Nadal show
Por Chiquinho Leite Moreira
janeiro 25, 2017 às 4:03 pm

Como nos velhos tempos… hein Nada? E o espanhol não deixou dúvidas de que reencontrou o seu bom tênis no jogo diante de Milos Raonic. Vinha de recente derrota para o canadense e mesmo numa quadra alardeada como rápida foi amplamente superior ao adversário. Mereceu a vitória em três sets, embora o adversário tenha chamado por atendimento, mas não acusou o golpe.

O jogo desde o início não foi nada fácil. Mas Nadal soube ‘balançar’ o grandalhão para somar pontos importantes e minar a força do adversário. Raonic esteve mais esperto no segundo set. Só que viu pela frente um tenista preparado para todas as situações. E o espanhol ele soube enfrentá-las com eficiência e genialidade.

Agora, Rafael Nadal encontra-se com Grigor Dimitrov, que outrora fora chamado de baby Federer. No último jogo o búlgaro levou a melhor. Mas se repetir o que fez com Raonic, dificilmente o espanhol deixa de ir a final do AO.

Pelas semifinais de Melbourne fica claro que o tênis ainda não pode abrir mão de suas mais tradicionais estrelas. A nova geração é bem vinda, mas o espetáculo maior parece seguir nas mãos dos tenistas com mais de 30.


Comentários
  1. Sonia Carvalho

    Absolutamente certo o seu comentário Chiquinho. Os mais novos estão despontando; a renovação vem aí, isso é fato.
    Mas, presenças de Rafael Nadal, Roger Federer ainda são espetáculos que não consigo abrir mão. O primeiro pela tenacidade, pelo mental; o segundo pela elegância, pela técnica.
    Torcendo como nunca por uma final entre os dois e, a despeito do reconhecimento que tenho pelo Federer, torço pelo Nadal. Eles representam uma fase que jamais será esquecida.
    Um abraço.

    Reply
  2. David Pereira

    O jogo chave do Nadal foi a vitoria no 5° set diante do futuro numero 1° Zverev, deu mais confiança ao espanhol. Agora tem uma semi final dura contra o invicto em 2017 o búlgaro Dimitrov , não será fácil no último encontro deu o búlgaro na china, e a quadra mais rápida, favorece o jogo do baby Federer que saca muito bem, não como Raonic é bem verdade. E a sua esquerda vem andando rápida e funda.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *