TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Nadal número 3, quase 1
Por Chiquinho Leite Moreira
agosto 12, 2013 às 2:38 pm

Rafael Nadal não usa mais a bandagem de proteção no joelho (aliás alguém se lembra se é no esquerdo ou no direito?). A essa altura do campeonato não dá nem mesmo para se falar mais em lesão. O assunto agora é liderança do ranking. Com a conquista do Masters 1000 de Montreal, Canadá, com vitória sobre Novak Djokovic nas semifinais e um passeio na decisão, com Milos Raonic, o espanhol coloca-se como forte candidato a terminar o ano na liderança do ranking da ATP..

Dissimulado como sempre, Nadal procurou esquivar-se do assunto. Mas suas declarações deixam evidentes o seu objetivo para este segundo semestre. Disse que não fez conta, mas fez. Fala que a temporada é favorável para o estilo de Novak Djokovic, em torneios com superfície sintética. É sempre assim. Os principais tenistas do tour procuram tirar o peso da responsabilidade das costas. Afinal, quem acredita que eles não analisam a chave? Chegam ao ponto de declarar que nem mesmo viram qual foi o resultado do sorteio.

Se Nadal diz que não está na briga, a situação revela que está… e com grande potencial de realmente terminar o ano como líder. A diferença hoje com Djokovic ainda é significativa. O espanhol chegou esta semana a terceira colocação, com um detalhe dos mais importantes: não tem pontos para defender. Enquanto isso, o sérvio terá desafios intensos pela frente, como 1,2 mil pontos do US Open, 1,5 mil de Xangai e Pequim, sem contar ainda 1,5 mil do Finals.

É claro que o melhor já passou para o espanhol. Mas, se por um lado tinha a vantagem de jogar no saibro, por outro revelava ainda a falta de confiança no joelho. Foi assim em Viña del Mar, quando perdeu para Horácio Zeballos. Depois, em São Paulo, andou escorregando mas levou o título do Brasil Open. Em Acapulco atropelou David Ferrer. O mais incrível aconteceu em Indian Wells: campeão no cimento, em torneios que muitos duvidavam que sequer jogaria. Em Monte Carlo perdeu para Djokovic. Ganhou Barcelona, Roma, Madri e deu show em Roland Garros. Tropeçou em Wimbledon, mas ergueu-se de forma esplêndida em Montreal.

É o número três do mundo, com aquela cara de quase um.

ACE BANDSPORTS EM CINCO SETS – Assim como nos torneios do Grand Slam e também nos confrontos da Copa Davis, o Ace Bandsports, programa exclusivo de tênis no canal Bandsports, passou de meia hora de duração para uma hora inteira. Vejo isso como uma vitória do tênis. É isso mesmo a audiência impulsionou esta nova era.

Para não ficar arrastado, como se diz, criamos novos quadros. Um deles chama-se Challenger. O assinante tem participação decisiva. No programa de abertura do novo Ace, semana passada, discutimos uma possível aposentadoria de Roger Federer. Se o assinante considera que o suíço deveria sim pensar em preparar sua saída das quadras votou em ‘bola boa’ para a ideia de buscar o melhor caminho para a aposentadoria. Mas se achou que este negócio dele pendurar a raquete é bola fora, deu seu voto como ‘bola fora’. A maioria, como era mesmo de se esperar, quer continuar vendo Federer em ação, mesmo que ele tenha se afastado dos bons resultados.

Na próxima edição do Ace, o Challenger discutirá a bolada de Nadal em Djokovic nas semifinais de Montreal. O assinante vota em ‘bola boa’ se considerar que Nadal deu uma bola boa, jogou como deveria e não teve intenção de acertar o adversário. Pode votar em ‘bola fora’ se achar que o espanhol jogou errado e poderia ter evitado a bolada em cima do rival.

Importante: o Ace Bandsports agora é nas quartas feiras das 20 hs a 21 hs e não mais nas terças às 20h30.


Comentários
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Foram várias reprises durante a semana. Creio que quatro… mas vou me certificar dos horários e informo.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  1. Marco Tulio

    Grande torneio do Nadal!!!! Parabéns mesmo!! Foi muito agressivo!! Eu disse que ele voaria na temporada de hard courts e que a derrota em Wimbledon não tinha desculpa de joelho. Aliás, as desculpas do Nadal nas derrotas são o único “fundamento” que ele precisa melhorar.

    Responder
    1. REnato

      Nossa como tem gente ingênua. A começar do blogueiro que ainda insiste em dizer que o maior baloeiro de todos os tempos tem problema no joelho. Quando perde aí tem ! E ganhou alguns meses para treinar e descansar o físico baleado!O cara é um dissimulado e nestes tempos de internet e tecnologia achar que o mala se machucou é muita inocência!

      Responder
      1. Luiz Fernando

        É baleado deve ser o aposentado suiço q todos diziam ter uma contusao grave nas costas, q o impedia de sacar normalmente, e q em 10 diazinhos de descanso está perfeita, nas palavras do proprio tenista. Vamos aguardar pela nova desculpa quando as derrotas voltarem…

        Responder
        1. Henrique Farinha

          Federer tem problemas nas costas há anos, algo que acomete inúmeros tenistas e que efetivamente atrapalha, às vezes mais, outras menos. A questão é que, com a idade, tende a piorar, e muito. Como lidar com isso é um desafio, ainda mais para um cara que ganhou o que ele ganhou. Ele parece realmente disposto a tentar alternativas. Mudar de raquete nessa altura do campeonato é uma demonstração disso. Com 32 anos, todavia, fica difícil. Se um tenista de alto nível costuma iniciar a descendente com 27 ou 28 anos, aos 32 já dá para imaginar o esforço que tem de fazer para se manter competitivo. Federer consegue ainda estar no Top 10 por sua técnica diferenciada. Jogadores que dependem mais do físico certamente têm muito mais problemas para conseguirem o mesmo em idade parecida.

          Responder
  2. Jeferson Luis Monroy

    Boa tarde, sempre acompanho e leio os posts do Chiquinho e do Dalcin aqui na Uol, mas hoje não pude deixar de comentar. É incrível como o Chiquinho se refere ao Nadal, sou sim torcedor do espanhol, apesar de admitir que o Federer foi o melhor de todos. Todos os posts do Chiquinho deixam no ar um desconfiança, critica ou até mesmo uma torcida contra o Nadal. O que realmente é uma pena, dada a capacidade dele de comentar… Uma pena!

    Responder
  3. Luiz Fernando

    Como de habito, os comentarios abalizados e isentos da torcida do youtube revelam exatamente a faceta invejosa e mediocre das aposentadoretes… COMO OS CARAS TAO SOFRENDO KKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  4. MARILIENSE

    Roger Panga deve estar com inveja do 21×15 que Nole tomou do fenomeno espanhol. Fica tranquilo Federer que o seu 21 também está guardado rsrsrsrsrrsr…….(sem ofensa)

    Responder
    1. Marquinhos

      Se Federer tivesse a mesma idade dos dois, dominaria o circuito com certa tranquilidade, pois é superior técnicamente a todos.
      Será que Nadal conseguirá superar o abismo de titulos e recordes que o diferencia do REI Federer???
      Eu acho que é mais fácil chover diamante. kkkkkkkkkkkkkkk
      Sem contar que Roger tem muito mais admiradores e fãs que o Espanhol.
      Federer é disparado o melhor de sua geração.
      E não teve nenhuma alma aqui para concordar com você, muito menos o blogueiro.
      Mas só os ignorantes não se contradizem e um dia você vai se contradizer.

      Responder
      1. Marta

        Desculpa, mas o Federer não tem o Golden Slam, não tem 25 máster, e não esqueça do detalhe que engraçado como ele pode ter sido o melhor se já perdeu 20 VEZES para o fenômeno Rafael Nadal? Não consegue jogar e ganhar do Nadal é sempre um passeio. Aliás no circuito o Nadal já ganhou muito mais vezes do sujeito que qualquer um dele.

        Responder
      2. Marcelo F

        Nada a ver esse negócio de idade. A partir dos 30 tudo bem, é natural a queda física. Mas Federer vem perdendo mais que ganhando para esses três desde 2008, quando tinha 27 anos. E quando tinha 24, 25, perdia bastante para o Nadal de 19, 20. O mesmo Federer que só virou esse extraordinário jogador em 2003, aos 22 anos. Curiosamente a mesma idade de Nadal em 2008, não? E a de Djoko e Murray em 2009. E o principal de tudo: Federer reinou absoluto por quatro anos (2003 a 2007), com muita justiça aliás. Acontece que depois teve o nível alcançado pelos outros e daí vimos no que deu. E quando digo nível, não estou falando de plasticidade (não confundir com técnica), estou falando de resultados. E o fato de ter mais fãs não faz um jogador ser melhor que o outro, embora o Federer seja mais jogador que o Nadal, pelo menos até o momento.

