Tag Archives: João Fonseca

João Fonseca e Olivia Carneiro garantem vagas em Roland Garros juvenil
Por Mario Sérgio Cruz
abril 10, 2022 às 9:07 pm

João Fonseca e Olivia Carneiro venceram a seletiva brasileira disputada no Rio de Janeiro (Foto: Marcello Zambrana/CBT)

O carioca João Fonseca e a paulista Olivia Carneiro conquistaram neste domingo os títulos do Roland Garros Junior Wild Card Series. Com isso, eles garantiram vagas na chave juvenil do Grand Slam francês, que será disputado em Paris em junho deste ano. A seletiva brasileira foi disputada nesta semana por tenistas de até 16 anos nas quadras de saibro do Rio de Janeiro Country Club.

Em uma final entre os dois principais cabeças de chave, João Fonseca derrotou o mineiro Pedro Rodrigues por 6/1 e 7/5. Único juvenil brasileiro no top 100 do ranking mundial, ocupando atualmente o 91º lugar, o carioca de 15 anos disputará seu primeiro Grand Slam.

“Já jogo com Pedro há muito tempo. Tive momentos delicados na partida, mas soube lidar com a pressão de estar atrás. Foi um torneio em que estive em boa forma e estou muito feliz por conquistar esse acesso. Um dos torneios mais marcantes”, comentou Fonseca, após a partida deste domingo. Já o vice-campeão Pedro Rodrigues está com 16 anos e ocupa o 409º lugar do ranking, vindo de dois títulos na Bolívia.

Já na final feminina, Olivia Carneiro derrotou a carioca Sthefany Lima por 6/4 e 6/3. “Estou muito feliz. Eu me preparei demais para isso, em busca da realização de um sonho. Conquistei! E agora é me preparar mais ainda. Foram jogos difíceis e soube lidar com a pressão e com as características diferentes das minhas adversárias”, afirmou Olivia Carneiro, que tem 15 anos e ocupa o 368º lugar do ranking. Ela segue para Salinas, no Equador, onde irá treinar com a equipe brasileira da Copa Billie Jean King. 

Atualmente, Carneiro é a quinta melhor brasileira na classificação da ITF, mas a primeira com menos de 16 anos. Já Sthefany Lima está no 642º lugar.

Semana também foi de Sul-Americano Individual

Ana Candiotto disputou quartas em simples e semi de duplas no Sul-Americano em Lima

A última semana também foi de disputas pelo ITF JB1 de Lima, torneio Sul-Americano Individual, disputado nas quadras de saibro de Lima, no Peru. O evento vale 300 pontos no ranking mundial juvenil.

A paulista de 17 anos Ana Candiotto, 111ª do ranking, chegou às quartas de final de simples e mais a semifinal de duplas. Isso rende a ela 100 pontos individualmente, e mais 105 como duplista.

Para a composição do ranking, são considerados os seis melhores resultados em simples e mais 25% das seis melhores pontuações nas duplas. Candiotto tenta se firmar entre as cem melhores e subir ainda no ranking nas próximas semanas em busca de vagas em Roland Garros e Wimbledon.

Também em Lima, as catarinenses Maria Turchetto, 186ª do ranking, e Carolina Laydner, 243ª colocada, foram superadas nas quartas. Ambas recebem 100 pontos. Já Victor Tosetto, 236º no ranking masculino, parou nas oitavas e recebe 60 pontos. O torneio ainda contou com Maria Luisa Oliveira e Henrique de Brito, eliminados na estreia.

Argentino e Peruana conquistaram os títulos

O título da chave masculina de simples ficou com o argentino de 18 anos Lautaro Midon, 22º do ranking, que venceu o peruano Gonzalo Bueno, número 6 do mundo na categoria, por 6/1 e 6/3. No feminino, quem ganhou foi a peruana de 16 anos Lucciana Perez Alarcon, 69ª colocada, que derrotou a argentina Luciana Moyano, 48ª, por 7/5, 4/6 e 6/4. As campeãs nas duplas femininas são as paraguaias Leyla Britez Risso e Paulina Franco Martinessi. Já na dupla masculina, título para os peruanos Gonzalo Bueno e Ignacio Buse.

Pignaton cai na semi de simples e é vice nas duplas

O juvenil de 16 anos Lucca Pignaton, que já disputou competições nacionais pela Federação do Espírito Santo e treina atualmente nos Estados Unidos, vem de duas semifinais seguidas em torneios ITF J5 Tegucigalpa, em Honduras. Pignaton é o atual 797º do ranking mundial juvenil e também jogou a final de duplas na última semana.

Além de disputar os torneios do circuito mundial juvenil, tendo predileção pelas quadras de piso duro, ele já atuou como parceiro de treinos de nomes como Sloane Stephens, Shelby Rogers, Coco Gauff e Kevin Anderson. Há duas semanas, Pignaton ganhou um título de duplas em Porto Rico, em parceria nacional com Rafael Gracie.

Boscardin, Pucinelli e Fonseca: Boas notícias dos jovens
Por Mario Sérgio Cruz
fevereiro 14, 2022 às 12:18 am

Boscardin conquistou seu segundo título profissional e recebe 15 pontos na ATP

A semana que termina neste domingo trouxe três boas notícias para jovens jogadores brasileiros. Matheus Pucinelli conseguiu a maior vitória da carreira no qualificatório do Rio Open, Pedo Boscardin comemorou o segundo título da carreira profissional, e o juvenil de 15 anos João Fonseca teve uma campanha de destaque no Paraguai.

Convidado para a disputa do quali no Rio, Pucinelli aproveitou da melhor maneira possível sua primeira experiência em um torneio de primeira linha e conseguiu uma inédita vitória sobre um top 100. O jovem paulista de 20 anos e 282º do ranking eliminou o italiano Marco Cecchinato, ex-top 20 e atual 92º colocado, no último sábado.

Pucinelli conseguiu sua primeira vitória contra um top 100 durante o quali do Rio Open (Foto: Fotojump)

“Foi uma experiência única, estava em busca dessa chance de jogar o Rio Open. A quadra 1 é muito legal, o público fica próximo, e poder sentir o apoio das pessoas, torcendo por mim, foi uma sensação boa, emocionante”, disse Pucinelli após a vitória com parciais de 6/7 (5-7), 6/2 e 6/4 em 2h29 de partida. Seu convite veio a após temporada de franca evolução no circuito que ele teve em 2021, saltando da 689ª posição para o 270º lugar.

A campanha de Pucinelli terminou neste domingo, com derrota para o colombiano Daniel Galan, 113º do ranking, por duplo 6/3. Por ter vencido a estreia, diante do italiano Marco Cecchinato, ex-top 20 e atual 92º colocado, Pucinelli fará 10 pontos no ranking a ser divulgado pela ATP em 21 de fevereiro. A tendência é que ele se aproxime da melhor marca da carreira e ganhe confiança após essa importante vitória.

Dobradinha de Pedro Boscardin na Flórida
O catarinense 19 anos Pedro Boscardin teve uma semana perfeita no ITF M15 de Naples, na Flórida, e conquistou títulos de simples e duplas nos Estados Unidos. No sábado, ele havia sido campeão ao lado do experiente pernambucano de 31 anos José Pereira. Já neste domingo, conquistou seu segundo título profissional de simples ao vencer o boliviano Murkel Dellien Velasco, 574º do ranking, por 6/3 e 7/6 (7-5).

“Vitória super boa, estou super feliz. Foi uma semana de muita evolução em simples e duplas. Agora é descansar e me preparar para a próxima semana que tem mais um torneio aqui. Fico muito feliz com meu primeiro título fora do Brasil”, disse o catarinense.

O título rende 15 pontos na ATP para Boscardin, no ranking a ser divulgado em 21 de fevereiro, quando ele terá seu novo recorde pessoal. Ele aparece atualmente no 665º lugar do ranking, apenas quatro posições abaixo de sua melhor marca. Este foi seu segundo título, sendo que no ano passado ele triunfou em Rio do Sul.

Fonseca emendou sete vitórias seguidas

Fonseca foi finalista de um ITF J1 no Paraguai e vai dar um salto no ranking mundial juvenil

Mas a principal surpresa da nova geração brasileira na semana veio com o carioca de 15 anos João Fonseca, que encerrou sua boa semana com o vice-campeonato do torneio no Paraguai que vale 300 pontos no ranking mundial juvenil. Vindo do quali, ele venceu sete jogos seguidos no torneio e só perdeu a final para o eslovaco Peter Nad, de 18 anos e 78º do ranking, por 6/2 e 6/4.

Fonseca é o atual 264º colocado no ranking mundial juvenil e a campanha até a final rendeu 210 pontos no ranking da Federação Internacional. Ele deve se firmar entre os 130 melhores juvenis do mundo, em ranking que considera jogadores de até 18 anos. Na próxima semana, não disputará torneios, mas terá uma experiência ainda mais enriquecedora, será sparring dos profissionais de alto nível no Rio Open.

Começa o Juvenil de Porto Alegre. Logo depois vem o Banana Bowl
O Sul do Brasil recebe seus dois principais torneios infanto-juvenis da temporada na próxima semana. Terá início nesta segunda-feira a chave principal do Brasil Juniors Cup. As disputas na categoria 18 anos terão início na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre (RS). As categorias 12, 14 e 16 anos serão realizada na Sogipa, também na capital gaúcha.

Depois, será a vez de Criciúma (SC) receber os talentos do tênis, a partir do dia 19, para a disputa do Banana Bowl no clube Mampituba. As listas de inscritos contam com 11 jogadores no top 30 dos rankings mundiais juvenis masculino e feminino. A paulista Ana Candiotto entrou diretamente nas duas chaves, mas outros atletas brasileiros jogam por meio de convite ou após passarem o quali.

Saiu o primeiro ATP de Aliassime!

Era uma questão de tempo para um jogador tão promissor, mas o jejum de títulos de Felix Auger-Aliassime já vinha incomodando. Top 10 aos 21 anos, o canadense vinha de oito vice-campeonatos até finalmente conquistar o título em Roterdã. Teve uma atuação de gala na vitória sobre Stefanos Tsitsipas por 6/4 e 6/2 e não enfrentou break points neste domingo.

Após a partida, resumiu seus sentimentos em duas palavras: Alívio e maturidade. “É um grande alívio. Eu tinha dúvidas, medos, e às vezes me estressava. Mas agora é um grande alívio não ter que ouvir mais sobre essas finais. Agora posso jogar ainda mais livremente quando se trata das últimas partidas dos torneios”, afirmou o canadense. “Este ano, me sinto mais maduro. Sinto que sou um jogador melhor do que nos anos anteriores, quando joguei as outras finais”.

Mais um troféu para Brenda Fruhvirtova

Brenda Fruhvirtova derrotou Carol Meligeni na semana passada e agora venceu mais um título na Argentina

A juvenil tcheca de 14 anos Brenda Fruhvirtova emendou uma sequência de dez vitórias seguidas nas duas últimas semanas e conquistou dois títulos profissionais ITF W25 em Tucuman, na Argentina. Campeã na semana passada, depois de derrotar a brasileira Carol Meligeni na final, Fruhvirtova ganhou mais um título neste domingo. Desta vez, superou a argentina Paula Ormaechea, ex-top 60 e atual 177ª do ranking, por 6/3, 1/6 e 6/4.

Fruhvirtova é a atual número 4 do ranking mundial juvenil e, por enquanto ocupa o 1.078º lugar na WTA. Mas os dois títulos seguidos vão render cem pontos para ela, os primeiros 50 já nesta segunda-feira e outros 50 na semana que vem. Como ela já tinha 66 pontos na WTA, conquistados no ano passado, já deve se aproximar da 350ª posição do ranking.