TenisBrasil - Tenis.Com Chiquinho
Federer sonha com o 18.
Por Chiquinho Leite Moreira
janeiro 4, 2016 às 2:13 pm

A temporada do tênis de 2016 começa repleta de expectativas e algumas dúvidas: será que Novak Djokovic conseguirá repetir o incrível ano de 2015, sem ser prejudicado por lesões? A mesma pergunta serve para Serena Williams, absoluta no tour da WTA mas ameaçada por problemas físicos.

Já Rafael Nadal tira dúvidas. Começou bem o ano, de volta ao seu melhor, com novos ingredientes: subiu bem mais à rede do que de costume, pelo menos em Abu Dhabi. O espanhol demonstra que pode reconquistar seu lugar e deve entrar na briga pelos principais troféus do ano.

No lado feminino, Maria Sharapova participou de uma reveladora entrevista com Roger Federer em Brisbane, na Austrália, e destacou o surgimento de novos talentos. Sabe que seu ano não será fácil e espera uma temporada das mais disputadas.

Também o tenista suíço confessou-se esperançoso para um bom ano, em Brisbane. Acredita que em 2016, enfim virá o 18. troféu de Grand Slam. Ele não levanta uma taça dessa importância desde Wimbledon 2012, mas confia em seu estilo para repetir o sonhado gesto.

Enfim, 2016 tem tudo para transformar-se numa das temporadas mais interessantes do tênis. Ainda mais com o fato da disputa do Torneio Olímpico no Rio. E estes primeiros torneios do ano já começam dar a cor do que se pode esperar.


Comentários
  1. Victor Martins

    Se Deus quiser chiquinho veremos o maior de todos levantar o seu 18°, ele merece muito, por todo o trabalho e dedicação que ele tem, pelo amor ao Tênis, e por sempre acreditar que esse título virá, com mudanças no seu jogo, inovando, enfim, merece demais o mestre!
    Um abraço chiquinho fica com Deus!

    Responder
  2. Luiz Fabriciano

    Interessante post.
    Para Djokovic sempre há ressalvas. Será que ele será prejudicado por lesões? Quando isso ocorreu?
    Para os outros dois, previsões das mais otimistas.

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Realmente o Djokovic, por ora, está livre de lesões. Principalmente pelo fato de sua boa preparação, alongamentos e cuidados desde a alimentação ao condicionamento físico. Mas, ao longo da história, observei que dificilmente um tenista consegue repetir campanhas brilhantes em anos seguidos, justamente pela exigência física. Não digo que isso jamais tenha acontecido e, é claro, vamos ficar na torcida para que nada de ruim aconteça com o tenista sérvio. Ele merece estar na liderança do ranking e acredito que pela sua história merece também vencer um RG.

      Responder
    2. SRMARTINS

      Bem observado Luiz Fabriciano. Parece que a imprensa e todos os especialistas, estão torcendo para que o sérvio se lesione. Em qualquer artigo que lemos tem sempre o “se não se lesionar”, “se ficar livre de lesões”, “vai ser difícil manter o nível”, etc.
      Jornalistas e blogueiros nacionais e internacionais ficam repetindo isso como se fosse um mantra. Nunca eu li esse tipo de prognóstico (ou desejo) quando Federer ou Nadal estavam dominando. É triste constatar o quanto a imprensa, que é a maior formadora de opinião, é imparcial e torce contra o sucesso de Novak e acaba influenciando os torcedores e alimentando a rivalidade. Mas, acho que não está funcionando… quanto mais torcem contra melhor ele joga. Go No1e!

      Responder
  3. alexpicelli

    A parte descordando sobre nadal, ja que pela exibição na minha opiniao nao da para avaliar, resto ta okay chiquinho e dificil crer em federer levantando um slam, mas vindo dele tudo pode acontecer!!!

    Responder
  4. Leão

    Penso que Nadal fará um ano muito melhor que o ano passado e que dará muito trabalho ao Djoko. Muita pressão para Djoko, pois agora será Federer, Murray, Nadal e talvez Stan querendo destroná-lo! Vida longa ao rei!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Não há dúvidas de que Nadal deve fazer um ano melhor, mesmo pq 2015 foi bem abaixo do seu potencial. Mas um amigo observou um detalhe, que gostaria de conferir nas próximas competições: o espanhol estaria mesmo buscando muito mais à rede do que de costume. Vamos observar…

      Responder
  5. Altaisio dos Santos Paim

    Olá Chiquinho!
    Boa tarde!
    Acredito no décimo oitavo título de GS do Federer, principalmente no octa Wimbledon.
    Abraço.

    Responder
  6. Victor Martins

    Oi chiquinho, andei reparando, não só eu, mas as pessoas que eu falo nas redes sociais, sobre o ACE BANDSPORTS, em relação ao pouco tempo que vocês falam sobre o torneio, sobre o jogo da final. Exemplo:Final de um Masters 1000 no domingo, aí no programa da quarta-feira, vocês mostram uma pequena reportagem sobre a final, tudo bem até aí, mas quando vocês vão comentar sobre o jogo em si, no caso a final, você Chiquinho, e o Saretta, não falam sobre o jogo, tipo quem sacou melhor, quem se defendeu melhor, quem foi mais agressivo, a estratégia que cada jogador adotou, essas coisas. Desculpa Chiquinho mais dá a impressão que vocês não acompanham os torneios. E eu estou falando assim por que eu acompanho sempre o programa, não só eu, mas muita gente que eu converso nas redes sociais. Enfim, Chiquinho o que você acha?
    Um abraço!!

    Responder
    1. Chiquinho Leite Moreira

      Vitor há muitas exigências nos direitos de transmissões que devem ser respeitadas. Difícil explicar estes detalhes neste espaço. Mas agradeço seu interesse.

      Responder
  7. Tom

    Que o mestre consiga o 18. Mas se Djokovic manter o ritmo do ano passado, sinceramente, é sério candidato a ser o novo rei da história.

    Responder
  8. Leila Ferreira

    Realmente os detratores só podem esperar as lesões para parar os melhores tenistas tanto masculino (Djoko) quanto feminino (Serena), pois atualmente eles não têm adversários à altura. E, infelizmente, está acontecendo com Serena Williams: fiquei super triste com a copa hopman, onde ela mal jogou e desistiu com lesão no joelho. Vamos esperar o Australian Open para verificar se ela vai estar 100% e continuar fazendo história no tenis feminino ou vai sucumbir a esta lesão. Quanto a Nole: ele continua 100% e, se não aparecer nenhuma zebra ele pode arrastar todos os troféus de 2016 e se tornar o maior de todos os tempos!!!

    Responder
  9. Milton

    Final de Doha,(assistiram), mais um passeio do Nole, não foi o duplo 6 X 0 para não humilhar o Touro. Joga muito e bate muito na bola. Mais um ano sendo o numero 1.

    Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>