        Responder
    2. Marquinhos

      Vou plagiar um colega do blog.
      1- Recordista de titulos de Slam(17)
      2- Recordista de titulos em Wimbledon(7) O maior, melhor e mais dificil Slam.
      3- Recordista em premiações em dinheiro. Mais de 78 milhões de dólares.
      4- Recordista de semanas na liderança do ranking(302).
      5- Recordista de semanas seguidas na liderança do ranking(237). O segundo é Connors(167).
      6- Único tenista a vencer o U.S Open 5 vezes seguidas(2004 a 2008).
      7- Único tenista na história a vencer 5 vezes seguidas dois Grand Slam . Wimbledon( 2003 a 2007) e U.S Open( 2004 a 2008.
      8- Recordista de vitórias seguidas no U.S Open(40) entre 2004 a 2009, antes de perder para Del potro.
      9- Recordista de vitórias em Slam(250).
      10- Federer é o único tenista da história a ser o primeiro cabeça de chave em 18 Slams consecutivos, entre Roland Garros 2004 e Wimbledon(2008).
      11- Federer é o único tenista a vencer 4 finais consecutivas dos Slams que disputou.
      12- Federer é recordista de titulos de Masters Finals( que só perde em importancia para Slams). 6 troféus.
      13- Federer é o único tenista na história a vencer o Finals de forma invicta mais de uma vez(2003, 2004,

      Único tenista na história a vencer 4 vezes 3 Slams diferentes( W, AO E U.S O).
      15- Federer encarou 12 tenistas dferentes e bateu 11 deles em finais de Slam( só perdeu para Delpo). Recorde.
      16- Federer é um dos 7 da história a vencer os 4 Slams.
      17- Federer manteve a sequencia de vencer pelo menos um Slam em 8 temporadas seguidas. (2003 a 2010).
      18- Federer é o único tenista da história a ter ganhado pelo menos uma final em cada um dos 4 Slams sem perder sets.
      19- Federer tem 24 finais de Slam. Recorde absoluto.
      20- Federer é o único tenista da história a vencer 3 Grand Slam na mesma temporada em três ocasiões. 2004, 2006 e 2007 venceu Wimbledon, Australia Open e U.S Open.
      21- Recorde de 10 finais consecutivas de Slam entre Wimbledon 2005 e U.S Open 2007.
      22- 23 semi-finais consecutivas de Grand Slam entre Wimbledon 2004 e A. Open 2010.

      24- Federer é o único tenista na história que passou três temporadas seguidas pelo menos vencendo 10 titulos em ada uma entre 2004 e 2006.
      25- 56 vitórias seguidas em quadras duras( 2005 a 2006) Recorde.
      26- 65 vitórias seguidas em quadras de grama(2003 a 2008) Recorde.
      27- Federer tem a maior sequencia de vitórias seguidas contra top-10( 2003 a 2005) Recorde.
      28- Entre 2003 e 2009 Federer participou de 7 finais seguidas em Wimbledon. Maior sequencia da história do torneio.
      29- Federer venceu 24 finais seguidas de torneios entre 2003 e 2005. Recorde.
      30- Federer tem 52 titulos em quadras duras. Recorde absoluto.
      31- Terceiro maior vencedor de torneios.
      32- Segundo maior vencedor de Masters.
      33- Medalha de ouro e prata em Olimpiadas.

      Será que alguem pode fazer melhor?????

      Talvez daqui a 100 anos. kkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder
        1. Marquinhos

          Federer, Novak e Murray não são especialistas em saibro. Nadal não jogou com nenhum grande saibrista. Esse foi o cara mais beneficiado pela geraçãoo fraquissima de saibristas. Rafael não conquistaria nem 3 Roland Garros se os citados fossem saibristas.

          Responder
      1. Marta

        Federer só ganhou quando o circuito não tinha ninguém! E não vem dizer que agora é a idade, pois veja a Serena que show! Ele devia aprender com ela!

        Responder
        1. Renato

          Há um leve engano ai. Na verdade se voce reparar bem o federer começou a despontar de vez em 2003 e Nadal em 2005 ( dois anos de diferença ) . Blz até 2007 ( nadal possuia 3 rollang garros seguidos), sem contar que o federer até 2012 só ficou sem conquistar slam em 2011 ( isso mesmo com outros adversários de porte como murray , djo ) . Outro delalhe é que quando federer ainda estava no auge e o nadal estava entrando no auge a grande maioria dos confrontos entre os dois foi no saibro ( piso que nadal tem grande vantagem contra todo mundo). Suponhamos Federer jogando o seu melhor tenis ( o que hoje não joga mais nem em quadra dura e nem em grama) contra o nadal so na grama e na quadra dura será que o histórico de confrontos iria ser desta forma ? Eis a questão.

          Responder
          1. Renato

            Concluido vê-se que mesmo em geração mais forte ele continuou com certa regularidade e aumentando suas marcas.

