TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Cadê a lista da BBC ?
Por Chiquinho Leite Moreira
janeiro 20, 2016 às 3:13 pm

Já que a BBC não vai mesmo divulgar a prometida lista de 16 nomes de jogadores envolvidos na máfia das apostas, o melhor mesmo é ouvir o conselho de Novak Djokovic e seguir de olho no Aberto da Austrália. Apenas insisto num assunto. Afinal, toda esta celeuma, pelo menos, serviu para colocar em discussão uma questão ética. Será que os torneios deveriam ter acordos de patrocínios com casas de apostas?

Lembro que para combater a manipulação de resultados, uma das atitudes tomadas pelas autoridades do esporte foi a de bloquear os sites de apostas dentro dos locais de competição. Mas algo simples de escapar. Basta sair da rede oficial de wifi ou simplesmente acessar o 4G e pronto…Também duvido que esta determinação seja obedecida em torneios que contam com o patrocínio de casas de apostas.

De volta ao torneio na Austrália, a mesma BBC colocou no ar uma outra reportagem polêmica. Após a derrota de Rafael Nadal para Fernando Verdasco perguntou: será que o ex-número um do mundo está em declínio? Ora, uma primeira rodada destas, com definição no quinto set demonstra que o resultado poderia cair para qualquer um dos lados. Mas ouso fazer uma outra pergunta: será que não está faltando um jornalismo competente na grandiosa BBC? Enfim, são linhas de trabalho. Na minha escola aprendi diferente.

Dentro de quadra, as primeiras rodadas mostraram várias surpresas no feminino, como Simona Halep, Carolina Wozniacki ou Petra Kvitova. Mas prefiro colocar meus olhos em duas competentes tenistas: Victoria Azarenka e Garbine Muguruza. Uma pena que se elas seguirem com boas atuações irão se encontrar já nas oitavas de final.

 


Comentários
  1. Fernando C.

    Chiquinho,

    perfeita sua colocação: “será que não está faltando um jornalismo competente na grandiosa BBC?”. Se é para investigar que o faça, porém se a ideia é apenas lançar factoides, manchetes de impacto, então a BBC não é mais a BBC.

    Responder
  2. welington nascimento

    chiquinho você fala da BBC, e está fazendo o mesmo falando em dois post sobre esse assunto chato.
    Fale da grande vitória do verdasco sobre o nadal fale do novak do andy do federer ora por favor né.

    Responder
  3. Tarcisio Colares

    A BBC não poderia fazer o que fez esta semana. Se possui as informações, as fontes são confiáveis e a história tem fundamento, divulgue. Principalmente porque o jogo tem de ser a atração principal e não uma reportagem investigativa.
    Parece até que a BBC quer ofuscar o Aberto da Austrália. Se for pra ser assim, divulgue a lista só depois do torneio, valorize o jogo dentro das quadras e não o jogo sujo destes bastidores sombrios das casas de apostas.

    Responder
    1. Fernando Brack

      Concordo totalmente. Toda essa polêmica deveria ser deixada para depois do Slam,
      mesmo que houvesse provas conclusivas, pois isso não é um episódio instantâneo,
      tipo ataque terrorista, e sim algo que supostamente vem ocorrendo há tempos.
      A BBC parece querer aparecer mais que o Australian Open. Bola fora da BBC.

      Responder
  4. SRMARTINS

    Concordo com você Chiquinho. Ao não dar os nomes por falta de “provas” a BBC gerou ainda mais polêmica e especulação. Se não tem provas suficientes no dia 19 para divulgar os envolvidos, por acaso teria dois dias antes ao anunciar a suposta bomba? Prestaram um desserviço ao esporte. Infelizmente a imprensa séria está em extinção, aquela investigativa, mais lenta, que faz questão de informar fontes, que tem responsabilidade e presta um serviço à sociedade narrando os fatos de maneira nua, crua, apresentando as provas, não se omitindo e deixando os envolvidos à mercê do julgamento público, sem influenciá-lo. Essa constrói a credibilidade. A que não para de crescer, e prolifera, publica factoides em todos os setores. É a marrom, pasquim, imediatista, oportunista, sensacionalista, fofoqueira e que se encarrega de espalhar boatos. Seu objetivo é único e exclusivamente criar polêmicas e discussões inúteis, distorcer os fatos e com isso aumentar seus views para obter rendimentos, não se importando se alguém sofrerá constrangimento e assédio ou qual reputação será prejudicada. Lamentável.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Marrins que possa existir a mafia das apostas nao se duvida… mas jogar no ventilador, prometer nomes e depois recuar nao me parece etico

      Responder
  5. joao ando

    a bbc tem que provar ou entao os tenistas ventilados em uma polemica,tem que entrar com um processo contra esses jornalistas ,,nao acredito que um tenista profissional entre para perder…

    Responder
  6. Gabriel

    Não discordo de você quando critica a postura da BBC. Agora, sendo membro do Grupo Bandeirantes é, no mínimo, apontar o dedo para os problemas do vizinho. Você trabalha com uma turma que vive de reproduzir conteúdo estrangeiro, que tem rabo preso político e que esbanja falta de preparo em transmissões esportivas ao vivo! (Há exceções é você é uma delas!!)

    Responder
  7. Mateus Nagime

    Oi Chiquinho, tudo bem?

    Gosto muito dos seus comentários, mas acho que aqui você se equivoca. Me pergunto se é o papel da BBC – ou mesmo do jornalismo – simplesmente apontar os nomes. A lista está já disponível na internet para todo mundo ver. Mas é importante ressaltar que são nomes que analistas do Buzzfeed/BBC perceberam estar constantemente atuando em jogos com comportamento suspeito de apostas. É isso. Nada prova envolvimento direto dos jogadores e aí nem acho que seja o papel da ATP ver isso, mas sim da interpol.

    A inclusão do Hewitt, por exemplo, pode muito bem ser explicada porque nos jogos mencionados ele voltava de lesão ou já estava no fim de sua carreira. Mas Tipsarevic, Istomin, etc, já são conhecidos de quem acompanha tênis e apostas há muito tempo…

    Pelas minhas informações, quem fez essas análises não entende nada de tênis: não percebe que hoje as apostas acontecem basicamente em challenger e especialmente em futures, onde jogadores recebem pouquíssimo da ATP e transmissões ao vivo são mais difíceis, assim dificultando uma conferida. E que as movimentações de apostas antes dos jogos não são suspeitas.

    Acho que seria sim importante a BBC e Buzzfeed explicarem quem são os jogadores, mas também mostrar comportamentos que justifiquem tais indícios, que não podemos esquecer não são provas.

    E claro que a ATP não vai fazer nada de concreto, pois isso tudo já está impregnado no esporte de base… A carta do tal jogador que está circulando, seja ela verdadeira ou não, explica bem os motivos e porque isso nunca vai mudar. E a meu ver, terem pego como bode expiatório o jogador mais odiado do circuito sem provas nenhuma enquanto o número 4 do mundo entregava um jogo para todo mundo ver me faz duvidar se eles realmente querem coibir as apostas.

    É possível sim gostarmos de tênis e apreciarmos sabendo que infelizmente alguns desses resultados são armados. Quando não temos mais certeza de nada, resta a dúvida.

    Abraços,

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Matheus peco desculpas… mas nao levo em consideracao esta lista, nem a outra que dizem ter sido divulgada pela midia sueca. Nao comentarei nomes, sem que haja comprovacao. Desculpe, mas jogar assim no ventilador, de ouvi dizer, especulacao nao faz parte da
      minha escola de jornalismo.

      Responder
  8. Pedro

    Olá Chiquinho,

    Em relação a este tema, fico com as palavras de Federer, isto é, praticamente impossível deixar isto 100% isento. Sempre haverão propostas tentadoras. Mas, o que isso mancha o esporte de uma maneira geral? Ao meu ver, nada. É querer acreditar demais em teorias da conspiração para acreditar que O Federer ficou anos e anos em primeiro por causa de jogos arranjados, e o mesmo vale para Nadal, Djokovic e o nosso Guga. Sinceramente, uma notícia que não afeta o grande espetáculo que é o tênis. Lógico que deve-se investigar e punir, mas isso não abala nosso esporte. Muito pior foi o que aconteceu no ciclismo e no atletismo, e mesmo assim, estes esportes têm fãs em todo o mundo. Acho que isso é uma matéria importante, mas não deveria ter sido veiculada há poucos dias de um Slam.

    Responder
  9. Ernesto

    Quanto a reportagem da BBC se ex-número 1 Nadal está em declínio, não entendi onde está o problema nesta questão… é claro que é o óbvio o declínio do espanhol… o próprio Federer quando estava passando seus momentos de dificuldades na carreira, foi detonado inclusive por jornalistas de tênis brasileiros (que atualmente estão criticando a mesma BBC)…

    Responder
  10. Ernesto

    Em relação ao comentário da BBC quanto à decadência de Nadal, foram corretos na afirmação… não vi nada de mais neste apontamento… os próprios jornalistas de tênis brasileiros desceram o pau em Federer quando não estava atravessando uma boa fase… dois pesos e duas medidas?

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>