TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Nadal confessa a maior emoção em RG
Por Chiquinho Leite Moreira
junho 9, 2013 às 6:22 pm

Nem a histórica conquista do 8.o Roland Garros, o colocando como o tenista que mais vezes venceu um mesmo Slam, superando nomes como Roger Federer e Pete Sampras – sete vezes campeões de Wimbledon- comoveu Rafael Nadal. Para o espanhol, este título de 2013 foi o mais emocionante de sua vida, pelo fato de ter significado um renascimento. Como o mito de Fênix saiu das cinzas ainda mais forte.

O calvário de sete meses fora das quadras marcaram Nadal. As dúvidas sobre o seu futuro levaram o espanhol a mudar seus valores. As perguntas eram muitas, como a de será que conseguiria voltar a ser competitivo outra vez? Será que poderia seguir jogando?

Para chegar ao título neste domingo em Paris, Nadal teve de cumprir metas. Subiu degrau por degrau, sem medir esforços. Voltou a disputar torneios menores, superando gradativamente  os obstáculo desde um 250, para um 500,  ou um 1000 até o seu Grand Slam favorito.

Por isso, esta vitória em Paris teve um significado especial para Rafael Nadal. O espanhol revelou-se agradecido a todos. Desde a família, sua equipe, amigos e até mesmo as inúmeras mensagens nas mídias sociais. Garantiu que cada uma delas foi especial. Todos os incentivos foram importantes na conquista deste título. Que, na realidade, não começou há duas semanas, mas sim em Viña Del Mar, passando por São Paulo, Acapulco e todas as outras competições que disputou até a oitava consagração em Roland Garros.


Comentários
  1. Efra

    Para tudo que é novo uma nova emoção… Provavelmente ele irá ganhar R.G mais vezes, acho que esse recorde de ganhar um mesmo slam perdurara por um bom tempo, recordes incriveis são dificies de serem batidos.

    Responder
  2. LauroCezar

    Parabéns, Chiquinho, pelo post e pelos ótimos comentários na tv! Que bom que estamos muito bem servidos de ótimos comentaristas e blogueiros no Brasil!

    Responder
    1. petunia

      boa cobertura de RG, mas atenção no português e na pronúncia dos nomes dos jogadores. Não é M A U R ESMO , pronuncia-se Morresmô. Imperdoável para vc que até fala e entende bem o francês.

      Responder
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Obrigado pela informacao. Mas eh q procuro usar a linguistica e fazer me entender da lelhor forma possivel. Mas vc tem razao embora eu va seguir falsndo Mauresmo
        abs
        Chiquinho

        Responder
  3. TIBERIO

    VAMOS RAFAAAA! Agora o momento pra ele eh de focar no seu 2o semestre, que tem sido bem ruim por conta de tudo nos ultimos 2 anos… Quem sabe tentar ganhar um dos 2 GS restantes, mas se nao pelo fazer campanhas dignas pra retomar o numero 1 ao final do ano.

    Responder
  4. Gil

    Chiquinho, parabéns pelo seu excelente trabalho na Bandsports.
    Realmente, Nadal é o maior de todos os tempos no saibro. Se o físico permitir, ganhará mais ainda.
    Chiquinho, gostaria que você comentasse um assunto que abala as mulheres tenistas e demais especialistas no mundo do tênis: para uma pessoa que realmnente entende de tênis, não existe Slam feminino. O que chamam de Slam é mais fácil que os outros torneios, porque se joga em dias alternados em melhor de três sets. Nos torneios comuns, também de três sets, se joga em dias seguidos. Portanto, em vez de ser uma tarefa mais árdua, que exige técnica, físico e força mental, é, na verdade, um facilitador.
    Quem tem coragem de meter o dedo na ferida e comentar?

    Responder
  5. Fernando B.

    Eu me esforço, procuro visualizar algo de positivo nesse sucesso do Nadal, no entanto quando paro para assistir os jogos não posso deixar de transparecer uma certa frustração de ver alguém jogando daquela maneira conseguuir vencer tanto. Para mim, o maior mérito do Nadal é fazer com que todos “errem” mais que o normal contra ele, sua bola alta muito acima da média, e muitas vzs balões provocam a agressividade dos adversários que acabam errando muito mais que o normal. Nem contra o Ferrer, que é um grande passador, ele consegue ser agressivo ou mesmo dominar os pontos. Sempre numa posição defensiva e indo somente na boa, não assume riscos nunca!!! Gostaria de torcer para o Nadal, pois adoro a pessoa e o caráter desse magnífico atleta, mas quando assisto o jogo não consigo deixar de expressar o meu descontentamento com a ausência marcante da falta de “arte” no seu tênis.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Existe arte em desenhos inovadores que a principio causam estranheza. Picasso criou tracos distintos para imagens que eram vistas de outra forma. Demorou a ser reconhecido
      abs
      Chiquinho

      Responder
    2. Chiquinho Leite Moreira

      Fernando: a melhor traducao da tecnica eh a eficiencia. A tecnica desenvolvida por Nadal eh eficiente. Borg qdo surgiu tb jogava feio. No comeconhouve quem achasse o traco de Picasso como pobre horrivel
      abs
      Chiquinho

      Responder
      1. Renato

        Suas respostas foram excelentes Chiquinho. Acho que ninguém poderia ter expressado melhor.

        Fico triste de ver alguém dizer que Rafa não assumi riscos nunca. É deprimente.

        Responder
  6. Roberto Rocha

    A capacidade de Nadal evoluir no esporte é notável…melhorou seu saque, aprimorou seu bakhand, melhorou a precisão no seu forehand, sabe variar a profundidade dos seus golpes durante uma longa troca de bolas, adaptou-se para jogar bem em outros pisos…além da sua incrível intensidade…
    Creio que vença ainda uns 2 ou 3 Roland Garros e pode vencer em Wimbledon e Austrálian Open. Não creio que vença o US Open nem o Finals, devido à velocidade do piso. Mas em se tratando de Nadal, quem sabe…

    Responder
  7. Walter Cordeiro

    O que falta ao Nadal para ser o melhor tenista de todos os tempos? Como é o retrospecto dele contra o Federer em pisos diferentes do saibro?

    Responder
    1. Bruno Vigne

      Equilibrado, mas negativo. Federer ganha de 8 a 7 em pisos diferentes do saibro. E o que falta para ele ser considerado o melhor? Ser o melhor, coisa que ele nunca será…

      Responder
  8. joao39bim

    Para mim ainda é dificil acreditar que o Nadal tenha algum problema no joelho, sua movimentação é impressionante.
    E concordo com o colega gil que comentou sobre o slam feminino, um jogo de slam que dura 46 minutos é ridiculo.
    Apesar de ganhar igual aos homens jogando menos parecer ser vantajos, acredito que com isso nunca o tenis feminino terá a mesma admiração que o masculino. Enquanto os homes saem exaustos, as mulheres saem maqueadas prontas para a festa.

    Responder
  9. joao39bim

    Roland Garros-Parabens pelo seu trabalho. E parabens tambem para a band, foi um ótimo trabalho. Fiquei sintonizado por duas semanas.

    Responder
  10. francisco

    Se o Joelho aguentar , virão o 9,10,11,12,13…..Quem vai parar o Espanhol?È verdade que os 7 meses parado foram de incertezas.Mas , parece que ele voltou com mais gás do que antes.
    Este ano ele foi quem mais jogou entre os 10 primeiros do rankink da atp.Quem mais venceu, quem menos perdeu.7 torneios vencidos.Nesse rítmo, voltará aser o número 1.Mas , e a motivação?
    Eu preferia uma final com o Nole.

    Responder
  11. Manoel L. de Matos

    Este RG foi muito especial não só para o Nadal, mas para para nós que tivemos a felicidade de assistir pela Band (canal aberto) narrado pelo Luciano do Vale e comentário do Sareta. A família Band está de parabéns.

    Responder
  12. Efra

    Ricardo de Carvalho eu me refiro aos recordes mais incriveis. Aliás qualquer recorde incrivel é dificil de ser batido seja qual for o esporte… Mas voltando pro tenis,
    Margaret Court – 11 slams no A.O, até hj ninguém passou perto e veja quanto tempo já tem isso, veja o Nadal agora, 7 conquistas em nível atp em quatros torneios diferentes. Quem ja fez isso? Sinal de que num é uma coisa que se consegue com facilidade, com pouco tempo… Por isso digo que estes recordes normalmente perduram por um bom tempo.

    Responder
  13. Marcia

    Acho Nadal um belo jogador mas me deixa um pouco perplexa o tamanho dele – lembro como ele bem mais leveno inicio da carreira – me lembra o fenômeno que de tanto hormônios pra se tornar forte ,os joelhos não agüentaram seu peso- tenho certa impressão que Nadal fez o mesmo.