        2. Henrique Farinha

          Marta, vc até pode preferir o Nadal, é um direito seu, mas dizer que quando Federer surgiu não havia ninguém é não querer enxergar a realidade. Vamos lá: Federer virou profissional em 1998. Tempos de Sampras, Agassi, Guga, Moya, Corretja, Henman, Bruguera, Muster, Kafelnikov, Rafter, Norman… Depois ainda vieram Safin, Hewitt, Roddick e, pouco depois, o próprio Nadal. Isso é ter algum problema de geração? Todos os que citei, exceto Corretja e Henman, ganharam GS. Todos foram #1 ou #2, exceto Henman, que chegou a #4. Agora, vamos lá. Tirando os “quatro fantásticos” e Del Potro, quem mais ganhou GS da leva atual? Ninguém. Hoje, vc vai a um GS sabendo que um dos quatro, quando muito, será campeão. Hoje, há um desnível muito maior entre esses quatro e o restante do que havia há dez ou vinte anos. Eles jogam noutra divisão. Ficar nessa disputa de Fla x Flu para defender as preferências sem considerar os fatos não dá. Tênis não é futebol e fica muito chato discutido dessa forma.

          Responder
          1. Marta

            Concluindo, começou na época final de Sampras, Agassi e etc! Veja você a realidade, Federer não consegue ganhar do Nadal! Então, não há como ser considerado o melhor do mundo! muito menos de todos os tempos.

      2. Marcelo F

        Grande números, sem dúvida. Muito merecidos e muitos inalcançáveis. Os números 16 e 17 foram alcançados ou superados pelo Nadal, e o 32 já era líder. Alguns são subjetivos (2), outros não tem nada a ver (3, afinal se paga muito mais hoje). Na minha opinião, os mais espetaculares são: 1, 4, 5, 7, 12, 9, 20, 21, 2, 6, 22, 24, 25, 26, 29, 30, 28. Realmente recordes extraordinários.

        Responder
      3. TIBERIO

        Medalha de ouro em olimpiadas nas duplas kkkkkkkkkkkkkkkkk…. Agora vão começar a colocar conquistas em duplas pra tentar utilizar como argumento! Que fase hein amigo!!!!
        Federer tem que correr atrás do seu Ouro na simples pra ter coragem de contabilizar isso na estatística kkkkk

        Responder
        1. Marta

          Ihhhh, mas estará muito velho para conquistar um ouro. Lembre-se que Nadal foi campeão de RG com 18 anos e teve os 4 Grand slam com 24 anos. Federer apenas conseguiu ganhar um Roland Garros em 2009 pq Nadal não estava. Federer já era! Prova disto, o joguinho que fez ontem. Ele deveria ter a sabedoria de falar menos e de párar enquanto pelo menos é top 5.

          Responder
          1. Edson

            Marta, garanto que o Federer trocaria esse titulo de RG por um fim de carreira decente. KKKKKKKK O Sampras nao ganhou RG mas, em compensação, encerrou a carreira com um titulo de GS!
            KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      4. MARILIENSE

        Rafael Nadal 20 x 10 Roger Panga ….. tá bom esse recorde pra voce kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Responder
      5. MARILIENSE

        A maioria dos titulos do Roger Panga 20×10 foi em cima de jogadores inexpressivos como Philipoussis, Roddick, Bagdhatis,Tim Henman,Gonzales ou grandes tenistas em fim de carreira como Agassi, Safin,Hewitt ou iniciantes como Murray e Djokovic. Mas com Nadal foi diferente: desde o primeiro encontro em Miami 2004 Rafa já mostrou quem era o dono do terreiro e já cantou de galo e fez o suiço de galinha:
        29/03/2004 – Miami – R32 – Nadal 2 x 0 Federer (6-3, 6-3)
        03/04/2005 – Miami – Final – Federer 3 x 2 Nadal (2-6, 6-7(4), 7-6(5), 6-3, 6-1)
        03/06/2005 – Roland-Garros – Semifinal – Nadal 3 x 1 Federer (6–3, 4–6, 6–4, 6–3)
        04/03/2006 – Dubai – Final – Nadal 2 x 1 Federer (2-6, 6-4, 6-4)
        23/04/2006 – Monte Carlo – Final – Nadal 3 x 1 Federer (6-2, 6-7(2), 6-3, 7-6(5))
        14/05/2006 – Roma – Final – Nadal 3 x 2 Federer (6-7(0), 7-6(5), 6-4, 2-6, 7-6(5))
        11/06/2006 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (1-6, 6-1, 6-4, 7-6(4))
        09/07/2006 – Wimbledon – Final – Federer 3 x 1 Nadal (6-0, 7-6(5), 6-7(2), 6-3)
        18/11/2006 – Masters Cup Shanghai – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 7-5)
        22/04/2007 – Monte Carlo – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 6-4)
        20/05/2007 – Hamburgo – Final – Federer 2 x 1 Nadal (2-6, 6-2, 6-0)
        10/06/2007 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (6-3, 4-6, 6-3, 6-4)
        08/07/2007 – Wimbledon – Final – Federer 3 x 2 Nadal (7-6(7), 4-6, 7-6(3), 2-6, 6-2)

