TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Djoko e Nadal fizeram 4as. parecerem fáceis
Por Chiquinho Leite Moreira
junho 5, 2013 às 7:06 pm

O sol finalmente brilhou forte na primavera parisiense. Num dia de calor, Novak Djokovic e Rafael Nadal transformaram as quartas de final em jogos fáceis, sem sofrimentos ou muito suor. Talvez até tenham tido menos trabalho para vencer, do que enfrentaram na rodada anterior.

Os dois chegam onde todos esperavam, depois do que o sistema eletrônico de sorteio das chaves determinou: um duelo nas semifinais. Não vejo como apontar um favorito. Números, head to head, análises de estilos… acho que nada disso funciona. Ao meu ver, só o coração pode falar.

Djokovic tem seus motivos. Busca o primeiro Roland Garros. No início da semana atribuiu à morte de sua primeira treinadora, Jelena Goncic, um motivo a mais para ganhar o título. Nadal não é e nunca foi de ‘entregar o osso’. Se vencer Roland Garros pela oitava vez, passará a ser o tenista com maior número de títulos num mesmo Slam. Supera nomes como Roger Federer ou Pete Sampras. Mais do que o suficiente para levar o espanhol à vitória.

 


Comentários
    1. Marcia Bastos

      Guilherme, vc deve ter 15 anos…Nunca viu Federer, Sampras ou mesmo Borg ou Connors no auge. Nole e Nadal ótimos competidores…Tênis é outra coisa parecida.

      Responder
      1. Daniel

        Que lindo e inteligente é acusar as pessoas sem provas, só para valer a “tese” de que este ou aquele tenista é melhor. Essas insinuações, sem fossem contra quem as faz, seriam tratadas como grande injustiça. Como é com os outros, tanto faz… Ética zero!

        Responder
  1. Joao Paulo

    Eita que Chiquinho… Murray nao ta tendo uma temporada tao boa, Federer ta muito irregular… Se Djoko ganhar RG, quem vai parar ele em Wimbledon ou US Open? Lembrando que Murray eh chave 2, entao so enfrentaria Djokovic na final, tendo que passar por Federer ou Nadal. Caso Roger nao faca a magica que sempre faz, ta complicado nao ver o servio vencendo todos os Slams do ano.

    Responder
  2. David Lopes

    Pessoal…vcs adoram criticar o Federer, mas devem levar em consideração que o suíço já passou dos trinta anos, tem duas filhas para criar, e com isso, certamente não deve ter a memsa dedicação de antigamente, ainda que a vontade de vencer dele ainda sejam gigantes.
    Pensem, vcs com duas filhas pequenas, com a situação financeira totalmente resolvida…ficariam se matando igual garotos???
    Pensem nisso…Federer só não abandonou o circuito porquê ele simplesmnete ama jogar tênis, e hoje ele certamente encara mais na parte da diversão…lembrem das temporadas entre 2004 e 2009 (excessão de 2008 que foi muito irregular devido ao problema com a mononucleose) ninguém parava o homem em quadras duras e grama,e até no saibro, o único que lhe fazia frente era mesmo Nadal. Sim, Nole e Nadal evoluiram nos últimos anos, mas talvez nesta proporção, o físico de Federer deu uma boa regredida. E mesmo assim, ainda faz quartas em slam. Lembrem-se, Nadal no ano passado vinha do título em Roland Garros, e foi eliminado na estreia de Wimbledon por Lukas Rosol, mero 100º do ranking. Não me venham falar que ele estava baleado. Ainda que não estivesse 100%, vinha do título em Paris, então, alguma condição de jogo para derrotar um mero número 100, certamente ele tinha.

    Responder
      1. Mário

        E de da pena de quem tem esse pensamento… E muita inveja…
        O cara e campeão e pronto, ele ta se lixando pra esse tipo de opiniao, ate pq quem e vc?….

        Responder
    1. Daniel

      Ou seja, para o Federer, você encontra todas as desculpas, está velho, tem duas filhas, já não tem o mesmo ritmo… etc. Para o Nadal, é a lei, perdeu do 100º do mundo e depois ficou 7 meses afastado sem jogar… Nenhuma relação… Claro! Brilhante…

      Responder
  3. Chiquinho Leite Moreira

    Foi o q eu disse. A Sharapova mao fria tirou Nadsl ao lado de Djoko. Obrigado pela sua informacao mas eu estava na cerimonia do torneio por enorme sorte sentado a apenas um metro de sharapova, que por estar muito concentrada na cerimonia nao me vi

    Responder
  4. Regimar

    Me desculpa, mas quem entende de tênis sabe que Rafael Nadal é o melhor de todos! O único do circuito atual que tem o Goldem Slam! Ninguém no circuito já ganhou mais vezes do Rafael Nadal do que ele de qualquer um. Agora, Federer tem um joguinho ultrapassado e não vai conseguir fazer mais nada. E quando fez, foi no período que ainda não existia um Nadal e Murray, prova disto, é o número de vezes que Nadal ganhou dele. Federer é igual ao Shumacker, ganhava enquanto não tinha ninguém!!

    Responder
  5. Hélio Samary

    Assisto, e jogo há bastante tempo, e concordo com o Guilherme, ” os dois são os melhores de todos os tempos “. É uma final antecipada e Nole está mais descansado, tem melhor resitência e por isso vai ganhar. o Roger é ótimo mas não aguenta os dois.

    Abraços !!!!!!!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      É isso mesmo Helio… o Nadal chega até a ser perseguido, podemos dizer assim. A desconfiança geral, o fez o principal foco dos exames anti doping.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  6. Ricardo

    Nadal e Djoko = a seleção brasileira de 94, campeã. porém, que coisa horrível aquele futebol, titulo que não faz falta alguma.

    Federer = igual seleções de 82 e 86, titulo não vale nada perto daquele futebol maravilhoso…

    Responder
  7. Einstein Bohr

    Com todo o respeito aos dois campeões, o confronto Nadal x Djoko deve ser o mais chato da história do tênis. Partidas intermináveis, onde o vencedor é aquele que demora mais para ficar cansado. E sempre foi assim, mesmo quando eles ainda eram garotos. Partidas envolvendo os dois só são interessantes quando jogam com alguém de estilo bem diferente, como Tsonga, Federer ou Berdyck. Por razões similares, o segundo confronto mais chato da história do tênis deve ser Nadal x Ferrer. Então vamos torcer para que isso também não aconteça.

    Responder
  8. Bruno Gomes

    Chiquinho,

    Em torneios ITF não vale a regra dos 20-25 segundos para sacar.

    Por favor, corrija o narrador quando ele disser uma bobagem enorme de apontar o Marian Vajda com tecnico do Nadal porque ele estava aplaudindo apos ponto do Nadal. Os aplausous foram para
    motivar o servio

    Responder
  9. geraldo de carvalho

    a ressalva n te salva rrs. vc restringiu tanto as possibilidades sobre a opinião do colega q funciona como um desrespeito. n adianta dizer q respeita e em seguida desqualificar ( ele é mt jovem, começou a ver tênis agora) o interlocutor.

    Responder
  10. Fernando

    Concordo em gênero, número e grau. O estilo de jogar dos dois me dá sono, apesar de serem extremamente eficientes. Aliás, a arte de todos os esportes está se perdendo. Têns, basquete, futebol ….. entrou o dinheiro, valoriza-se mais o resultado. O espetáculo ficou em último plano!

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>