    Responder
    1. c arlos tieppo

      Não se esqueça que Nadal despontou para o tenis com 17 anos, virou N2 e ganhou RG com 19, uma adolescente! Hoje, apesar da longa e vitoriosa carreira, ainda tem 27 anos recém completados. Significa que está no auge da forma física e força, tenistas Top 20 são constantementes testados para doping.

      Responder
  14. MARILIENSE

    Não é à toa que Rafael Nadal se tornou o fenômeno do tênis: Nadal é um tenista habilidoso,tecnico, fisico impecável e um mental destruidor para seus rivais. Não adianta chegar na bola e não saber o que fazer. Nadal chega na bola e sempre faz a melhor jogada. O seu forehand é o melhor da história do tenis tanto no backhand do adversário quanto no inside out e com uma paralela fantástica que parece que vai sair pela lateral do campo mas que volta como um chicote. Não é de ir muito à rede mas qdo necessário se vira bem. O seu back hand está cada vez melhor,aliás o seu revés de paralela no bh do adversário se tornou uma arma de preparação para o fh quase que mortal, além de que Rafa usa muito o slice defensivo,lob e o forehand defensivo com spin 3000RPM de deixar qualquer adversario à beira da loucura.abs,

    Responder
    1. Renato

      Rafa é um jogador espetacular, um dos melhores de todos os tempos, sem dúvida.

      Mas não, seu forehand não é o melhor de todos os tempos… e não, ele nem sempre faz a melhor jogada. Deixe de ser infantil.

      Rafa estará por aí por mais vários anos, felizmente!

      Responder
  15. ivan

    Primeiramente, parabéns pela transmissão da BandSports.
    Segundo, Nadal certamente ficou feliz com o resultado, porém, dentre tantos que ele já conquistou, penso que Roland Garros não é o mais especial, nem o mais querido ou mais importante, pois quem leu o seu livro, viu que ele começa e termina em Wimbledon.

    Responder
  16. sergio mattar

    Sei que é dificil (nao pela capacidade mas sim pela motivação) mas gostaria muito que Federer ganhasse esse Wimbledon apenas para mostrar que 8x no mesmo Slam ele tb consegue…assim como outras 10x em pisos diferentes.
    Nadal voltou. Foi dificil? Sim. Mas o desafio de verdade esta por vir. Ele precisa ter um 2o semestre espetacular para marcar pontos no ranking (por enquanto so defendeu) e pensar em #1… e novamente outro 1o semestre fantastico em 2014 .
    Eu duvido que os joelhos aguentem. Parem de endeusar Nadal. Ele nunca ganhou um ATP Finals na vida!
    Sim, o maior saibrista de todos os tempos. Sim um excelente esportista. Sim um top 4 na historia do tenis.
    Mas MUITO longe da lenda viva Roger Federer (900 vitorias, 17 Slams, +1200 jogos sem nunca ter abandonado, 10 finais seguidas de Slam, 23 Semis, 36 quartas, 6 ATP Finals, 302 semans como #1, das quais 237 seguidas,
    Nadal WHO ???

    Responder
    1. MARILIENSE

      Nadal ganhou 01 medalha de outro olimpica individual e 4 Copa Davis, titulos que Federer jamais terá. Nadal tem chances de ganhar o Finals, unico titulo que lhe falta. E no mano a mano está 20×10 pro espanhol, quer mais ????

      Responder
  17. Patricia Moura

    O melhor não é quem vence mais? Nadal é o melhor da atualidade, Federer foi, sem dúvidas, o que jogou mais bonito em todos os tempos mas acho um desrespeito imenso dizer que foi o melhor de todos os tempos pois nunca venceu um Grand Slam completo, coisa que Rod Laver conseguiu duas vezes (inacreditavelmente). Acho que Laver foi o melhor….
    Sou fã da beleza do tênis do Federer, da eficiência do Djokovic e da intensidade e da garra de Nadal, me emociona poder vê-los, amo tênis desde criança, apesar de nunca ter jogado regularmente, nem por brincadeira.
    Fico chateada com essa insistência em compará-los. Por quê ficar excluindo qdo temos a oportunidade ímpar de ter 3 gênios concorrendo entre eles mesmos? Temos tanta sorte e não reconhecemos… Vamos ficar viúvos dos bons tempos do tênis competitivo que nem os fãs da F1 de Manselll, Senna, Piquet e Prost ficaram qdo teve a era Schumacher….

    Smell the flowers while you can….

    Responder
  18. Ricardo B. de Carvalho

    Efra. Margaret Court fazia parte da colonização inglesa que jogava tenis em um torneio que nao se chamava “Slam” . Evidente que o n. 11 a tornou lenda. Quanto ao “pele vermelha”(mesma cor do saibro de RG), que assusta de alguma maneira os adversáriios, é extremamente louvavel o envidar de esforço , no sentido de vir a America do Sul para recuperar lentamente os pontos, e consequentemente seu potencial no piso, o que , para o bem do tenis(e torci por isso), aconteceu. É isto é tenis empreendedor, com o incentivo de todos os outros espanhois que disputam, como já coloquei aqui. Dando um outro enfoque a questão dos records, fica caracterizado o fator “time”, o que quer vencer, como os do futebol espanhol, o que de maneira direta influencia o tio Toni . Lamentei a derrota do Novak, que não teve um tio vencedor no futebol, desde o inicio da carreira, a qual foi bem mais dificil. Abraço

    Responder
  19. Marcelo

    Boa noite a todos.
    Gostaria de aproveitar a oportunidade e esclarecer uma questão.
    Hoje pode-se dizer que, pelo menos os top 20 ou 10, jogam com equipamentos do mesmo nível de qualidade?
    Principalmente o “calçado” e a raquete?
    Já houve jogadores de seleções de outros esportes reclamando da qualidade de alguns equipamento de patrocinadores.
    Os calçados me preocupam por conta da preservação do físico dos atletas e acho até que as raquetes também podem ter esta influência.
    E aí Chiquinho, como é esta briga entre as marcas?
    Será que o material dos atletas é encontrado nas lojas?

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marcelo pelas informacoes q tive em RG os encordoamentos estao sendo os principais responsaveis pela performance. Os calcados prlo q sei tem um segredo o PU. Abs
      chiquinho

      Responder
  20. Marcos

    Pessoal, agora quero ver quem tem de fato coragem de colocar o dedo na ferida…Me desculpem, mas o Nadal ficar parado por sete meses, jogar apenas dois torneiozinhos mal jogados, e depois do nada sair ganhando tudo, inclusive um Masters 1000 em quadra dura, isso ninguém tira da minha cabeça que foi uma parada planejada primeiro, como gerenciamento de crise pela derrota na segunda rodade de Wimbledon para o Rosol, e segundo, alguma estratégia para ter tempo de o corpo se limpar por completo de substâncias proibidas. Tenho certeza que o Nadal toma alguma coisa, pois, ainda que tenhamos muitos tenistas com ótimos físicos, vide Djokovic e Murray, ninguém é igual a esse espanhol. O cara joga por quase cinco horas em uma intensidade monstruosa, e ainda por cima sai pulando ao final das partidas. Não estou falando isso como zueira, falo com seriedade, pois acho que muitos fazem vistas grossas, especialmente os jornalistas. Entendo que enquanto não há provas, ninguém pode fazer acusações, mas enche o saco ver tanta babação de ovo em cima de um cara que com certeza usa algo ilegal. Também, ninguém explicou ao certo o tipo de tratamento ao qual ele foi submetido durantes estes sete meses. Não engulo essas coisas, pois se fosse por unicamente trabalho árduo, muitos seriam tão resistentes quanto ele.

    Responder
    1. Da Fonte

      Creio que Nadal tem como principal qualidade sua humildade, e não o físico. Porém, a forma como ganhou massa muscular no início da carreira e a forma como é superior neste quesito, geram dúvidas quanto ao doping.

      Responder
  21. Luiz

    Olá, estarei em Londres durante o tornei!! Pretendo ir um dia para ficar na região do gramado, onde tem o telão, enfim, ficar dentro do complexo sem entrar nas quadras principais!! Vc sabe me dizer como funciona? Consigo ingresso facilmente? É caro?
    Muito obrigado
    Luiz

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Luiz este lugar a que vc se refere e que ganhou o nome de Henman Hill é acessível para quem tem ingressos ground. Ou seja, compre o mais barato e vc se diverte nas quadras secundárias. Depois pegue um sanduiche, algo para beber e veja o jogo pelo telão, que fica colado na quadra um.
      abs e boa viagem… Ah não esqueça o guarda chuvas
      abs
      Chiquinho

      Responder
Deixe uma resposta para c arlos tieppo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>