        17/11/2007 – Masters Cup Shanghai – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 6-1)
        27/04/2008 – Monte Carlo – Final – Nadal 2 x 0 Federer (7-5, 7-5)
        18/05/2008 – Hamburgo – Final – Nadal 2 x 1 Federer (7-5, 6-7(3), 6-3)
        08/06/2008 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 0 Federer (6-1, 6-3, 6-0)
        06/07/2008 – Wimbledon – Final – Nadal 3 x 2 Federer (6-4, 6-4, 6-7(5),
        8), 9-7)
        01/02/2009 – Austrália – Final – Nadal 3 x 2 Federer (7–5, 3–6, 7–6(3), 3–6, 6–2)
        17/05/2009 – Madrid – Final – Federer 2 x 0 Nadal (6-4, 6-4)
        16/05/2010 – Madrid – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 7-6(5))
        28/11/2010 – ATP World Tour London – Final – Federer 2 x 1 Nadal (6-3, 3-6, 6-1)
        02/04/2011 – Miami – Semifinal – Nadal 2 x 0 Federer (6-3, 6-2)
        07/05/2011 – Madrid – Semifinal – Nadal 2 x 1 Federer (5-7, 6-1, 6-3)
        05/06/2011 – Roland-Garros – Final – Nadal 3 x 1 Federer (7–5, 7–6(3), 5–7, 6–1)
        22/11/2011 – ATP World Tour London – Fase de grupos – Federer 2 x 0 Nadal (6-3, 6-0)
        26/01/2012 – Austrália – Semifinal – Nadal 3 x 1 Federer (6–7(5), 6–2, 7–6(5), 6–4)
        17/03/2012 – Indian Wells – Semifinal – Federer 2 x 0 Nadal (6-3, 6-4)
        14/03/2013 – Indian Wells – Quartas-de-final – Nadal 2 x 0 Federer (6-4, 6-2)
        19/05/2013 – Roma – Final – Nadal 2 x 0 Federer (6-1, 6-3)
        E teve também aquela partida histórica em 2007 no chamado Desafio dos pisos disputado em quadra especial,metade grama e metade saibro onde Nadal castigou o fregues por 2×1

        Responder
  5. Roberto

    Dá-lhe, Chiquinho!!!!! As Nadaletes estão loucas na internet só porque vc o chamou de dissimulado.

    Kkkkkkkkkk Nadal é fora de série, mas devemos lembrar que o aposentado Federer tem de tîtulos somente a soma de Nadal + Nole

    Federer já vai parar como Pelé parou um dia. Nadal também vai parar!

    Nadal estará rankeado entre os melhores de todos os tempos.

    Federer, como Pelé, não estará rankeado…

    Responder
  6. TIBERIO

    Até o blogueiro federista está sofrendo! Quanto recalque dessa gente…. Vamos aprender a admirar os feitos dos grandes atletas! Nadal é exemplo de SUPERAÇÃO, GARRA e MENTAL para todos, aliás até CÉSAR CIELO falou que o espanhol, junto com Ronaldo Fenômeno foram grandes exemplos para ele dar a volta por cima nesse Mundial de Natação em Barcelona.
    No mais, esse título é dedicado para todos os ANTIS que sempre argumentam que o Miúra não joga o 2o semestre, nunca jogou bem fora do saibro! Aliás o seu US OPEN, AO e os 2 WB conquistados mandam lembranças para essa trupe de recalcados!
    BAMOSSSS RAFAAAA!

    Responder
  7. Gilberto Heredia

    Gosto muito quando Nadal executa seus “balões“. Fico imaginando a cara de ódio e a frustração dos recalcados. HAHAHA Meu sonho é vê-lo inovar e criar o saque Jornada da Estrelas. HAHAHA e olha que vai dar certo e o cara vai continuar ganhando de todo mundo.

    Responder
  8. Marquinhos

    Nunca teve lesão. Boa parte dos fãs de tênis sabem que os motivos são outros. Dissimulado??? kkkkkkkkkkkkk É mesmo! Bingo Chiquinho.

    Responder
  9. Renato

    Depois dos titulos de Slam o melhor critério para definir quem é o melhor é o quanto o tenista liderou o ranking. Federer reinou muito tempo, Djokovic tem uma boa sequência e Nadal liderou muito pouco. O mais importante é ser regular. De que adianta vencer Roger, Djoko e Murray, mas não conquistar titulos, perder precocemente em Slam(Wimbledon 2 vezes) e ser muito irregular em outros pisos que não seja o saibro?

