seus amiguinhos de torcida levou a moderação dos comentarios, tal o indice de ofensas e baixarias postadas. Assim meu prezado Alex, vcs é q precisam respeitar, ou será q acusar sem fundamentos é sinal de respeito?

    Responder
  47. Fernando

    Ok Alex, entendi. Só acho desnecessário requentar um assunto já batido. E não sei o por quê desta alta de pureza em torno do Federer, o único tratado como “acima de suspeitas”. Falar contra o doping todos falam, e reafirma quê não acredito em esporte profissional totalmente limpo, seja por doping, seja por apostas, sei lá. Só não acho quê valha a pena, para o torcedor comum, perder tempo com isso. Para nós o esporte é diversão, chatice eu já tenho no trabalho.
    Sites falando de doping deste ou daquele tem aos montes. Suspeitas pelo retorno espetacular do Nadal , tambem .
    Suspeitas pelo ano fantástico do Djoko, o de 2011, também. Prefiro ver os jogos, me divertir, e pronto.
    Abs e boa Milão para vc, cidade boa.

    Responder
  48. Sergio Penedo

    O fato de Federer ser o nome do tênis na era aberta não significa que ele faça frente ao Nadal, pois são coisas totalmente distintas… leia bem o comentário que você atacou.

    Responder
  49. Bebeto

    Mas se vc está dizendo q ele passou a ter uma postura ofensiva procurando encurtar os pontos porque ele não passaria mais a contar com os efeitos da porçãozinha mágica kkkkkkkkkkkkkkkk, é pq vc ja admite q atualmente ele nao está usando a poçaozinha magica. Entao ele nao é tao ruim assim.

    Responder
  50. GeCesar

    Deixa eu ver se entendo a sua lógica. O Nadal não vinha ganhando muita coisa, mas estava dopado então para não ser pego ele resolveu ficar 7 meses parado. Aí, como ele estava “limpo”, ele resolveu voltar, mas ai passou a ganhar tudo. Bom, então ele é melhor quando não se dopa?

    Responder
  51. MARILIENSE

    …. e nas hards Nadal 7×6 inclusive 2 vezes no Australian Open, SORRY amigon . Medalha de ouro olimpica individual e Copa Davis são titulos importantissimos que Federer jamais terá. E Nadal ainda deve ganhar uns 2 Fiinals até o final de sua carreira. E os 21×10 de agora se o seu idolo não se cuidar vai virar um saco de pancada de dar dó. Abraços e antecipado Feliz Nadal amigon

    Responder
  52. petunia moreira

    realmente o assunto é outro, mas Chiquinho, acho vc é, super simpático e tal e sempre q posso assisto seu programa na tv, mas, por favor, Amelie Mauresmo, não se pronuncia como se escreve, por favoooooooooooooooor, é “morresmô”, JÁ NÃO CHEGA O TANTO DE ERROS DE PORTUGUES DO POVINHO QUE SE ACHA TÉCNICO DE TENIS!

    Responder
  53. Chiquinho Leite Moreira

    Poxa em RG vc deve ter ouvido meu scrnto r as traducoes simultaneas. Mas nao dah pra fazer biquinho a toda hora . eh uma questao de linguistica.qlq hora aprofundamos no assunto.
    abs
    Zchiquinho

    Responder
  54. Chiquinho Leite Moreira

    Petúnia (com ou sem acento?) agora já dá para aprofundar um pouco no assunto, pois escrever no cel é chato. Primeiro agradeço sua preocupação com a pronúncia. Mas como vc gostaria que a gente falasse o nome da Wozniacki… Não dá para chama-la de Carolaine… dizemos sim Caroline, com i mesmo, embora em todo mundo ela seja chamada de Carolaine. Algo parecido ocorre com as imrãs Willimas. Na minha opinião se chamar a mais nova de Sirina, com o erre tb abrandado, teria de chamar a mais velha de Vinas, ou alguma coisa parecida, pois na escrita nem sempre dá para chegar à pronuncia perfeita. Preferi recorrer a linquística e me tornar claro, sem dúvidas, de quem estou falando. Por isso, falo Mauresmo, embora já tenha aprendido o acento francês, e tb falo Caroline, embora tb tenha aprendido o acento em inglês.
    abs
    Chiquinho

    Responder
  55. petunia

    oieeee, agradeço sua resposta. Revela q vc é uma pessoa de bem com o mundo. A propósito, é petúnia sem acento mesmo, embora priscas eras alguns acentos eram usados e hj não mais (sou do tempo que o saudoso Procópio era presidente da Fed.Paulista deTênis). Tenha certeza q estarei pendurada na tv a partir de hj, vendo e ouvindo vc, com ou sem acento, belê?
    abraços. e sucesso sempre.
    Petunia

    Responder
  56. Chiquinho Leite Moreira

    Petunia, infelizmente, o canal em qual trabalho não transmite o US Open. Mas nem por isso vamos deixar de acompanhar o torneio. Desejo sorte para quem estará no ar nestes 15 dias. Espero estar in loco na segunda semana. Boa lembrança do saudoso Procópio. Tinha uma raquete assinada por ele… abs
    Chiquinho

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>