TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Será que Djoko supera Nadal e Federer?
Por Chiquinho Leite Moreira
junho 6, 2016 às 3:44 pm

Com vitórias inéditas de Garbine Muguruza e Novak Djokovic Roland Garros 2016 entra para a história. O torneio que esteve tão ameaçado de atrasos acabou terminando neste fim de semana com conquistas, ao meu ver, justas e legais para o tênis.

Gostei muito da chegada de Garbine Muguruza a consagração plena com a conquista de Roland Garros. Jogadores que ganham um Slam já passam a fazer parte de um outro patamar na história do tênis. Se a espanhola alcançar a liderança do ranking (o que pode acontecer em Wimbledon) seria uma verdadeira rainha com cetro e coroa. Não acho justo ser número um sem Slams, como Dinara Safina, Caroline Wozniacki ou Jelena Jankovic.

Além de Muguruza, o tênis feminino vem com uma bela geração de novas estrelas. E neste aspecto a modalidade só tem a ganhar. Serena ainda está um degrau acima das demais, só que seus últimos resultados deixam perspectivas para outras tenistas.

No masculino, Novak Djokovic é o 8. homem a colecionar, por pelo menos uma vez, os troféus dos quatro Grand Slams. A prateleira de sua casa, agora sim está completa. Um detalhe chama atenção no atual momento do sérvio. Sua última derrota num Major veio justamente em Roland Garros de 2015. Depois levou todos, quatro seguidos.

Esta atual soberania leva à possibilidade dele vir a superar seus principais rivais Rafael Nadal e Roger Federer em número de Slams. O espanhol tem 14 e o suíço 17. Djokovic completa o Grand Slam de sua carreira como o segundo mais velho a alcançar a façanha, atrás apenas de André Agassi.

Será que Novak Djokovic conseguirá então superar Nadal e Federer? Sem analisar a atual situação do espanhol e do suíço vale lembrar que, assim como no feminino, novos nomes estão surgindo na ATP. Pode ter pela frente uma Muguruza vestida de homem… por que não?


Comentários
  1. Rodrigo ferraz da costa

    Boa tarde chiquinho. O Federer tem 17 slams e não 18 como inserido no texto. Vc acredita que o Djoko ao menos alcance os 14 do Nadal? 17 acho complicado. Manda um abraço para os tenistas do BTC! Sempre leio suas colunas. Abraços.

    Responder
  2. Lobovic

    Chiquinho, espero que demore uns 3 anos para um jovem talento se firme ao ponto de fazer frente ao Djokovic, até lá ele estaria próximo aos principais recordes.

    Responder
  3. Fábio

    Chiquinho, tambem achei ótima a vitória da Muguruza. Aliás, apostava bela nesta final.

    No masculino, acredito que o Novak ainda vai superar inúmeros recordes… Se vai ou não ninguém sabe, mas o sérvio já se colocou ao menos entre os 5 melhores de todos os tempos.

    Particularmente, eu acredito que o Novak reinará por algum tempo ainda. Entre 1 e 2 anos… Se isso ocorrer de fato, será o período necessário para os novos recordes.

    Também não vejo alguém no papel de Muguruza no masculino. Por três motivos: 1) Djokovic é bem mais técnico e completo que Serena; 2) Djokovic é significativamente mais novo que Serena – 6 anos; 3) a nova geração do tênis masculino está abaixo da nova geração feminina. Ou seja, Djokovic está não só um, mas 3 ou 4 degraus acima de todos eles.

    E parabéns pelo trabalho, Chiquinho! Viva o tênis!

    Responder
  4. geraldo flavio

    na vdd, eu torço p o nadal chegar aos 17 igual federer, e torço p djoko ultrapassar os dois. acredito que dificilmente nadal volte a vencer um slam, acredito que djoko possa alcançar os 17

    Responder
  5. Marcelo Loureiro Ferreira

    Olá Chiquinho!

    No elevado nível técnico e físico que Djokovic se encontra no momento e, correndo tudo dentro da normalidade, acredito que ele já alcance o Nadal vencendo os 2 Slans que ainda restam esse ano.

    Abs

    Marcelo

    Responder
  6. Valmir

    Chiquinho,

    Em muitas coisas Djoko já os tinha superado… no H2H, número de Masters 1000, nos 100 milhões de premiação.
    Em muitos outros itens será apenas questão de tempo por ter começado bem depois… número de títulos… semans de liderança… anos como número 1…. etc.

    Ao vencer todos os 4 Slams na sequência, voltou a superá-los de forma definitiva, já que nem Nadal nem Federer jamais terão essa oportunidade de novo, como tiveram antes.
    Djoko passou para a galeria de … Don Budge e de Rod Laver.

    Ao vencer os 4 Slams seguidamente, em 3 pisos diferentes, ficou num olimpo sozinho, onde nem mesmo Budge e Laver entraram (ganharam 3 Slam na grama e 1 no saibro).