    Responder
    1. Renato

      Alias, nõo me lembro de nenhum tenista considerado entre “os maiores de todos os tempos”, no auge, perder duas vezes seguidas de forma precoce em Slam. Novak não fez isso e Federer foi perder já com sua carreira perto do final.

      Responder
      1. REnato

        Cada um tem sua opinião que deve ser respeitada, inclusive aquela que acha que o tal de Nadal é ótimo. Agora acho que é desaforo, ofensa, acinte comparar o Roger a esse bezerro, que touro? projeto de jogador de tênis, que teve uma única competência reconheço- tornar um baloeiro jogador de tênis e inventar o anti tenis. ! Ah! Conseguiu também a proeza de ninguém descobrir o “probleminha” de seu joelho que o fez “REPOUSAR” por alguns meses. Porém Federer não merece isso e deve ser respeitado. Pode-se compará-lo a Borg, Mac, Lendl, Sampras, Agassi, Guga e outros que nos ofereceram a beleza do tênis. Então peço com toda gentileza respeitem o Federer que ele mereçe!

        Responder
        1. Chiquinho Leite Moreira

          Gente vcs estão sempre discutindo Flamengo e Fluminense, Corinthians e Palmeiras. O assunto é Nadal com perspectivas de alcançar a liderança.
          Já deu para todo mundo perceber que os torcedores do Nadal são fervorosos, os dos Federer tb. Tb já deu para perceber que os dois tenistas são geniais e merecem respeitos pelas suas conquistas.
          abs
          Chiquinho

          Responder
        2. Marta

          Me desculpa, mas o Federer é almofadinha, ridículo. Não tem o Golden Slam, não tem 25 máster e este que você fica chamando de bezerro só ganhou 20 vezes dele!!!!!! Você não se conforma né?

          Responder
          1. REnato

            Ih Marta vc é gente boa mas deve torcer pru curíntia pra ser tão fa do bezeero, akliás é cruzado de tão ruim!

          2. MARILIENSE

            Dá lhe Marta…… Roger Panga será lembrado como o mais humilhado pelo fenomeno Nadal, o resto é resto

        3. TIBERIO

          Você esqueceu de outra competência do NADAL… TORNAR O FEDERER SEU GRANDE FREGUÊS, aplicando várias SURRAS constantes no suiço almofadinha, mostrando que força de vontade, preparo físico e força mental podem superar até mesmo o Jogador de tênis mais técnico que já existiu…..

          Responder
        4. MARILIENSE

          Voce pidiu nóis te atendeu…… 21×10 cum respeitu, tá bão pra vois mecê sR REnatu kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk dolorosa rsrsrrs mais o Freguerer aguenta

          Responder
  10. Renato

    Quanto recalque, Dona Marta. Parece mimimimimimi

    Não se esqueça que Nadal ficou 3 anos no retrovisor de Federer. Não se esqueça que quando Nadal venceu seu primeiro Slam, Roger venceu mais 13 e Nadal apenas 11. Não se esqueça que Nadal não tem um único Masters Finals, que só perde em importância para os Slams, Roger tem 6. Não se esqueça que Federer tem ouro em duplas.
    Não se esqueça que Roger tem mas fãs, torcedores e admiradores que Nadal e é apontado por99% como o MAIOR TENISTA DA HISTÓRIA. Ele é reconhecido por pessoas que entendem mais de tênis que eu, você ou qualquer um aqui do blog.
    Nadal é o tenista mais fraco técnicamente da história a vencer tantos Slams.

    Responder
    1. TIBERIO

      OURO EM DUPLAS?!?? E me conta porque que ele não tem OURO EM SIMPLES HEIN? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk…. Sinceramente contabilizar resultado em duplas nunca foi argumento e agora a IGREJA me vem com essa…. cada coisa! OS CARAS TÃO SOFRENDOOOOO

      Responder
    2. Marta

      Nossa, Renato você precisa ler mais sobre o tênis. Aliás você já jogou alguma vez? Já foi da federação? Já assistiu jogos lá fora e leu comentários de pessoas conceituadas em inglês, alemão, espanhol, francês e etc? Há, com estes seus comentários tenho certeza que não!

      Responder
  11. Luiz Fernando

    Pera aí Tiberio,q os caras tao sofrendo barbaridades ninguem discute, mas sem plágio, por favor kkkkk! A frase COMO OS CARAS TAO SOFRENDO KKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!! é de minha autoria kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!! O duro é q pelos comentarios desesperados postados eles estão num sofrimento atroz mesmo. E esse Marquinhos já está se ambientando aqui porque daqui há um tempo, se ele de fato tiver palavra, vai ter q se retirar do blog do Dalcim, e sabem pq? Pelos resultados do Rafa kkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!! Vai ser a humilhação suprema kkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!

