TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
RF leva a torcida em Wimbledon
Por Chiquinho Leite Moreira
julho 4, 2016 às 3:59 pm

Desde a precoce eliminação de Novak Djokovic fiquei com a impressão que o mundo do tênis voltou suas atenções para Roger Federer. Pelo tom das conversas, das entrevistas e declarações ousaria dizer que o suíço ganhou a torcida. Afinal vê-lo levar mais um Slam seria coroar uma das mais brilhantes carreiras da história do tênis. Não que ele tenha mais nada a provar, mas o 18. é uma marca significativa, sonhada.

Até agora, é verdade, Federer não cruzou com adversários teoricamente fortes. Chegou assim a sua 14a. quartas de final em Wimbledon e igualou o recorde de Martina Navratiolova de 306 vitórias, com relativa facilidade. Experiente, o suíço não se empolgou com o fato e soltou uma frase das mais interessantes: “Não se ganha um Slam na primeira semana, mas se perde.”

Um belo recado, não intencional, é claro, para Novak Djokovic. O tenista sérvio caiu, ao meu modo de ver, com certa injustiça. Afinal, não fosse em Wimbledon teria Sam Querrey vencido o jogo? Lembro de uma frase de um treinador que costumava dizer que a grama era do tempo em que o saque servia ‘simplesmente’ para se iniciar o ponto, não uma poderosa arma como atualmente. Tanto é certo que dos três Slams que eram disputados nesta superfície restou apenas o inglês. Mas, em contrapartida, existe seu fascínio, sua admiração, beleza e emoção. E, lógico, a enorme tradição.

Nesta superfície os chamados ‘big guns’ estão fazendo sucesso. Querrey segue com belos resultados. John isner colocou-se mais uma vez entre os personagens dos jogos mais longos do torneio, no 19 a 17 para Jo-Wilfried Tsonga. E não por coincidência RF terá agora pela frente Marin Cilic, discípulo de Goran Ivanisevic.


Comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>