TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Um duro golpe para Djokovic, após a 500a. vitória
Por Chiquinho Leite Moreira
junho 1, 2013 às 8:34 pm

O dia seria de celebração para Novak Djokovic. Ele jogou um bolão. Vingou-se da derrota em Madri ao bater o búlgaro Grigor Dimitrov em três sets. Comemorou a vitória de número 500 em sua carreira. E manteve o sonho de conquistar Roland Garros, pela primeira vez.

Só que depois do jogo – e propositalmente neste momento – ele soube da morte de Jelena Gencic, aos 77 anos, em Belgrado. Ela teve um papel importante na sua formação como jogador. Ao seis anos, o colocou no tênis e ao longo da vida manteve-se como uma influente conselheira.

A vida de Novak Djokovic esteve marcada por contrastes. Alegrias e sofrimentos. Sacrifícios e conquistas. Já sabia por outras fontes. Mas, há alguns meses, tive a oportunidade de fazer a adaptação técnica de seu livro, recentemente lançado no Brasil. Não tive tempo e ver o produto final, mas conferi os diversos momentos da vida do tenista relatados em muitas páginas.

O Leste Europeu é marcado por revoluções, guerras. Mas a da antiga Iugoslávia não tenho dúvidas de que foi uma das mais violentas e desumanas da história da humanidade.

É difícil saber como Novak Djokovic irá reagir no torneio. Pelo que mostrou diante de Dimitrov não vejo dúvidas de que está na lista dos mais fortes candidatos, ao lado de Rafael Nadal. Talvez, um título em Roland Garros apage toda sua tristeza, com uma enorme dose de alegria, o que acho que só a Copa dos Mosqueteiros nesta hora pode proporcionar.

 


Comentários
      1. Chiquinho Leite Moreira

        Alguém perguntou-me sobre o material usado nas linhas de RG? Aproveito para desculpar-me pelo fato de ter deletado, sem querer, um comentário relativamente grande. Desculpe e, se puder, mande novamente.

        Responder
  1. JORGE NADER

    Chiquinho em relação ao djokovik nao pude ver o jogo mas vi a entrevista dele traduzida por voce , e deu para ver que ele esta muito contente.
    agora , chiquinho, é um absurdo a bandsport transmitir com exclusividade rolland garros sem ser hd ???
    sómente um canal aberto? deviam ter previsto isso. não podemos retroagir na tecnologia. fica aqui o meu protesto. perdeu 50% da qualidade dos jogos.

    Responder
  2. REGINA CELIA PAES

    Sou uma apaixonada pelo tenis. Vejo todos os toneios. Conheço quase todos os jogadores e suas nacionalidades. O Djokovic é o tenista que mais gosto e ele merece ser o número 1. Que os Deuses o proteja e consiga superar mais essa dificuldade nesse momento.

    Responder
  3. Maurício

    Um jogador com uma história de superaçáo como a dele, sabe encontrar os sentidos para mais uma vitória. Certamente, estará sentindo a dor da perda, mas lembrará dos conselhos dessa grande mentora: superação sempre!

    Responder
  4. Pedro

    Nole.
    Força
    Você joga muito, embora torça pelo Nadal, reconheço, seu valor como esportista e pessoa.
    É uma pena ainda falarmos em guerra, o ser humano precisa aprender viver em paz.
    Mas de RG vamos aguardar, pela semi final com gosto de final.
    Enqunaro o Federer segue treinando.para a final.
    Capaz de levar essa na boa, afinal experiencia e tenis não lhes falte para ganhar de qualquer um, mesmo no saibro.
    E ainda mais descansado.
    Olha lá….heim

    Responder
  5. Efra

    Perder pessoas importantes em nossa mexe de fato com a gente… Mas nestes casos é realmente possível que um redimento de um atleta vá mudar devido a tais circusntancias? Ao meu ver me parece mais coisa da midia querendo colocar ingridientes em determinada partida para promove-la… O que vc acha Chiquinho?

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Não sei se dá para dizer que coisa da mídia. tratta-se de um assunto delicado, difícil de opinar.
      abs
      Chiquinho

      Responder
  6. Lucas Polsen

    O torneio como sempre tá uma maravilha, mas ouvir os comentários do Jaime Oncins ta difícil hiem. O cara não para de falar de jeito nenhum, o que é uma pena pois o BandSports tá fazendo uma cobertura ótima.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>