    Responder
  12. David

    O que houve com as Marias Freguerers? Achei que a temporada do Rafa terminasse em Roland Garros, o que houve? Montreal é saibro também? Legal, quem usa o termo “balão” são pessoas que não entendem porcaria nenhuma e não conhecem um golpe chamado “Top Spin” um dos mais difíceis de ser executados com perfeição, e o que interessa o estilo que o cara joga? Se ele quiser jogar segurando a raquete com os pés o problema é dele, o fato é que vocês se mordem porque o Deus de vocês se caga de medo um “Baloeiro” qualquer, hahahaha chorem sofredores, Nadal saudável é Nadal n° 1 isso é um fato, enquanto vocês analisam os 20 x 10 (hahaha) o Rafa vai direto ao topo, abraço amargos

    Responder
    1. MARILIENSE

      Teve um tempo que o Roger Paga estava tentando imitar o Nadal com mais spin no seu forehand…. deu no que deu kkkkkkkkk de quatro 20×10 rsrsrs spin com 30000 rpm somente um tenista, o fenomeno Rafael Nadal, sorry

      Responder
  13. Mário Sérgio

    Quase primeiro? Chiquinho. O Nadal ganhou bem do Djokovic. Mas os jogos entre eles são muuuuuuuuuuito equilibrados. É possível que o Nadal continue neste ritmo. Mas não muito provável.

    Responder
  14. Henrique Farinha

    Chiquinho, td bem? Parabéns pelo programa, a “versão estendida” ficou muito boa! Quanto a Nadal, ainda pago para ver. Não por duvidar da capacidade tenística dele, mas sim do físico. Após Cincinnatti, vem o US Open. Jogos em melhor de 5 sets em quadra dura. Depois, a turnê asiática, com fecho em Xangai, sempre em quadra dura. E, por fim, alguns torneios na Europa até o ATP Finals, igualmente em quadra dura. Nadal não tem pontos a defender e, por isso, ainda creio que vai maneirar o ritmo para estar em ponto de bala para o Australian Open, onde ele é candidatíssimo, com uma quadra dura, porém mais lenta do que a maioria das do US Open Series, da turnê asiática ou do ATP Finals. Eu acho que ele pode até dar o bote antes, porém é mais provável que o faça na Austrália. Abs!

    Responder
  15. ana maria

    Falar que o Nadal não joga é opinião de quem torce contra o espanhol, porque ele é um tremendo adversário. Ele pode não ter seu estilo de tênis preferido, mas dizer que não joga, só dá balão… Afinal quem inveja não admira. Tive a oportunidade de vê-lo jogar e a bola dele anda muito e muito pesada, e sua concentração impressiona. Além disso, antes de ser fã de Nadal ou Federal, acho devemos reconhecer o que a rivalidade entre eles proporcionou ao tênis e para eles mesmos, coisa que ambos admitem.

    Responder
    1. Renato

      Notei que tem outros Renatos comentando esse post kkkkkkkkkk. Para não haver confusão eu sou o que disse que até 2007 nadal tinha 3 roland garros seguidos e que mesmo em gerações mais fortes Federer manteve uma certa regularidade e continuou a aumentar marcas.

      Responder
  16. Henrique Farinha

    Marta, só para lhe recordar como exemplo: Agassi foi #1 em 2003. Aos 33 anos e após vários problemas de contusão. Ele nã estava no fim, só parou em 2006. Então, assim como não se descarta Nadal, não se pode fazer isso com Federer. E é só ver nas estatísticas que, mesmo com Federer em decadência, Nadal só tem vantagem no saibro. A tendência é ele aumentar o retrospecto favorável, pois 5 anos é muita diferença de idade. No começo, favorecia a Federer, e, nos últimos tempos, a Nadal. O resto é discussão boba típica de fanatismo futebolístico, bem distante da realidade do tênis e à qual os jogadores em questão não dão a menor pelota.

    Responder
  17. Lucas

    O espanhol de fato é “dissimulado” qdo não se põe entre os favoritos.
    Ele sempre vai figurar ente os maiores favoritos em qqr torneio, mas, nos de piso duro e grama, eu não vejo Nadal como o MAIOR FAVORITO. Djokovic é quase q imbatível no piso duro em jogos de 5 sets, o q não corre em jogos de 3 sets.

    Responder
      1. ROSA TORRES

        O IMPORTANTE NÃO É GANHAR O BALOEIRO E DOPADO, É GANHAR TITULOS E PONTO. O BALOEIRO PODE GANHAR MIL VEZES DO ROGER FEDERER MAIS NÃO TIRA A BELEZA DO TENIS DELE E NEM OS TITULOS. PORTANTO: MORRAM DE INVEJA……

        Responder
  18. Cristiane

    Alguém viu a “bolada” na cara do Nole? Ah…eu vi e não achei proposital !!!