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Complicado… Djoko vem como favorito, mas num mesmo ano difícil, apesar do sérvio ter completado os quatro seguidamente.

      Responder
  7. Bruno

    Eu queria ver surgir um novo Federer. Queria ver aquele jogo bonito e vencedor ao mesmo tempo. Respeito Djokovic e Nadal, mas aquele tenis que o Federer jogou (e ainda joga +ou-), nenhum dos dois sabe fazer. Mal comparando, Djokovic e Nadal são o Cristiano Ronaldo, o Federer é o Messi. Tenho a sensação que o Federer nasceu para jogar tênis e o Djokovic e Nadal lutaram muito para jogar bem. E se tratando de beleza de jogo, prefiro o Nadal ao Djokovic.

    Responder
  8. TARCISIO COLARES NOGUEIRA JUNIOR

    Chiquinho, acredito que com este feito do Career Slam, Djokovic já deixou Nadal para trás juntando todos os feitos de cada um nas suas carreiras. Ainda mais pelo que ainda poderão fazer nos próximos anos.
    Em relação a Federer, se Nole chegar a 16, 17 ou 18 slams, acredito que os dois estarão no mesmo patamar na história, porque haverá sempre a discussão entre as habilidades do Federer e preparo físico-mental do sérvio.

    Responder
  9. Rubens

    Talvez o grande mérito e também grande problema para Djokovic, é que parece me ser uma pessoa que acha que tem que provar algo aos outros…sua ficsação por quebrar recordes as vezes é bom, mas as vezes o atrapalha, e muito, ao ponto de se tornar ate mal educado em quadra, quebrando raquetes, nervosismo ao extremo, ao ponto se reclamar e ate xingar bolas que erra e que nem valem nada na partida as vezes…acho eu que um psicólogo o ajudaria a tirar esse peso de suas costas e jogar solto, se divertindo com seu momento e o mais importante: saber perder as vezes, isso faria muito bem a ele.
    abraço!

    Responder
  10. waldir santos

    O DJOKO TEM 12 SLANS PARA 14 DO NADAL É MOLE PASSAR, PARA OS 17 DO FEDERER TAMBEM, NÃO ESQUECER QUE ELE TEM 5 SLANS EM CIMA DO MEDIOCRE AMERICANO RODRIC….ANO QUE VEM PASSA OS DOIS. OBRIGADO….UM ABRAÇO

    Responder
  11. samael

    Seria melhor perguntar se ele fecha ou não o grande slam esse ano, pois os recordes é só questão de tempo! a não ser que ele venha a ter algum problema físico que o comprometa no resto de sua carreira.

    Responder
  12. Altaisio Paim

    Djoko pode superar alguns recordes de Federer. Continuo afirmando: os número são bons, são importantes,mas o que me faz admirar e amar o Federer é a magia, a arte, o improviso, a genialidade. Eu nunca vi nada igual em minha vida. Cracaço de tênis! Para mim o melhor de todos.

    Responder
  13. samuel

    Bom dia Chiquinho,

    Permita-se fazer uma pergunta, já que você trabalha no BandSports.
    Sou assinante da NET e o canal está fora do ar. A programação não aparece no site do canal. O BandSports encerrou suas atividades? Se não, quando voltará ao ar.

    Saudações,

    Samuel

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Samuel permita-me aproveitar sua pergunta para dizer que não tenho competência para responder assuntos sobre o Bandsports. Aproveito para pedir desculpas às questões relativas ao canal e não respondidas por mim. Não quero ser deseducado mas são informações tratadas nos departamentos competentes. De qualquer maneira agradeço seu interesse.

      Responder
  14. Jeosan

    Chquinho:
    A ATP classifica os torneios de Grand Slam, o ATP Finals e os Masters 1000 como grandes títulos (Big Titles). Levando-se em conta somente estes grandes torneios, Djokovic já ultrapassou Nadal e está a apenas dois títulos de ultrapassar Federer, senão vejamos:
    Novak Djokovic possui 12 GS, 5 ATP Finals e 29 Masters 1000, totalizando 46 grandes títulos. Rafael Nadal possui 14 GS, nenhum ATP Finals e 28 Masters 1000, totalizando 42 grandes títulos. Roger Federer possui 17 GS, 6 ATP Finals e 24 Masters 1000, totalizando 47 grandes títulos.
    É certo que o número de Grand Slam’s vencidos chama muito mais atenção, contudo o somatório dos grandes títulos não pode ser menosprezado para fins de comparação entre os jogadores.

    Responder
  15. Deiner

    Concordo plenamente. Acompanho a wta e so vejo muguruza e azarenka que, por enquanto jogam com extrema vontade de ganhar da serena. Quanto ao Djokovic acho que passa o Nadal e empata com federer.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>