Esse tal do Djokovic, hein…
Por Chiquinho Leite Moreira
abril 17, 2013 às 8:16 pm

Não tem nada a ver com aquela música da Rita Lee… Esse Tal do Roque Enrow…mas roubando a expressão esse tal do Djokovic é mesmo surpreendente. Quando ele tomou 5 a 1 no primeiro set de Mikhail Youzhy, lá veio a idéia: que marketeiro é esse cara. Fez toda a encenação se joga ou não. Postou vídeo na Internet para dizer que disputaria o torneio e justificar sua residência no Principado. De repente, achei que ele estaria tirando a vaga e a chance para um outro tenista levantar uma grana e acumular pontos em Monte Carlo.

Só que é aquela história… esse cara se recusa a perder. Virou o jogo com 46, 61 e 64. Não jogou bem, é verdade, mas venceu. Difícil dar um prognóstico sobre seu futuro nesse primeiro Masters 1000 das quadras de saibro. Mas ficou clara sua intenção de que este ano está disposto a qualquer sacrifício para levantar o seu primeiro troféu em Roland Garros.

Acho que também dá para ficar contente pelo fato de esta vitória ter sido uma boa resposta a fofoca feita pelo francês Julien Benneteau. Depois de treinar com Djokovic, ele espalhou para os jornalistas franceses que o sérvio não estava se movimentando bem. Ora, os treinos devem ser guardados entre os jogadores. Por isso, quando ‘jogam sets’ o bom senso diz que não se deve sair por aí se gabando em caso de vitória, revelando a parcial. Mais uma vez ficou claro que treino é treino e jogo é jogo.

Surpreendente também é – para seguir na mesma linha – esse Rafael Nadal. Ficou sete meses sem jogar e voltou arrebentando. Saiu de Miami e na estreia de Monte Carlo venceu o australiano Marinko Matosevic por 61 e 62. A vingança de Marinko veio num episódio que o espanhol não se irritou, levou na esportiva, ao ver que seu adversário derrubou as garrafinhas que ele as coloca tão bem organizadinhas no chão.


Comentários
  1. G.K

    O Chiquinho sempre deixando o touro em segundo plano, como todo Federista de carteirinha.

    Prepare-se para o octa!

    Abs!

    Reply
  2. Felipe Gonçalves

    Nenhuma novidade, afinal jogo de cena faz parte das carreiras de Nadal e Djokovic. Por diversas vezes já disseram que estão machucados ou cansados, mas no final das contas correm que nem loucos. O Djokovic não tem nada, podem estar certos.

    Reply
  3. Julia

    Não vi o jogo mas gostei da reação do Rafa sobre as tais garrafinhas. Parece que aqueles que querem e gostam de vencer não se abalam com pequenas coisas, aliás qdo provocados, mais determinados se tornam. Acredito que foi assim aqui no Brasil, presentearam-no com um saibro rápido, bolas também e o que ele fez? Venceu, só para contrariar os que torciam contra (organizadores).

    Reply
    1. Felipe

      Não consigo imaginar um organizador de torneio gastar uma fortuna para trazer uma estrela, para então torcer contra (vide Larry Ellison se contorcendo nas arquibancadas, sofrendo junto com Federer e Nadal)

      Reply
  4. Julia

    Não vi o jogo mas gostei da reação do Rafa sobre as tais garrafinhas. Parece que aqueles que querem e gostam de vencer não se abalam com pequenas coisas, aliás qdo provocados, mais determinados se tornam. Acredito que foi assim aqui no Brasil, presentearam-no com um saibro rápido, bolas também e o que ele fez? Venceu, só para contrariar os que torciam contra (organizadores).

    Reply
  5. Eddy Beutter

    Nole é numero 1 no ATP e também numero 1 na comedia e das mentiras. Que falta é de ser numero 1 esportivo, là precisa aulas do Roger. Deve ser culrural

    Reply
  6. MARCOS TEIXEIRA SOUZA

    Concordo, mas estar faltando vontade no DJOKOVIC, neste momento, perdendo para o Monaco, assim vai ficar fora antes das semi.

    Reply
  7. Joao Paulo

    Nadalista eh sempre assim haha.. Todos estados errados, Nadal eh o maior de todos os tempos, todos sao Federistas e Nadal fica em segundo plano. Nadal fica em segundo plano porque Djokovic eh numero 1, quando tem lesao, tem lesao mesmo.. Federer sempre vai ser + importante que Nadal enquanto estiver na ativa, porque Federer eh Federer e Nadal sempre vai ser o maior numero 2 de todos os tempos. Entao isso explica bastante o porque ele fica secundario nos assuntos em geral que nao seja contusao e voltar jogando com tudo, porque isso so ele mesmo.Estranho nao.

    Reply
  8. Marcos

    Chiquinho, porque o Master1000 de Monte Carlo não é obrigatório? Tem outro M1000 não obrigatório além de MC? E porque será que certos comentaristas de blog são tão chatos, será carência afetiva?
    Abraço

    Reply
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marcos vc só me fez perguntas difíceis. O ranking leva em conta 4 slams, nove M1000 e outros cinco atps. O Masters Cup é um privilégio dos mais absurdos na minha opinião, pois entra como 19. resultado. Tb não sei responder a segunda pergunta.
      abs
      Chiquinho

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *