Tag Archives: Alexandra Yepifanova

Tcheco que treinava com colher é campeão juvenil no US Open
Por Mario Sérgio Cruz
setembro 8, 2019 às 9:00 pm
O tcheco Jonas Forejtek conquistou o título neste domingo (Foto: Pete Staples/USTA)

O tcheco Jonas Forejtek conquistou o título neste domingo (Foto: Pete Staples/USTA)

Depois de superar uma rodada dupla no último sábado, o tcheco Jonas Forejtek conquistou o título do torneio juvenil do US Open. O jovem jogador de 18 anos e quinto colocado no ranking mundial da categoria derrotou o norte-americano Emilo Nava, 11º colocado, por 6/7 (4-7), 6/0 e 6/2 em 1h34 de partida.

Talvez o nome de Forejtek não seja tão familiar do grande público, mas um vídeo dele treinando quando ainda era criança viralizou nas redes sociais e é frequentemente replicado. Ainda em 2013, quando tinha apenas doze anos, Forejtek aparece utilizando uma colher de pau para executar seus golpes do fundo de quadra, forehand, backhand com duas mãos e até um slice. O vídeo original no YouTube já tem quase 30 mil visualizações.

O US Open foi o último torneio da carreira juvenil de Forejtek. Este ano, ele já havia sido campeão de duplas no Australian Open e em Wimbledon. Em simples, o tcheco venceu no mês de maio a 60ª ediçao do tradicionalíssimo Trofeo Bonfiglio, em Milão. Outro título expressivo de sua carreira foi o European Junior Championships de 2018, disputado no saibro de Klosters, na Suíça.

Como profissional, Forejtek conquistou em agosto os títulos de simples e duplas no ITF M25 no saibro de Vogau, na Áustria, e tem um título de duplas no challenger de Liberec. O jovem tcheco já aparece na 565ª posição do ranking da ATP em simples e é também o 368º colocado nas duplas.

Colombiana conquista o título no feminino

No feminino, o título ficou com a colombiana de 17 anos Maria Camila Osorio Serrano. Ela completou a festa para seu país, que já havia comemorado na sexta-feira o título de duplas masculinas com a forte parceria de Robert Farah e Juan Sebastian Cabal. Osorio Serrano venceu a norte-americana de 16 anos Alexandra Yepifanova por 6/1 e 6/0 neste domingo. A rápida partida durou apenas 48 minutos. Lembrando que as duas jogadoras disputaram rodadas duplas no sábado.

Oitava colocada no ranking mundial juvenil da ITF, Osorio Serrano só disputou os Grand Slam como juvenil neste ano e já se dedica ao circuito profissional. Ela já aparece no 271º lugar do ranking profissional, com três títulos de ITF. Ela também venceu dois jogos pelo WTA de Bogotá no início deste ano e caiu nas quartas de final para a norte-americana Amanda Anisimova.

Osório Serrano é a primeira colombiana a conquistar um título juvenil de Grand Slam e assumirá a liderança do ranking mundial da categoria. Até então, a melhor marca era de Mariana Duque Marino, finalista de Roland Garros em 2007. A jovem colombiana disputou torneios em solo brasilieiro no ano passado e falou ao TenisBrasil sobre seus objetivos no circuito. Com muita naturalidade, afirmou que “sonha ser a número 1 do mundo”.

Ainda na época, ela já se mostrava ciente de teria menos oportunidades durante a transição para o circuito profissional que outras jogadoras da mesma idade, mas de origem europeia ou norte-americana. “Uma menina dos Estados Unidos ou da Europa ganha convites para torneios importantes. Na América do Sul no máximo que dão é um convite para um torneio de 250 mil. Para elas, dão convite nos Grand Slam”.

Títulos de duplas

O título de duplas no masculino ficou com os norte-americanos Eliot Spizzirri e Tyler Zinc, que venceram a final contra o tcheco Andrew Paulson e o bielorrusso Alexander Zgirovsky por 7/6 (7-4) e 6/4. No feminino, vitória da letã Kamille Bartone e da russa Oksana Selekhmeteva contra as francesas Aubane Droguet e Selena Janicijevic por 7/5 e 7/6 (8-6). Selekhmeteva é treinada pela brasileira Roberta Burzagli, capitã da equipe nacional da Fed Cup e treinadora do programa de desenvolvimento da ITF.