    E na boa, Rafael Nadal não é dissimulado. Ele não é arrogante. Rafa sabe, é claro o potencial que tem mais não fica se gabando por ai, porque sabe que não tem mais fracos no circuito e que se não estiver bem pode dançar.

    E tem gente que não se manca e ainda joga uma bolinha com Rafa qdo ele vem ao Brasil….Acho que dissimulados são esses, mas fazer o que…..

    Responder
  19. gustavo aleixo da silva

    grandeeee Chiquinho,sou eu Gustavo ( bauru,aquele q bate uma bola com r guedes),blz?
    como vc sabe ,sou fãzaaaçççooo do rafa ! ,esse tópico vem acalhar ,3 quase 1 ! ,é isso ai rafaaaaa de volta ao topo !
    da lhe rafaaaaa !

    um abraço…( ahhh ele voltou melhor q antes ,já q ta com saque meljhor e backhand muiiitoo melhor )

    Responder
  20. Ricardo

    Estou vendo o Nadal voar nas quadras de Cincinnati. Existe uma enorme disparidade física entre o Nadal e os adversários. A força com que o Nadal bate nas bolas é descomunal. Além de enviá-las a 150 km/h, acrescenta-se um spin de mais de 4000 rpm. Fora o fato de que, em uma arrancada, ele deixa o Bolt no chinelo. Pega todas as bolas.

    Qual será o segredo desse rapaz ? Sei que vivem fazendo exames antidoping nele e não acham nada. Será realmente um fenômeno da natureza, ou fabricado pelo homem ? Não existe nenhum tenista com uma compleição física similar.

    Responder
  21. Luiz Fernando

    RAFAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Rafa Nadal é um gigante, só um jogador fenomenal e de mente forte ganharia esse jogo hj, pois até o final do segundo set o aposentado vinha jogando melhor, acertando bolas impossiveis, qualquer outro desabaria psicologicamente, mas Nadal é Nadal, é diferente, é o cara q tem sangue no olho, na primeira chance fechou o segundo set e a partir daí dominou o jg. Já Federer mostrou q seu preparo fisico precisa melhorar e se entregou mentalmente até a metade do terceiro set, quando tentou voltar já era tarde. Nadal parte rumo não apenas a mais um titulo de MS, pois é o grande favorito contra qualquer um desses outros 3 tenistas, mas tambem rumo a recuperação do numero UMMMMMMMM DO MUNDO, seu lugar de direito. Mariliense meu caro corrija seu placar, 21 a 10, e só subindo. COMO OS CARAS TAO SOFRENDOOOOOOOO KKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!

    Responder
  22. Luiz Fernando

    Rafa voltando ao numero um, a curto prazo, vamos ver se aquele rapaz cujo nome termina em INHOS tem palavra, tem hombridade, e vai sair de um determinado blog, conforme ele mesmo afirmou q faria se isso acontecesse. Estarei aqui p cobrar, alem de estar sofrendo o cara ainda vai ser “expulso” de blogs de tenis pelo Rafa kkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!! É muito sofrimento, acho q nem esse cara merecia isso, mas é a justiça divina kkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  23. MARILIENSE

    Sinceramente estou meio constrangido pelo traumatico 21×10 de Rafa em cima do bom amigo Federer. Fico imaginando o seu sofrimento quando vejo a angustia da sua esposa Mirka,roendo as unhas na arquibancada a cada jogo contra o fenomeno espanhol. Ainda imaginando quando Federer e Mirka chegam em sua residencia e encontra as duas filhinhas que não entendem o motivo do mau humor do pai após cada jogo contra o seu carrasco mor. Acho que o assunto sobre tenis está proibido na residencia dos Federer,pois inevitavelmente isso trará a lembrança da figura do touro Miura, e as duas meninas inocentes poderá começar a torcer pelo mai forte tenista de todos os tempos. Meus sinceros sentimentos de pesar pelos estragos que Rafael Nadal vem fazendo à sua torcida …… Torço pra que Roger não tenha que jogar mais contra Nadal pois temo pela sua saude …. ele está à beira de cometer suicidio

    Responder
  24. Eduardo

    Tecnicamente o Nole é melhor que o Nadal. Tem mais recursos. O fato de um jogador perder para outro não quer dizer que o ganhador seja melhor que o perdedor. A semi de montreal entre e Nole e Nadal foi bem igual. Nole começou o jogo a 50 km/h enquanto Nadal jogo do primeiro ao último ponto a 150 km/h.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>